sexta-feira, 7 de outubro de 2011 By: Fred

[livro] Quando Tudo é uma Criação - Roberto Neves



C:\server instalação\livro sobre a criação do universo\a minha escrita\ORDENANDO A ESCRITA\o livro\quando tudo e uma criação.jpg

POR
ROBERTO FABRÍCIO ABRAHÃO NEVES
CATEGORIAS
FORMAÇÃO TEOLÓGICA E
CRIACIONISMO CIÊNTIFICO.
1° versão ano de 2011



Sumário
Prefacio..................................................................................................04
1- O que é a realidade?.........................................................................06
2-O primeiro universo...........................................................................14
3-O nascimento de Deus........................................................................37
4- A criação do 2° universo....................................................................43

5- Gravidade...........................................................................................75

6-Há existência dos Pré- diluvianos(aberto) ..........................................88

7-As 4 eras temporais(aberto)................................................................148

8-Novas coisas(aberto)...........................................................................168

9-"HOUSTON, TEMOS UM PROBLEMA!" ...............................................170

10-Yahoo 10 perguntas e comentários.................................................... 180







Prefácio
O livro "QUANDO TUDO É UMA CRIAÇÃO" é dedicado a todas as pessoas
que acreditam na existência de Deus e que buscam cada dia a verdade sobre
a existência e a vida, e é sem duvida nenhuma um livro criacionista com
base dentro das Escrituras Sagradas buscando verdades, evidencias e teorias
das mais diversas fundamentadas para uma busca sem fim pelo
conhecimento da existência humana e do próprio universo e seu
nascimento.
Tentamos ir cada dia o mais fundo dentro informações, considerando a
disponibilidade de fatos e evidencias para montarmos todo um quebra
cabeça que forma a existência do homem e de seu Criador. Por muitas vezes
buscamos na ciências tradicional como a física,biologia,
antropologia,astronomia, sociologia, historia das sociedades e muitas outras
áreas, e usamos cada uma dessas informações ainda que as vezes de forma
leiga para apresentar mos as verdades e as mentiras dentro daquilo que se
pode provar e trazendo novas idéias com base em diversos fatos.
Se você já montou um quebra cabeças, a primeira coisa a se fazer é
normalmente olhar a capa desse quebra cabeça e analisar que tipo de figura
você quer alcançar.e Com base nessa figura você começa a montar o seu
quebra cabeça, o nosso quebra cabeça é exatamente descrever toda a
criação, pois tudo o que existe é uma criação. Não nego o fato de assumir
um caráter cristão, e obviamente todos os fatos estão diretamente ou
indiretamente associados as escrituras. E que por mais distante que pareça
o assunto a idéia central dele é demonstrar que Deus é o Criador de tudo,
mas também não fizemos um livro descrevendo somente a bíblia, mas um
livro descrevendo vários fatos que direta ou indiretamente influenciam as
pessoas.

Se Deus existe, então podemos crer há um quebra cabeça a ser montado
sobre a sua criação, e a única forma de começarmos é juntarmos as peças e
encaixá-las uma a uma e ligarmos parte por parte até que se possa ver uma
imagem. Como esse quebra cabeça envolve um saber maior, ele nunca será
montado por completo, a não ser por aquele que o fez ao qual chamamos
de Deus. Contudo para um homem montar parte desse quebra-cabeça seria
necessário todos os grandes cientistas do mundo para moldarmos apenas


uma parte de toda a verdade disponível até o presente momento. Assim
nesse enorme quebra cabeça não pode ser montado por um especialista
(médico,biólogo, químico, físico, historiador, etc..) pois ficaria preso a uma
só analise, para esse livro seria necessário um pessoa que busca-se um elo
entre todas as ciências e conhecimentos, e que também essa pessoa de uma
forma direta ou indiretamente tivesse o dom de ver os fatos se encaixarem
ainda antes de terminar o quebra cabeça.
Essa pessoa então iria começar de uma forma simples e delicada a
encaixar as peças e a ver que a imagem da capa se assemelha com as peças
encaixadas.
Durante a sua leitura você irá ver diversas áreas da ciência trazendo idéias
que podem estar certas ou erradas , mas que de uma forma ou outra irão
ajudar a entendermos sobre o quebra- cabeça montado, cada assunto ser á
analisado uma forma simples e explicativa a fim de que cada conhecimento
seja acessível. Quando for necessário iremos por explicações para facilitar a
compreensão dos fatos abordados, por isso e deixo claro que o melhor
especialista para essa área é uma pessoa não especialista. Uma pessoa que
busque um tudo dentro de um pouco.
Peço também que quem ler e tiver duvidas continue lendo, pois de uma
forma ou outra as idéias vão se encaixando parte pó parte no decorrer da
leitura.
Uma boa leitura e que sua mente se abra para novas idéias.



Capitulo 1 – O que é a realidade?


Acho que quase todas as pessoas tenhem um senso comum de que o
nosso universo é o único universo existente. Temos em nosso meio uma
enorme variedade de estruturas físicas que formam um todo físico bem
definido, ou seja, tudo aquilo que nos cerca se torna o nosso universo
pessoal, quando estamos dentro do ventre materno só conhecemos as
estruturas do ventre materno, o calor as sensações e todos os demais
estímulos que podemos receber do ventre materno, e esse ventre é o
mundo que conhecemos até nascermos. Quando nascemos para o mundo
externo ao ventre materno, nos deparamos com coisas novas e diferentes as
quais ainda não estávamos familiarizados, são novos estímulos ao qual o
nosso cérebro terá que se familiarizar, exatamente isso, cada um de nós,
temos um universo pessoal que se interage com o universo pessoal de
outras pessoas. E esse universo interativo se chama de universo real.
Assim como cada um de nós tem seu próprio sonho, e cada sonho é como
um universo próprio dentro da mente de cada pessoa, e se considerarmos
que o sonho de cada pessoa é um universo abstrato, e logo não real, então
diremos que o sonho é uma fantasia. Mas como o sonho é uma fantasia do
pensamento ele então não é real fisicamente, pois o sonho só existe dentro
da mente de cada um de nós. Apesar do fato do sonho só existir na mente
da pessoa que o sonhou, para essa pessoa o sonho na maioria das vezes se
assemelha com a realidade do mundo real, então o sonho se torna realidade
durante todo o seu processo, pois enquanto sonhamos esse sonho é para
nós uma manifestação da nossa realidade.

É comum ao homem ou a mulher sonharem com guerras, sexo,ações do
cotidiano,aventuras impossíveis e tudo o mais que está em nossa mente. Em
nosso sonho tudo tem a capacidade de se torna um universo possível para


nossa mente, eu particularmente em meus sonhos as vezes tenho a
capacidade de voar, na verdade em meus sonhos eu posso flutuar, e por
varias vezes, em vários sonhos meus, eu sou capaz de fazer isso, no meu
mundo dos sonhos a minha capacidade de voar é real e logo para mim
durante o sonho essa ação é real.
Agora vem a questão, se o sonho é real para nossa mente enquanto o
sonhamos, então o sonho de uma forma ou outra afeta o nosso
pensamento, na verdade condiz o sonho como uma mistura de idéias
processadas durante um descanso, é como se cérebro estivesse funcionado
para nos manter vivos mesmo quando estamos em repouso.
Mas se o sonho é só uma fantasia, então por que
ele é tão real?
A realidade está em torno da área da mente de cada pessoa, entenda que
a visão de cada um é diferente da visão de outra pessoa mesmo dentro da
mesma realidade. Se para cada pessoa o mundo é único então fica a
pergunta, então não a realidade absoluta.
A realidade absoluta está no fato de haver a compartilhação entre os
seres vivos e o universo, e também pelo fato de que cada pessoa possa
interferir no universo de outra pessoa e ainda sim ter o seu próprio universo
pessoal
O mundo sem cores.
EX: para uma pessoa cega desde seu nascimento a imagem de todas as
cores para ela será sempre a mesma, pois as cores são para ela impossíveis
de serem vistas, a pessoa cega tem uma interpretação do universo diferente
da pessoa que tem uma visão completa. Assim vemos que cada um dos
nossos sentidos interfere na percepção do nosso meio, e logo os sentidos
são responsáveis pela percepção do meio físico ao qual chamamos de vida.
Os cinco sentidos físicos


• Pelo tato – pegamos algo, sentimos os objetos, sentimos o calor ou frio.
• Pela audição – captamos e ouvimos sons.
• Pela visão – vemos as pessoas, observamos contornos, as formas, cores e
muitos outros.
• Pelo olfato – identificamos os cheiros ou os odores.
• Pelo paladar – sentimos os sabores.
Cada um desses sentidos forma a nossa interação com o universo físico, e
assim cada um deles nos dá a real noção da realidade, quando temos uma
alteração em um desses sentidos a nossa percepção da realidade também é
alterada, pois a nossa realidade está condicionada a cada um desses 5
sentidos.
Criando novos sentidos !
Apesar de só haver 5 sentidos físicos, cada um dos 5 sentidos em
conjunto com a mente que os interpreta formam o conceito de realidade
pessoal, e essa realidade tende a ser um conjunto de cada sentido.



Exemplo: Veja a maça acima, muito antes de você ler esse texto a sua
mente provavelmente deve ter lhe dito que há 2 maças maduras e frescas e
perfeitamente comestíveis, pois você já viu antes o que é uma maça, e que
se você as pude se morder, seriam de consistência rígida e de sabor doce,
na verdade caso você queira fechar os olhos e imaginar por um instante


você comendo a maça, dá até para sentir o gosto dela ainda que de e uma
forma abstrata.
É possível recriar mentalmente o sabor de uma maça sendo comida e
saboreada,até o seu cheiro pode ser reconstituído, pois você já conhece
sobre a realidade da maça, faça esse teste em sua mente, e sinta você
comendo essas duas maças.
Se você fez esse exercício talvez você tenha até ficado com vontade de
comer essa maça, contudo agora te pergunto, existe alguma maça. Em
algum lugar alem de sua mente. A sua resposta é obviamente não; então
veja que a sua mente formou um universo de 5 sentidos abstratos, pois
todas as sensações estavam apenas na sua mente, e logo você criou um
sentido abstrato dentro de sua mente. Apesar desse sentido abstrato poder
ser feito dentro da realidade física ao qual era só você ir comprar essa maçã
e come-la, ainda assim essa realidade é sempre real para sua mente.
Tudo é uma realidade!
Como vimos desde o começo a realidade tem varias formas de ser
interpretada, e a cada interpretação forma um conceito de realidade
pessoal. Seu sonho, seus pensamentos e seus sentidos são a sua realidade.
Agora que você já está entendendo sobre realidades, você deve se
perguntar, e quando a realidade não passa pelos sentidos, então ela não
existe?
Realidade invisível!
A realidade invisível é aquela que não se vê, o ar existe mas de uma forma
simples de se dizer não há como o ver no ambiente , pois ele é invisível ao
nossos olhos, contudo temos a sensação de frescor e podemos respira-lo,
ou seja, ele nos atinge diretamente no sentido do tato, também pelo olfato
e de uma forma indireta pela audição quando o ar toca em objetos em seu
percurso, e com isso faz com que ele emita sons, na verdade sem o ar não
haveria som em nosso ambiente pois o ar é o principal meio de
deslocamento do som para o nosso ouvido. Mas talvez se você tenha uma
mente critica dirá que é possível de se ver o ar, sim , claro há como de se ver
o ar, mas não de forma simples, pois em geral ele está invisível.


Realidades invisíveis,e intocáveis,mas reais.

A gravidade é uma realidade invisível,intocável,inaudível, não palativa e
também não olfativa, e por esse motivos só no século XVll é que Isaac
Newton foi capaz de trazer esse conceito de força e existência para a
realidade do pensamento humano. Até aquele período se desconhecia o
efeito da gravidade e até para o próprio Isaac Newton foi difícil de se provar
tal força., uma vez que nenhum de nossos sentidos a pode captar a mesma.
Agora te pergunto, se a gravidade não pode ser registrada por nenhum
dos nossos sentidos, e a mesma não possui um corpo aparente, então a
gravidade se torna como um fantasma, um poder, uma coisa abstrata. Na
realidade até mesmo hoje ainda não temos a exata noção do que é a
gravidade, pois existem muitas teoria que a buscam explicar, mas nenhum
fato palpável devido a mesma força ser invisível,intocável,inaudível, não
palativa e também não olfativa e obviamente indetectável pelos nossos
sentidos. Como vimos é difícil de se compreender e de se provar algo que
não seja registrado pelos sentidos. Ai nasce a questão, mas sabemos que a
gravidade existe em nossa realidade devido a força gravitacional.
Quando se começou a se estudar a gravidade?


Quando Newton observou que os corpos se atraiam entre si e essa
atração faz com que por exemplo todos os objetos caiam ao chão, e no chão
permaneçam a não se que outra força física venham a move-los.
Supostamente há uma historia que expressa essa alegoria, a qual diz que
Newton estava debaixo de um pé de maça, e que quando uma maça caiu
sobre a sua cabeça lhe, veio a idéia de que os corpos se atraem
multualmente, pois não haveria nada alem disso que pudesse fazer co que a
maça caísse.

Veja abaixa a teoria da gravidade:


F = \frac{G m_1 m_2}{r^2}
Newton explica, "Todos os objetos no Universo atraem todos os outros
objetos com uma força direcionada ao longo da linha que passa pelos
centros dos dois objetos, e que é proporcional ao produto das suas massas e
inversamente proporcional ao quadrado da separação entre os dois
objetos.", Newton acabou por publicar a sua, ainda hoje famosa, lei da
gravitação universal, no seu Principia Matemático, como:


onde:

.
F = força gravitacional entre dois objetos
.
m1 = massa do primeiro objeto
.
m2 = massa do segundo objeto
.
r = distância entre os centros de massa dos objeto
.
G = constante universal da gravitação


A força de atração entre dois objetos é chamada de peso.
Assim começou a se estudar sobre as realidades invisíveis,e
intocáveis,mas contudo reais, e só a partir daí e devido a essa nova realidade
a ciência já não era, e nem poderia ser nunca mais a mesma.
O invisível e o intocável podem existir!
Quando se observou que existia a gravidade foi possível a ciência se
expandir até novos horizontes que até então não se haviam ido, se hoje em
dia não se houvesse se descoberto a gravidade, a nossa ciência estaria muito
mais atrasada do que está, pois até hoje só não avançamos mais em nossos
conhecimentos devido ao fatos de negarmos as muitas forças que estão ao
nosso meio, que assim como a gravidade interferem em nossa vida, mas que
por um motivo ou outro não podem ser interagidas pelos nossos sentidos.
Desvendando a realidade.

A partir de agora começaremos a estudar o universo em geral como quem
sempre descobrindo novas realidade, e assim como Newton iremos ver


novos fenômenos como reais, ainda que muitas vezes os mesmos não possam
ser captados pelos 5 sentidos.
Como a realidade pode ser observada sem passar pelos sentidos?
Se algo exerce uma força sobre uma estrutura, então essa força procede de
algum meio ao qual os nossos sentidos não a podem captar, mas como os
nossos sentidos captam a ação então se pressupõe que houve uma força que
exerce-se essa ação.
A religião de uma forma geral deriva desse conceito se manifestando em
todas as culturas e civilizações da face da terra, contudo a maioria das
religiões existente está mais ligada ao físico do que ao abstrato, sendo em
geral as mesmas manifestações físicas expressas sem conceitos científicos,
abordadas com um ar sobrenatural.
Sobrenatural = aquilo que está acima do natural, ou seja, algo que vai alem
do natural, sendo o mesmo não mais natural, e na maioria das vezes está
associado com um poder não explicável de forma física, agindo diretamente
sobre algo fisco.
Ex: na mitologia grega o deus Zeus fazia raios caírem do céu, Netuno rei
dos mares, inundava cidades e podia criar fontes de águas em lugares
impossíveis, até mesmo a morte, a comida, as riquezas e quase tudo mais
estava ligado aos deuses gregos, assim até o natural estava ligado ao
sobrenatural, o que para as mesmas pessoas criava um elo entre os problemas
físicos e os problemas espirituais de forma indistinguível, pois já tudo era
sobrenatural e físico ao mesmo tempo.


Deus Zeus

Agora a questão está em separar o real sobrenatural do real
natural.


Na religião Cristã de origem Judaica, o natural era manifestado com uma
separação mais distinguível do que as coisas que eram de origem
sobrenatural, assim dentro da mesma religião se observa que a realidade
tem seus pontos bem definidos entre natural e sobre natural. E logo tem
como se separar o natural do sobrenatural e chamar o sobrenatural de
milagres.

Milagres= Um milagre ou miráculo (do latim miraculum, do verbo mirare,
"maravilhar-se") é um fato dito extraordinário que não possui uma
explicação científica. Para os crentes, sua realização é atribuída à
onipotência divina, é considerado como um ato de intervenção de Deus (ou
de deuses) no curso normal dos acontecimento.
wikipedia"

Se separarmos fatos milagrosos de fatos naturais então criamos uma
linha de raciocínio mais objetivo, pois podemos ver que a própria gravidade
não precisa ser um milagre para existir, pois apesar do fato da mesma ter
uma complexa e invisível forma de funcionamento, ela ainda sim é uma
força natural, junto com o eletromagnetismo, Força nuclear fraca e a força
forte que são ambas invisíveis.

Recapitulando:

Sempre é necessário se separar as realidades, e o que está dentro de
cada uma das realidades para assim podermos entender do que estamos
estudando com mais clareza. Para podermos com isso definirmos bem os
pontos de vista observados. Esse conceito é a única forma de nos
separarmos e protegermos as nossas mentes do perigo da loucura da
imaginação fantasiosa sem perdemos a capacidade de pensarmos em novas
coisas.














Capitulo 2- O primeiro universo



O invisível.

Você se lembra do 1° capitulo que abordavas-mos sobre o assunto da
realidade, e logo você deve se posicionar a partir de agora como sugerido no
capitulo anterior,e deixar sempre a mente disposta a absorver novas coisas
que irão como um todo, forma um novo conceito de realidade em sua mente.

Sempre há um primeiro passo, sempre há uma primeira ação, em tudo o
que fazemos em nossas vidas sempre há um começo, e agora iremos falar
sobre o começo da criação, onde os primeiros seres vivos foram criados por
Deus.

No começo de tudo só havia Deus, e mais nada elem dele existia, e Deus
começou a criar a todas as coisas vivas em formas diferentes das que hoje
são conhecidas como seres materiais, como criador ele se esmero em fazer
todo esse primeiro Universo perfeito e harmônico, esse Universo era sem
nenhuma ruptura ou imperfeição, e nele os seus primeiros filhos foram
criados, nesse universo foi se criado os anjos, que são os primeiros seres
criados por Deus que temos informação . E esse universo é para nós
completamente invisível, e praticamente imperceptível , mas contudo ele
exerce sobre nós poder de forma incalculável, Lebre se que há existência
não requer está dentro da percepção dos sentidos.

A bíblia tem por muitos milênios deixado claro esse assunto, que diz
claramente que há vidas em formas diferentes das que podemos ver.


"Que homem há que viva e não veja a morte? ou que livre a sua alma do
poder do mundo invisível?" SL 89-48.

"O qual é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;" CL
1-15

"Ora ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus, seja honra e glória
para todo o sempre! Ámen." 1TM 1-17
Entenda que a vida em um universo invisível é eterna por não sofrer
decomposição material, e a mesma forma de vida se torna mais semelhante
a do seu criador a medida que observamos que o criador também não é
material. "ele não precisa de matéria para viver" e ser Deus. Pois a matéria
moldável foi criada quando foi feito o segundo universo, o nosso universo,
pois Deus é espírito, e não um ser esteticamente em sua essência material .
"Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e
em verdade."S. JOÃO 4.24
A palavra Espírito é sempre usada em nosso meio como uma forma de vida
sem carne, ou seja, sem corpo físico aparente, por isso essa comparação
entre a palavra espírito e a palavra invisível se fundem ao dizer-se que há
um universo espiritual "invisível" ao qual estamos ligados de forma
espiritual.

"Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu,
e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu." S. MATEUS 18-18.
Com isso podemos claramente entender que o invisível existe e age em
nosso meio, sendo o universo invisível a porta para o universo visível ao qual
estamos.
O invisível se torna visível.
Observe também atentamente que um ser espiritual pode se tornar um
ser carnal (invisível em material) apenas se manifestando de forma
diferenciada. (criando para si um corpo), a questão de criar se um corpo
também é claramente difundida dentro da bíblia, e o próprio senhor Jesus
Cristo é a prova maior do que estou falando.


1 "E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do
Senhor, dizendo: José, filho de David, não temas receber Maria, tua
mulher, porque, o que nela está gerado é do Espírito Santo;
2 E dará à luz um filho, e chamarás o seu nome JESUS; porque ele
salvará o seu povo dos seus pecados.
3 Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do
Senhor, pelo profeta, que diz:


Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho e chamá-lo-ão pelo nome
de EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco. " "MT 1-20 AOU 25"
"E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a
glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade." "Jó 1-14".
Nos testos acima abordados, temos a real clareza de que a transição
entre invisível que é o "verbo", e o visível que é "carne" pode existirem em
uma mesma pessoa.
O nascimento de Cristo, uma nova realidade

.


Como vimos acima, Jesus Cristo é Emanuel, e sendo Jesus Emanuel, se
torna ele exatamente o que diz o seu nome " Deus conosco", ou "Deus entre
nós". Com isso sabemos que Jesus não é fruto da carne, ou seja entre outra
palavras, alguém que nasceu de uma relação sexual entre homem e mulher


que compartilhe um mesmo DNA que o nosso, Jesus é uma nova criação, a
qual não compartilhando em seu sangue do pecado de Adão, e com isso não
carregando em si a maldição hereditária do pecado inicial.
Nascimento de Jesus VS um nascimento comum.
A bíblia deixa bem claro que Jesus Cristo é nascido do Espírito Santo, e
com isso ele não possuía o pecado original, Maria sua mãe o teve de forma
diferente das demais mulheres que tiveram filhos antes e depois dela.
"Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho e chamá-lo-ão pelo nome
de EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco. " "MT 1-20 AOU 25"
É fato que Maria era virgem, e que esteve grávida por obra do Espírito
Santo é fato, mas a questão mais importante que envolve isso está também
a nível biológico. Jesus não tinha um DNA vindo de Maria sua mãe terrena e
nem de José que foi o seu pai terreno.
A bíblia deixa bem claro que Jesus viria da linhagem de Davi, e que para
isso teria que ser José descendente direto de Davi, é como mostra a
genealogia de Cristo Jesus, ele era filho de José, e José era da linhagem
direta de Davi. Veja que o texto deixa claro que só José precisaria ser de
uma linhagem real, fruto de uma promessa, mas só que sabemos que Jesus
não foi feito por uma relação sexual entre José e Maria sua mãe e que isso
mesmo assim não invalidou a promessa de Deus, e fez com que José fosse o
pai de Jesus.
S. MATEUS 1

1 "LIVRO da geração de Jesus Cristo, filho de David, filho de Abraão.
2 Abraão gerou Isaac; e Isaac gerou Jacob; e Jacob gerou Judas e seus
irmãos;
3 E Judas gerou, de Tamar, Farés e Zara; e Farés gerou Esrom; e Esrom
gerou Arão;
4 E Arão gerou Aminadab; e Aminadab gerou Naasson; e Naasson gerou
Salmon;
5 E Salmon gerou, de Raáb, Booz, e Booz gerou, de Ruth, Obed; e Obed
gerou Jessé;



6 E Jessé gerou o rei David; e o rei David gerou Salomão, da que foi
mulher de Urias;
7 E Salomão gerou Roboão; e Roboão gerou Abia; e Abia gerou Asa;
8 E Asa gerou Josafat; e Josafat gerou Jorão; e Jorão gerou Ozias;
9 E Ozias gerou Joatão; e Joatão gerou Acaz; e Acaz gerou Ezequias;
10 E Ezequias gerou Manassés; e Manassés gerou Amon; e Amon gerou
Josias;
11 E Josias gerou Jeconias e seus irmãos, na deportação para a Babilónia.
12 E, depois da deportação para a Babilónia, Jeconias gerou Salatiel; e
Salatiel gerou Zorobabel.
13 E Zorobabel gerou Abiúd: e Abiúd gerou Eliaquim; e Eliaquim gerou
Azor;
14 E Azor gerou Sadoc; e Sadoc gerou Aquim; e Aquim gerou Eliúd;
15 E Eliúd gerou Eleazar; e Eleazar gerou Matan; e Matan gerou Jacob;
16 E Jacob gerou José, marido de Maria, da qual nasceu JESUS, que se
chama o Cristo.


De sorte que, todas as gerações, desde Abraão até David, são catorze
gerações; e desde David até à deportação para a Babilônia, catorze
gerações; e desde a deportação para a Babilônia até Cristo, catorze
gerações."
O que quero dizer é que claramente Jesus não foi gerado por fecundação
ovular entre um esperma masculino e um óvulo feminino, e que nem
também da fecundação do Espírito Santo com o ovulo de Maria, pois se
Deus usa -se o óvulo de Maria para gerar Jesus, Jesus carregaria o pecado
genético que está em Maria sua mãe, pois mesmo desde antes do
nascimento de cada um de nós ao mundo, já carregamos o pecado
hereditário genético que está no sangue de nossos pais. Maria era
certamente humana, e por isso tinha pecado, Maria era filha de Adão,
também como nós os somos.

Jesus foi gerado pelo Espírito Santo, ele é então uma obra exclusiva do
Espírito Santo, Maria sua mãe só o carregou em seu ventre, e José só cuidou
dele assim como um pai. Jesus veio ao mundo assim como Adão, sem
pecado, só que ao contrario de Adão ele não pecou. O fato de Jesus não ter
nascido do pecado de Adão, não invalida o fato dele ter sido homem assim
como Adão foi antes de pecar. Jesus foi homem na medida perfeita que


Deus idealizou para ser Adão, tento que a bíblia diz ser Jesus o Adão
perfeito. .
O tempo relativo.


No 1°universo de Deus a relação de tempo e matéria é irrelevante, pois
não há matéria moldável, e por isso as funções de espaço e tempo possuem
variáveis diferentes da do nosso universo, fazendo com que o processo de
noção de tempo no 1°universo de Deus seja diferente em sua relação com o
nosso tempo, assim para Deus um dia são como 1000 anos e 1000 anos
como um dia.
Não há tempo sem haver espaço, tanto que não se pode separar um do
outro, pois tempo e espaço são uma coisa só. Como no 1° universo a relação
de espaço tempo é diferente da do nosso universo devido a matéria, lá
devido a inexistência de matéria faz com que o tempo e espaço seja
diferente do nosso.

" Mas, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como
mil anos, e mil anos como um dia."2ª PD 3-8
Esse fato não altera a capacidade de Deus Agir em nosso universo físico e
real de forma direta e eficaz, pois os fatos da existência são tão relevantes
como a necessidade da ação imediata e detalhista em uma ação exercida
por Deus, há uma sincronia de tempo e espaço quando pensamos em nosso
tempo (2° universo), mas se pensarmos só no universo de Deus ,a ação se
torna mais relevante do que uma cronologia matemática, assim a
necessidade se adapta a relação de tempo fazendo com que a percepção
desloque-se conforme a vontade indo adiante, retrocedendo, parando ou
acelerando-se, em vez de se deslocar com relação a cronologia, pois a
cronologia é uma medida humana baseada na física


Obs. O presente, o passado, o futuro e a estagnação do tempo estão uni
formicamente presentes em uma mesma harmonia. Como uma orquestra
em um coral harmônico regido por um só maestro. Pois Deus controla o
tempo.

"Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro"
APOCALIPSE 22-13

"E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados." S. MATEUS
10-30.
Todas as coisas possuem medidas de tempo diferentes da do nosso no 1°
universo, e quanto ao estado de onipresença de Deus, deixa claro que o
tempo e o espaço podem está ligados entre o passado e o futuro, fazendo
com que o tempo presente,o tempo passado e o tempo futuro estejam
ambos contidos em um espaço tempo maior ao qual só Deus, o seu criador
tem acesso, pois se alguém alem e Deus tivesse acesso ao espaço tempo
maior então seria possível a esse alguém mudar a historia do tempo, mas
uma vez que só há esse poder em Deus então podemos ter a certeza que só
há uma única linha do tempo, e nessa linha do tempo estamos nós e todos
os seres criados por Deus.
Só Existem até hoje dois Universos.
Como dito até agora sobre universos e realidades existentes, tudo irá se
encaixa em apenas 2 pontos como universos reais. Pois só há até o então
presente momento 2 universos que estão diretamente ligados em
realidades diferentes entre si, e esse 2 universos são a fonte de estudo de
todo nosso estudo a partir de agora durante esse capitulo.

Quando Deus passou a criar as primeiras formas de vida ele criou o
mundo dos anjos, e nesse mundo ele se estabeleceu como rei e pai, mas
dentro desse universo houve uma guerra de pensamentos, e com essa
guerra, uma divisão entre anjos e anjos, sendo que a dois terço dos anjos
ficou no seu reino e servindo a Deus e um terço desses anjos foram
expulsos de seu reino e lançados fora. Aos anjos que foram lançados fora
desse reino, nós hoje os chamamos de demônios, e aos que não se
rebelaram contra Deus no céu continuamos a usar seus nomes normais
"anjos" é certo também se usar a expressão de "anjos caídos " para os
demônios, pois os mesmos são anjos que caíram do céu.


" E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o
dragão, e batalhava o dragão e os seus anjos;
Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus.
E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo e
Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus
anjos foram lançados com ele." AP 12-7 AO 9.
Por esse simples testos, que conta um pouca da maior batalha milenar da
historia, tenho a premissa de que só há 2 universo existentes, e dois seres
distintos que formam o pilar da historia desses 2 universo, os anjos do reino
do 1° universo e os humanos do reino do 2° universo.

.
A ferramenta da Criação do 1° e do 2° Universo
Imatéria
Toda obra requer ferramentas e material pata se trabalhar, apesar de
Deus não ter construído o universo usando ferramentas humanas, tipo
pá,martelo, picareta,foice, régua etc... ele usou suas próprias ferramentas
inteligente, e materiais também inteligentes, pois Deus aplica inteligência
em todo o seu trabalho, logo todo seu trabalho se torna em inteligente. E é
claro que coisas que possuem inteligência são mais úteis do que as que
requerem constante administração. Assim começa Deus a projetar o seu
maior projeto, que é o projeto da vida.


Antes de Deus construir o 1° universo ele projetou esse universo com uma
maquete para como um construtor, ordena, esquadrinhar e controlar tudo
da forma que ele queira, e para construir tudo ele usou de si mesmo uma
espécie de código matemático consciente pra equacionar toda as formas de
vidas deste 1° e também do 2° universo( o nosso), e parte por parte
conforme a sua vontade foi sendo tudo feito pela sua palavra"vontade".
Esse código matemático vivo e inteligente funciona como um programa de
computador em sua estrutura interna, sem uma interface. Ele mostra
apenas as funções de vida de forma sensível como sentimentos, emoções,
ações e pensamentos.essa estrutura de código gerou o primeiro universo e
seus primeiros habitantes "anjos",os quais dentro dessa 1° estrutura Deus
pode se manifestar aos seres por ele criado "anjos".
A imatéria é a mais poderosa ferramenta existente no universo, a qual só
Deus possui controle, ela é antecedente a toda criação, e por meio dela,
através de Deus tudo foi feito como hoje em dia está.
imateria (i=não //matéria = existente de forma física).
"Todo o 1°e também o 2°universo é completamente feito por imatéria,
contudo toda submatéria do 1° universo possui dentro de si uma imatéria
que controla essa submatéria assim como todo 2° universo possui matéria e
submatéria controlada por imatéria."
Ela é Ciência maior. A qual Deus, dá com o nome de "SABEDORIA", e ele a
usou e a usa para controlar tudo através da sua onisciência,onipotência,
onipresença.

Vejamos abaixo atentamente a descrição da palavra sabedoria descrita
por Salomão, ele declara uma sabedoria que age diferente do nosso
conceito da palavra saber, observe que a palavra sabedoria aparenta ter
consciência e vida própria, e é usada como um substantivo, dando a nossão


de uma pessoa, e a mesma se mostra como interlocutora do dialogo, 'é a
sabedoria quem esta falando" de forma viva e consciente e estando em
vários lugares, também é dita como sendo uma primazia, antecedendo a
criação dos universos e se igualando a eternidade de Deus.
Olhe atentamente as suas funções, o modo e o valor que o texto a dá,
então a partir daí você verá que a perfeitamente que a sabedoria é um
diferencial da criação dos universos e da vida que há dentro deles.
PROVÉRBIOS DE SALOMÃO 8
"Porque melhor é a sabedoria do que os rubis; e, de tudo o que se deseja,
nada se pode comparar com ela.
Eu, a sabedoria, habito com a prudência, e acho a ciência dos conselhos.
O temor do Senhor é aborrecer o mal: a soberba, e a arrogância, e o mau
caminho, e a boca perversa, aborreço.
Meu é o conselho e a verdadeira sabedoria: eu sou o entendimento, minha
é a fortaleza.
Por mim, reinam os reis e os príncipes ordenam justiça.
Por mim, governam os príncipes e os nobres; sim, todos os juízes da terra.
Eu amo aos que me amam, e os que de madrugada me buscam me acharão.
Riquezas e honras estão comigo; sim, riquezas duráveis e justiça.
Melhor é o meu fruto do que o ouro, sim, do que o ouro refinado; e as
minhas novidades melhores do que a prata escolhida.
Faço andar pelo caminho da justiça, no meio das veredas do juízo.
Para fazer herdar bens permanentes aos que me amam, e encher os seus
tesouros.




A Sabedoria existe desde a eternidade
O Senhor me possuiu no princípio dos seus caminhos, e antes das suas obras
mais antigas.
Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo da terra.
Antes de haver abismos, fui gerada, e antes de haver fontes carregadas de
águas.
Antes que os montes fossem firmados, antes dos outeiros, eu fui gerada.
Ainda ele não tinha feito a terra, nem os campos, nem sequer o princípio do
pó do mundo.
Quando Ele preparava os céus, aí estava eu; quando compassava ao redor a
face do abismo;
Quando firmava as nuvens de cima, quando fortificava as fontes do abismo;
Quando punha ao mar o seu termo, para que as águas não trespassassem o
seu mando; quando compunha os fundamentos da terra;
Então eu estava com ele e era seu aluno: e era cada dia as suas delícias,
folgando perante ele em todo o tempo;
Folgando no seu mundo habitável, e achando as minhas delícias com os
filhos dos homens.
Agora, pois, filhos, ouvi-me, porque bem-aventurados serão os que
guardarem os meus caminhos.
Ouvi a correção, não a rejeiteis, e sede sábios.
Bem-aventurado o homem que me dá ouvidos, velando às minhas portas
cada dia, esperando às ombreiras da minha entrada.
Porque o que me achar achará a vida, e alcançará favor do Senhor.


Mas o que pecar contra mim violentará a sua própria alma: todos os que me
aborrecerem amam a morte."
Os elos.


Então vemos que há uma ligação do invisível com as coisas visíveis, e uma
consciência incorpórea compartilhando seus pensamentos com coisas
corpóreas, essa estrutura de vida criadora para mim se assemelha com a
manifestação do Espírito Santo, pois as duas possuem ação parecida em
vários sentidos.
1°- Ela é eterna, e está desde o princípio (alfa), também possui eternidade e
imortalidade assim como Deus, e também é ungida (separado).
"O Senhor me possuiu no princípio dos seus caminhos, e antes das suas
obras mais antigas.
Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo da
terra." Provervio 8-12e13
2°- capacidade de se comunicar e compreender a vida, se manifestando
como uma ser vivo com sentimentos e emoções latentes, demonstrando
uma relação com Deus em perfeita comunhão. Estando também presente
entre os homens, e com os homens interagindo junto com Deus.
" Então eu estava com ele e era seu aluno: e era cada dia as suas delícias,
folgando perante ele em todo o tempo;
Folgando no seu mundo habitável, e achando as minhas delícias com os
filhos dos homens.


Agora, pois, filhos, ouvi-me, porque bem-aventurados serão os que
guardarem os meus caminhos."provérbios 8-21 ao 23.
3° -tendo autoridade Divina, e superioridade intelectual nata, possuindo em
si o saber da vida e estando em Deus da mesma forma que o Espírito Santo,
não havendo em si falha e por isso sendo uma referência entre Deus e os
homens, pois a quem ela possuir também possuirá o favor Deus.
Então fica aquela "?". Será que a sabedoria é o Espírito Santo?
Se for então,faz sentido que está escrito sobre não haver perdão contra
quem blasfema contra o Espírito Santo.
"Na verdade, vos digo que todos os pecados serão perdoados aos filhos dos
homens, e toda a sorte de blasfêmias, com que blasfemarem;
Qualquer, porém, que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá
perdão, mas será réu do eterno juízo."Marcos 3-28 e 29
A diferença entre o 1°e o 2° universo.
No 1° universo só existe imatéria e sub-matéria, já no 2° universo temos
imatéria, sub-matéria e matéria.
A imatéria não é possível de ser tocada ou sentida pois ela não é um
corpo material ou sub-material , contudo dentro de toda sub- matéria e
matéria existe uma imatéria que a controla, assim como um programa de
computador controla o hardware a imatéria controla a sub-matéria e a
matéria.
Para especificar a imatéria estudada iremos defini-La como (imatéria de
controle sub-material e material ou ICSM)
A ICSM é responsável pelo controle de toda sub matéria e matéria do
nosso universo presente, e é a ligação do nosso tempo com os 3 tempos do
universo . que é passado, presente e futuro.

Pra que existe a ICSM ?


Para criar, controlar,moldar, remodelar e temporizar toda vida da sub-
matéria e matéria dos universos. Ela é o DNA de toda a vida material e sub-
material do universo, pois em cada imateria existe todo o código de funções
de todas as sub-matéria e matérias existentes, assim como sua função
temporal pré definida.
Se não houvesse a ICSM?
Assim como um computador não funciona perfeitamente sem um
programa, sem o ICSM não haveria uma sub-matéria e matéria estável e
controlável e temporizavel.
Toda a matéria estaria descontrolada,imoldável e destemporizavel.
(haveria o caos da matéria e a inexistência da sub-matéria)é o universo
estaria disperso no tempo e no espaço de forma caótica. Para não dizer que
sem ela nada existira alem de Deus.
M=MATERIA
ICSM=IMATERIA CONTROLADORA DE SUBMATERIA E MATÉRIA
F=FUNÇÃO
MO=MOLDE
T=TEMPORIZAÇÃO
//////////////////////////
M=ICSM
M=MO+T no plano fixo
M=(MO+T)8 NO PLANO TOTAL
ICSM=MO+T NO PLANO FIXO
ICSM=(MO+T)8 no plano total

Quando MO não existir o seu valor será zero, e a equação não pode ser
realizada, pois há mesma é inexistente. Pois sem molde não há matéria.


Sub-matéria dentro do universo Material.
A sub-matéria é uma forma intermediaria da matéria exercida pela
imatéria, a matéria completa possui 4 funções ativas pela imatéria
(controle,molde,temporização,remodelação) e no geral toda matéria básica
se mantém com 3 funções ativas da imatéria constantes que são
(controle,molde,temporização), as sub-matérias são matérias que possuem
menos de três funções da imatéria ativa.
Como conclui a existência da sub-matéria:
essa teoria se baseia no fato de não ser necessário haver uma matéria
padrão para que a imatéria possa agir dentro do universo." Se dentro do
universo existe gravidade para alinhar há órbita dos planetas e equilibrar a
distancia entre eles e para manter a atmosfera, que por sua vez depende
totalmente da gravidade. Sabendo que há uma linha harmônica de
distanciamento entre os planetas e satélites que por sua vez se movem
dentro do universo, e os planetas estão suspensos no nada se mantendo
apenas pela força gravitacional, então pensei profundamente sobre isso e
levando em consideração um estudo atual sobre a existência da matéria
negra (matéria até então supostamente não identificada, a que os
cientistas crêem que possa existir e ser a mesma uma massa que exerce
apenas força gravitacional entre os planetas, pois há uma interrogação
sobre a massa gravitacional do universo,pois a mesma ainda se procura ser
detectada como massa (teoria da gravidade). Ai veio a minha indagação, se
existir a ICSM como eu creio que haja, a matéria atual é só uma forma de
imagem aparente ICSM. Há ICSM não precisa de usar sempre as suas 4
funções pois há mesma pode perfeitamente funcionar com 3 funções
(matéria comum) e até com 2 funções (sub-matérias). Logo a matéria negra
seria uma submeteria, que explicaria o problema que a ciência tem em
compreender sobre a ação de algo na material exercendo uma propriedade
material.
Exemplos de sub-matéria :


1-Sub-matéria sem molde((controle e temporização)) é a sub-matéria sem
forma física com controle e temporizada dentro do nosso tempo, a qual é
também a forma padrão de vida do 1° Universo, talvez a massa negra do 2°
universo seja na verdade uma sub-matéria que apenas esteja exercendo
controle gravitacional dentro do nosso tempo. Uma vez que para haver
gravidade não seja necessário forma física de três funções, o que tornaria
desnecessário o calculo de massa para se calcular a força gravitacional do
universo, uma vez que não é só a massa (matéria com molde,tempo e
controle) que agem sobre a gravidade, mas sim também existiria sub-
matérias gravitacionais para gerar o equilíbrio gravitacional. Há também
uma analise sobre isso que o controle e alinhamento entre os planetas seja
mantido não apenas pela massa (força gravitacional entre os corpos) mas
sim por funções da ICSM dentro da massa e fora dela (sub-materia )
2-Sub-matéria destemporizada ((molde e controle)) é a sub-matéria fora do
tempo presente que possui forma e controle mas não esta dentro do nosso
tempo, ela agi dentro do rastro temporal e está fixa a tempos não
constantes.mas essa sub-matéria pode exercer função em tempo especifico
do tempo, ela existe e deixa de existir dentro do nosso tempo. Sua função
esta relacionada com a não super expansão da massa de forma constante
dentro do universo e a ações não repetíveis da ICSM.obs.: As sub-matéria
também são controladas pela ICSM.

1.d REFLEXÕES


A vida do 1°universo é possível,pois haver vida inteligente em forma de
sub-matéria é 100% possível, pois há vida não precisa de molde para se
manter viva, seria uma vida em forma de sub-matéria consciente que agiria
dentro do 1° e 2° universo sem um corpo (molde), contudo a mesma pode
interferir ou não sobre a matéria comum através do controle, ela usaria
apenas as funções (controle e temporização) e a mesma consciência que nos
temos sobre estarmos vivos ela também teria.
Essa forma de vida é possível de existir no nosso meio, e se não
ignorarmos a cultura religiosa das nações
(cristianismo,budismo,confucionismo, maometismo,judaísmo,candomblé e
outras religiões afro e orientais, veremos uma singularidade entre elas a
respeito de uma vida invisível dentro do nosso meio visível", a um fato
interessante quando também algo invisível (sub-matéria) passar usar uma
forma visível (material)e depois se tornar invisível novamente" esses fatos
sempre foram ignorados pela ciência tradicional e contudo a há bilhares de
pessoas que confirmam que essas formas de vida existam em nosso meio,
não vou me prender a cultura religiosa de forma extensiva, mas também
não vou ignora La.
Visão cega


Vejo a mesma religião atual, com um comportamento cego para a ciência
assim como a ciência cega para a religião, pois devido a todos os processos
ignorados que demonstram uma clara e nítida percepção preconceituosa
dos fatos apresentados. Cada um só vê aquilo que interessa ver. E acaba por
ignorar os fatos aos quais de ante mão dizem não existir apenas por
preconceitos pessoais e afirmações duvidosas.


vou citar abaixo alguns textos sobre um mundo imaterial e invisível contido
na bíblia.
"que homem há que viva e não veja a morte?ou que livre a sua alma do
poder do mundo invisível ?" SL 89:48
"o qual é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda criação;"CL
1:15
Ora ao rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus, seja a honra e gloria
para todo sempre!Amem. "1 Tm 1:17
Conclusão
Dentro do nosso universo há muitas coisas lindas e também complexas
para serem analisadas, e essa perspectiva de estudo nos trás um novo
molde para pensarmos sobre a nossa existência dentro do universo, sei que
é necessário mais estudos para poder provar na pratica a existência da
imatéria e da sub-matéria uma vez que a principio o mesmo não passa de
uma teoria baseada na percepção de fatores diversos de uma ciência mais
ampla dentro dos fatos. Pois uso como base em minha analise desde
estudos culturais a estudos de fatos científicos. É claro que eu não creio na
teoria da criação a partir do big bang, pois vejo o mesmo como uma visão
pequena dos fatos apresentados pela historia e pela ciência. Há muita coisa
ocorrendo em nosso meio que a ciência atual procura ignorar para poder se
sobre por como fonte perfeita dos fatos, vendo que a mesma ignora a
percepção daquilo que é obvio. ( o nosso universo foi criado por algo ou
algumas coisas muito poderosos e mais inteligentes do que nós, basta ver a
harmonia existente dentro do universo para se perceber um toque racional
em sua construção.mais do que crer em Deus, é observar os fatos sem
preconceito de se sentir pequeno e ignorante, pois só a partir daí podemos
entender que a ciência é uma eterna busca pelo conhecimento que nunca
cessa a sua fonte, pois para onde olharmos sempre teremos uma pergunta a
fazer, pois o conhecimento não se expande por aquilo que sabemos mas
cresce pela busca dos porquês. A ciência é 90%
???????????????????????????? e 10%!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!, por isso até um
milagre é um fato cientifico, pois a vida em si é um milagre e uma eterna
ciência.

Por que existe matéria?


Existe uma pergunta simples a se fazer quando se estuda sobre matéria,
submatéria e imatéria, que é o porque existe a matéria uma vez que a
submateria pode ser um estado de vida permanemte.
Vantagens da vida material!


A vida material é um estagio acima da vida submaterial, isso mesmo, a
vida humana está em um patamar acima do patamar angelical, até os
animais tenham vantagens sobre os seres submateriais "anjos e demais
seres que possam viver nessa forma. pois somos seres com expressão
constante dentro do espaço, somos mais vibrantes e mais completos em
todos os modos analisados, somos a melhor representação de Deus, e
também a sua mais moderna obra, um passo acima dos anjos dentro da
cadeia de criação por ele idealizada.

Não é a toa que satanás quis atacar o homem por inveja de nosso corpo
material, e também para isso aceitou possuir uma cobra para realizar seu
intento, ele quis possuir e ser um ser inferior ao homem (a cobra) para
poder atingir o ser humano. agora veja, um ser inferior com inveja tenta ser
rei de um ser superior. isso é incrível, mas há pessoas que vê em a satanás e
seus anjos como seres superiores aos homens, veja a loucura que é o culto
aos anjos. Quando Deus fez os homens ele quis fazer algo melhor do que a
criação dos anjos, ele criou algo mais parecido com ele mais único em sua


forma de ser,cada homem é como um Deus, não onipotente, mas completo
em si próprio.
Cada homem é um universo em si mesmo, somos completos em nossa
mente e em nos mesmos, somos únicos e criadores, todos os seres materiais
tenhem o poder de se multiplicar, enquanto os seres submeterias estão
presos a sua própria existência , não se reproduzem e com isso não tenhem
descendência e nem continuidade de sua espécie.
Problemas da vida material:
Devido ao pecado a vida material se tornou uma prisão para cada corpo,
todo corpo se tornou prepotente e arrogante e separado de Deus. quanto
mais forte nos sentíamos, mais pecamos contra Deus e assim ficamos presos
a matéria devido a vaidade da vida e de sua beleza. toda formosura e prazer
se tornou uma prisão, o que era para ser pleno e bom, se tornou em
vaidade. toda beleza virou frivolidades e egoísmo. o paladar, o sexo, a
palavra, a musica, e todas as sensações foram sujadas pelo pecado e o
pecado transformou o belo em imundo, e o doce em amargo.
FERTILIDADE:
Todos os seres materiais foram feitos para serem férteis e multiplicarem
infinitamente até ocuparem os espaços definidos do nosso universo, só que
o nosso universo caiu e se tornou preso ao espaço inicial, estamos presos a
1° casa que se chama terra.. lembre se que adão foi expulso do Edem e com
ele todas as espécies de animais.em uma linguagem diferente, todos foram
expulsos da eternidade, uma vez que a eternidade estava dentro da arvore
da vida que se localiza no Edem. devido a queda de Adão tudo caio com ele,
até as estrela distantes da terra caíram devido ao homem, é por isso que
não podemos habitar entre as galáxias, é por isso que só há vida aqui. vida
material só há aqui na terra.
Como sei que só há vida material na terra?

Pois Deus não precisaria criar nada alem de um casal para que a vida no
universo se multiplica- se, se não houve se a queda de Adão, já haveriam


vários planetas habitados pela nossa espécime, todos esses planetas feitos
por Deus eram para ser habitados por raças humanas e de animais para toda
a expansão atual, já observou que todo o universo poderia ser habitado,
isso mesmo, se Deus fizesse uma casa em cada planeta, lá seria habitável,
todos os planetas estão dentro do 3° dia da criação, todos só precisam de
vida a qual Deus demonstrou ser capaz de criar aqui na terra, seria um
planeta de delicias, um apos o outro melhor e mais intenso. o mundo
material é o mundo mais intenso já feito por Deus, e por ser intenso se
tornou a prisão das mentes caídas da humanidade. ha vida para uma mente
pecaminosa é como uma droga viciante, não é admirar que satanás usa das
drogas para escravizar ainda mais as mentes já escravas do homem pecador.
Não precisava Deus criar mais do que um casal, pois um casal é o
suficiente para povoar todo o universo, Adão era para ser o pai de todo o
nosso universo, nosso universo não é atoa grande, ele era para ser todo um
lar para os filhos de Adão, contudo Adão falhou e precisou Deus agir em
favor da decadente raça humana,quando Satanás caiou ele caio sozinho, e
cada anjo do Céu (1° universo caio com satanás), na verdade a 3° parte
desse universo caio um de cada vez individualmente. eles caíram de sua
perfeição, eles não nasceram imperfeitos, eles se tornaram imperfeitos por
sua próprias escolhas. com o plano de Satanás era de derrubar o homem
para fazer Deus mudar seus planos quanto a ele, e com isso mostrar a Deus
que toda sua obra é sujeita a imperfeição, Satanás teve êxito no Edem, mas
a resposta de Deus foi diferente do que ele esperava (Deus só teria 2
opções, Destruir ou banir o homem assim como fez com ele, ou perdoar a
ambos e deixar todo o universo imperfeito eternamente. mas Deus tinha um
3° plano ao qual Satanás nunca imaginaria ( o plano da redenção) esse plano
era trazer cristo como 2° Adão para pagar o pecado de Adão e que cada um
que aceita se a cristo como sendo cristo o Adão perfeito (2° Adão) seria
salvo por meio de cristo, o verdadeiro Adão que Deus idealizou. Quando
cristo venceu em nunca ter pecado, e voluntariamente se entregou a Cruz,
assim ele venceu a morte, e claro que também ao pecado, e com isso
transformou o seu sangue em axpiação pelo sangue de qualquer pecador ao
qual invoca se seu sangue. Pelo sangue somos liberto para a vida eterna.
Satanás perdeu, e sabe que virá o Dia de sua condenação definitiva.



Uma nova casa.


Êxiste uma vida acima da vida material atual, mais perfeita e incorruptível,
essa vida será apenas para os filhos de Deus, todos seremos vivos nesse
novo lar pleno e mais prazeroso do que o nosso atual. ainda que o Eden
fosse bom, muito bom, o novo

Universo será infinitamente melhor em todos os sentidos, e além disso,
esse novo universo estará livre de toda duvida gerada pelo pecado, será um
lar de quem não quer pecar, e um lar de quem nunca irá querer pecar, onde
ninguém pecará, pois nesse novo lar o pecado será lavado e retirado de
todos, e todos se lembraram de Cristo (da cruz e seus pregos) que marcaram
o filho de Deus, e todos nos que contemplamos esse amor seremos livres da
vontade do pecado que mora na liberdade, o fruto da liberdade e seu
conhecimento que trouxe ao homem a dor, mas lembremos da libertação
do cativeiro da dor que é o marco e (vitória) do coração dos filhos de Deus,
é a excelência do novo universo, e a razão pelo qual não haverá mais pranto
nem dor. ninguém no céu irá querer pecar mais, pois cada um será como
Cristo. Vitoriosos quanto ao pecado. A Vitória de Cristo é a nossa Vitória, e o
seu corpo será o nosso corpo. e a sua vontade será a nossa vontade, e todos


seremos um só. e todos seremos uma só vida vivendo cada um a sua própria
vida.
Não é um universo de amnésia, mas um universo de saber pleno, e
liberdade total contra o pecado. "conhecereis a verdade e a verdade nos
libertará. essa verdade é cristo e esse saber é cristo, e a vida é cristo e o rei
dos reis é cristo. e tudo por ele será eternamente. pois há um só senhor e
um só salvador e um só consuma-dor, pois Deus nos amou primeiro quando
éramos imperfeitos, e quanto mais eles nos amara quando formos perfeitos
e a sua imagem.
"há uma grande vida para quem vencer esse mundo."



Capitulo 3-O nascimento de Deus


Todos nos temos que nascer, por um principio simples, só existe aquilo
que está presente, e só há existência aquilo que foi gerado. Vamos fazer o
processo inverso, dos últimos até o primeiro.Começaremos por Nos
mesmos, e iremos até o 1 ser vivo.
Nos só nascemos por que de forma natural tivemos um pai (homem), e
uma mãe (mulher) que nos gerou a sua imagem e semelhança, e os nosso
pais tiveram também os seus pais, e os pais de meus pais tiveram também
seus pais até que no fim dessa lista estará Adão (o primeiro homem) e Eva
(1° mulher ), e eles são os pais de toda a humanidade atual. mas eles não
são principio da vida pois.
"E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme à nossa
semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e
sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a
terra.
E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; macho e
fêmea os criou." Genesis 1-26 e 27.

A partir dai aparece Deus sendo pai e criador de todos os Homens, e
também criador de todos os seres viventes de nosso universo.pois bem,
ainda ai não é o começo, pois Deus também Criou os anjos antes de criar o
nosso universo, e a criação dos anjos foi feito no primeiro universo, que é
anterior a criação do nosso universo (segundo universo) sem me delongar
com relação a criação dos anjos, quero ressaltar um só ponto. no 1ª
universo onde mora os anjos não há as mesmas propriedades físicas que há
em nosso universo atual (2° universo)o qual também é comum de se usar a


expressão de lar celestial (ou seja uma casa superior). então La a onde mora
e foi criado os anjos, ainda também não é o começo da vida, e nem da
existência.
nesse ponto atual onde estamos, O lar dos anjos, também já não possui
mais as medidas físicas da matéria, e nem nenhuma de nossas noções de
ciência e matemática a nível físico, as quais se poderiam aplicar a esse
universo, pois o mesmo universo não é um universo físico, material e
comum como o nosso, esse é também chamado de universo espiritual. A
questão a partir dai é que, já não há mais a matéria e nem as suas
complicações e limitações impostas, no Céu (1° UNIVERSO OS ELEMENTOS
SÃO MAIS SIMPLES) lá não há matéria, apenas submaterias ( que são
exatamente o que limitam o tempo e o espaço e a consciência de vida
desses seres (anjos), lá não requer nenhum fator físico, pois lá a vida é
baseada em algo mais simples. (espíritos submateriais) e estruturas
submaterias. essas estruturas submaterias são a 1° manifestação da
imatéria.
O jogo 3D


Vou simplificar mais ainda a compreensão, imagine um programa de
computador que gera um jogo 3d, esse jogo 3d vai ser um jogo de corrida,
digamos um jogo de F1, no nosso universo esse jogo é 3D e temos a sua
visão completa (física).

No 1° universo só há a programação desse jogo, lá não se vê o jogo e suas
ações, lá não se vê a corrida e nem nada do que vemos aqui, lá só há o que


faz funcionar o programa do jogo. se fossemos ver um jogo escrito seria
mais ou menos assim.
"<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?><effect name="good_healing_03"
pausable="true" deferred="true"> <definitions>
<particlesystem name="system0" space="entity">
<simpleemitter
spawnrate="13" bone="_bone_centerofchest"
particlelife="1000" gravity="-1.5" speed="4"
drag="0" acceleration="0"
E é assim que é organizado os jogos, é assim que os jogos são escritos, sem
uma interface, os jogos são apenas comandos, contudo dentro desses
comandos os jogos existem, e esses comandos de linguagem são na verdade
uma seqüência de elementos binários (código binário).
O escripte do jogo é mais ou menos o 1° universo, e o código binário o
principio de criação desse universo.
Tanto o código binário (imatéria) como os comandos de linguagem,
escriptes (SUBMATERIA) são na verdade independentes e também
coodependentes entre si. pois tanto a submatéria como a matéria
dependem da imatéria. contudo a submatéria não depende da matéria, mas
também esta de forma direta exposta dentro da matéria a submateria como
a imatéria.
Os 3 níveis da existência.
1º-imatéria
2°-submateria
3°-matéria

Esses três níveis são toda a vida inicial que existe, o nível 3 (material) é o
nível mais complexo dos 3, e também o nível em que existimos, o 2° nível é
o nível onde os anjos estão em seu principio,e é sem duvida o 2° nível bem


mais simples do que o 3° nível, lá já não existe a matéria e por isso tem suas
funções apenas de forma de vida (inteligência incorpórea) e espaço
incorpóreo, e o tempo incorpóreo, e no primeiro estagio está o código. o
código é a estrutura mais simples e elementar de todas as coisas e por ela
tudo existe. só que esse código ainda não é Deus, mas a ferramenta dele de
criação, Deus está em um estagio ainda mais simples que o estagio da
imatéria, ele é apenas a consciência inicial. e dentro do estagio inicial onde
está Deus há a inexistência de todos os fatores Físicos, e o principio de toda
consciência (os sentimentos e vontades é a forma mais elementar e primaria
da existência) nesse principio está apenas os sentimentos e os pensamentos
( lá está o amor e todas as coisas emocionais) lá é apenas ha vida sem suas
limitações de tempo e espaço, e até mesmo de todas as formas básicas e
estruturais.
Aqui está a real explicação do começo de tudo: preste bem a atenção.
Qual é o primeiro número?


Esse numero é o 1.

Deus é esse 1° numero e todas as suas subdivisões
0,000000001/0,000000002/0,000000003/0,000000004/ e infinitamente
pode se calcular divisões do numero 1, mas contudo antes de haver o
numero 1 (Deus) houve o nascimento de Deus e seu crescimento
0,000000001/0,000000002/0,000000003/0,000000004/. mas antes de todo
esse processo havia 0 (zero) o absoluto nada, foi exatamente do nada que
passou a existir Deus, e Deus que é o 1° e também o ultimo, mas Deus nunca
Será a inexistência, o 0 (zero) absoluto é o principio, e só um ser muito
simples poderia nascer do 0 (zero) só Deus poderia nascer do nada, pois
Deus é o ser mais Simples e mais próximo do 0, ele é o numero 1, o primeiro


e único, o que não tem genealogia e nem fim, o principio da vida ou
simplesmente Deus.
Queira você ou não, antes do numero 1 vem o numero 0, e logo no zero
não há mais existência e nem principio.foi em um total e perfeito 0 (zero
absoluto que Deus nasceu) e ele se tornou o 1°.
Se alguém perguntar a você quem criou a Deus, Explique sem medo, Deus
é tão simples que nasceu do nada. e se tornou a 1° existência.
O porque o (0 zero) é o principio?
Pois como foi explicado acima o 0 é o inicio de tudo, e nada poderia existir
sem antes haver o 0, não existe eternidade absoluta, pois também não
existe existência absoluta quando se há o 1°. só existimos pois Deus existe, e
sem Deus não podemos existir. na verdade, nada pode existir sem Deus,
pois de uma forma direta tudo é por Deus feito e também tudo é parte dele,
não confunda parte de Deus, com panteísmo, pois Deus não é apenas uma
planta ou uma pedra, mas sem Deus nada haveria, e logo sem ele nada pode
ser.
Qual é o grande ponto chave dessa real
explicação?
Pois só ai podemos saber o como tudo começou, pois só quem crer em
Deus pode entender o que estou falando, e só há essa real explicação para o
inicio da vida.
veja os problemas das explicações cientificas
atuais.

Se dissermos que tudo começou no big bang (teoria da inflação e
expansão do universo) também chegaremos ao principio básico da matéria,
e ficaremos nessa teoria travados em um começo impossível devido a
termos que explicar que a massa inicial(energia inicial do big bang) não
poderia existir do nada, na verdade nenhuma matéria pode surgir do nada,
nem sequer suas subdivisões ou até mesmo a própria anti matéria e a
matéria negra não poderia vir do nada, pois lembre se que tudo isso está


entre o terceiro e o segundo estágio (matéria e submateria), e até mesmo a
imatéria não poderia ser o começo. como a teoria do big bang termina
dentro do 3° estagio da existência (matéria)então do nada não poderia
haver tudo formado.
Não dá para se começar uma conta do numero 100 bilhões e dizer, que
antes dos cem bilhões não houve um numero menor. as teorias cientificas
ficam presas na matéria e estão fadadas a não saírem desse ponto devido a
negação de qualquer coisa existir fora do nível material. HÁ CONTUDO
observado pela mesma devido a estagnação em compreender os fatos, uma
atual busca por algo mais simples que a matéria. mas mesmo que se possa
um dia provar o que realmente há uma submatéria ainda assim essa
subamtéria não seria o começo.
Temos que ter a seguintes casas.
0/unidades/dezenas/centenas/milhares/centenas de
milhares/bilhões/trilhões etc.... a ciência ainda está pensando que tudo
começou no numero dos bilhões, logo ainda ela está longe da verdade, mas
não pense que ela não evoluiu, antes estávamos na casa dos trilhões. e
agora estamos chegando perto da casa dos centenas de milhares.
espero que tenha compreendido, pois isso é certo e verdadeiro.





Capitulo 4-A criação do 2° universo.

experienciadevidacomdeus.blogspot.com
Eu sei que muitas pessoas acreditam que foi Deus quem criou o universo,
mas poucas das que acreditam se importam o como e o porque?, talvez por
desinteresse,tempo ou outro motivo, mas a verdade é que se você quer crer
em algo é recomendável buscar entender sobre esse algo. Uma pessoa uma
vez me disse que a criação é um mistério que só pela fé deve ser aceito sem
contestação, e disse mais, que se pararmos para entender mais sobre isso
podemos ficar loucos, pois é um "mistério", e que não cabe ao homem
entender, mas sim aceitar os mistérios.
A afirmação acima é muito comum em muitos grupos religiosos Cristãos,
e é universal e indiscutível entre eles as observações preconceituosas
acima. Pois para esse grupo espero que Deus lhe mostre que o permanecer
na ignorância é pior do que crer na mentira da ciência que tenta dia a pois
dia dizer que Deus não existe
S e você quiser continuar a buscar entender sobre o livro de Genesis, vou
escrevê-lo a baixo o primeiro capitulo. Leia o, pois ele é a verdade.

Após você ler , vou apresentar as teoria mais comum sobre a formação da
terra sobre o ponto de vista Bíblico e a criação da terra e do universo
através da ciência.


C:\server instalação\icones de jogo\atmosfera-20100829110151.jpg
Genesis 1
1° dia.


"1No princípio criou Deus os céus e a terra. 2 E a terra era sem forma e
vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia
sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz; e houve luz. 4 E viu Deus que
era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas. 5 E Deus chamou
à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.
2° dia


6 E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja
separação entre águas e águas. 7 E fez Deus a expansão, e fez separação
entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que
estavam sobre a expansão; e assim foi. 8 E chamou Deus à expansão
Céus, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo.





3° dia


9 E disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num lugar; e
apareça a porção seca; e assim foi. 10 E chamou Deus à porção seca
Terra; e ao ajuntamento das águas chamou Mares; e viu Deus que era
bom. 11 E disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente,
árvore frutífera que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente está
nela sobre a terra; e assim foi. 12 E a terra produziu erva, erva dando
semente conforme a sua espécie, e a árvore frutífera, cuja semente está
nela conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom. 13 E foi a tarde e
a manhã, o dia terceiro.
4° dia



14 E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver
separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos
determinados e para dias e anos. 15 E sejam para luminares na
expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi. 16 E fez Deus os


dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o
luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. 17 E Deus os pôs
na expansão dos céus para iluminar a terra, 18 E para governar o dia e a
noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era
bom. 19 E foi a tarde e a manhã, o dia quarto.
5° dia


20 E disse Deus: Produzam as águas abundantemente répteis de alma
vivente; e voem as aves sobre a face da expansão dos céus. 21 E Deus
criou as grandes baleias, e todo o réptil de alma vivente que as águas
abundantemente produziram conforme as suas espécies; e toda a ave
de asas conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom. 22 E Deus os
abençoou, dizendo: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei as águas nos
mares; e as aves se multipliquem na terra. 23 E foi a tarde e a manhã, o
dia quinto.
6° dia



24 E disse Deus: Produza a terra alma vivente conforme a sua espécie;
gado, e répteis e feras da terra conforme a sua espécie; e assim foi. 25 E
fez Deus as feras da terra conforme a sua espécie, e o gado conforme a


sua espécie, e todo o réptil da terra conforme a sua espécie; e viu Deus
que era bom. 26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem,
conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e
sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre
todo o réptil que se move sobre a terra. 27 E criou Deus o homem à sua
imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. 28 E
Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e
enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as
aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra. 29 E
disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que
está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que
dê semente, ser-vos-á para mantimento. 30 E a todo o animal da terra,
e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma
vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi. 31 E viu
Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a
manhã, o dia sexto.
7° dia


ASSIM os céus, e a terra, e todo o seu exército foram acabados.
E havendo Deus acabado, no dia sétimo, a sua obra que tinha feito,
descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito.
E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de
toda a sua obra, que Deus criara e fizera." GENESIS 1 E 2.





Realidades e conceitos.
Todo os conceitos criacionistas de existência requerem um criador. E
todos os conceitos ateus de existência requerem retirar a Deus da
construção, pois para os ateus, Deus não existe, e se Deus não existe, logo
tudo existe sem um criador, contudo a pesar disso, é necessário para um
ateu ter uma base de criação, pois tantos ateus como religiosos, sabem que
a vida do universo existe, e que a existência é real e inegável.
Era de se esperar que o processo de criação para os religiosos, em
comparação com o processo aleatório da existência criativa dos ateus,
fossem extremamente diferentes entre si. Só que os ateus usam um
processo de criação aleatório muito parecido com o processo de criação
bíblico, e adianto a vocês que a única diferença é que em um processo ateu
de criação se usa o tempo e a aleatoriedade para substituir a Deus. Entre
outras palavras , aleatoriedade mais tempo são iguais ao poder de Deus,
talvez venha daí a expressão de linguagem que diz "deixa dar tempo ao
tempo para se vê o que acontece."
Pode parecer um abuso o que vou falar agora, mas a verdade é que os
ateus, usando o nome da ciência, fizeram um plagio da criação do livro de
Genesis, e com esse plagio, tentam dizer que Deus não existe, e que as
coisas que estão na bíblia sejam uma mentira, e se Deus é mentiroso,
então, não poderíamos mais crer nele, pois, quem vai crer em um Deus
mentiroso, na verdade quem pode crer em um Deus que não existe, pois é
isso que a ciência dos ateus diz, (que Deus não existe).
Comparações entre a criação bíblica e a
formação aleatória da existência da ciência
dos ateus em 6 passos.


Big Bang


Primeiro passo.
1° dia da bíblia: Criou Deus as estruturas físicas e o espaço, porem tudo
era sem forma e era também vazio, e criou Deus também a luz, com essa
observação temos o elementos físicos representado pela palavra terra, e a
dimensão representada pela palavra céu,e o estado das estruturas físicas
ficam em um estado desformicos, não moldados, desestruturados e é claro
que também vazio.
Bem, as estruturas físicas nesse estado não são idênticas as estruturas
físicas atuais, é como se pensássemos em água sem seu estado liquido, ou
em terra sem seu estado solido. Podemos dizer que tudo estava disposto
como matéria prima para se começar uma obra. Ou também dizer que
estava tudo esperando ser moldado. A única coisa exata no 1° dia foi a luz, a
qual existiu antes da existência do sol. Pode se também pensar que a 1°
expressão céu e terra represente também o 1° e o 2° universo, mas essa
observação vai de cada um.
Céu- 1° universo, não requer forma, pois é imaterial, e logo estaria pronto
antes da criação dos homens. Veja também que é dito a palavra céus antes
da palavra terra (1No princípio criou Deus os céus), e não há nenhum
complemento para o seu estado, ficando claro que essa etapa estava
acabada. E obviamente pronta em seu principio. Uma outra opção para céu
é a associação com a palavra espaço, contudo em alguns versículos da bíblia
dão a sugerir que a palavra céu seja usada com um contexto mais para a
questão do 1° universo do que para um espaço vazio em si.
Terra- "E a terra era sem forma e vazia;" dá uma exata idéia de matéria
desformica e imoldada, vindo ela acompanhada da palavra vazia, a qual a
própria palavra vazia, pode ser vista como a visão de um espaço vazio.
simplificando a observação:as estruturas físicas estavam desformicas em
um espaço vazio, era só elementos físicos irreconhecíveis por estarem
imoldados e espalhados em um grande vazio .

1° dia, versão da ciência dos ateus: Há mais ou menos 13,7 bilhões
de anos atrás havia uma estrutura física composta por elementos
subatômicos chamados de matéria primordial, a qual era composta,
principalmente, de partículas elementares, como quarks e elétrons. E assim
estava o big bang em seu começo com material atômico também sem


forma atômica, e após uma explosão que resultou em uma enorme
liberação de luz e uma expansão da matéria dentro do espaço vazio a qual
se chama essa expansão de inflação cósmica.
Vimos até ai que a matéria estava sem forma, e só teve alguma forma a
medida que ela ia se expandindo e esfriando, os quarks se uniam formando
partículas maiores chamadas hádrons, os quais podem conter 3 quarks
(bárions) ou 2 quarks (mésons). Os prótons e nêutrons formados (que são
bárions) se agrupavam em núcleos e os elétrons eram capturados em
órbitas em torno dos núcleos, formando átomos. E que quando houve o big
bang em si ( a grande explosão), liberou-se uma quantidade de luz como
nunca antes em toda historia do universo, foi o momento de maior
densidade de luz e energia liberado em um só instante, a qual gerou
também dessa explosão a expansão do espaço e do tempo como nunca em
toda historia houvera antes ou depois. Em uma fração de segundo toda
energia contida estava se espalhando em luz dentro do espaço vazio até
então inexistente. Essa expansão é chamada de inflação cósmica, e prediz o
porque o universo é homogêneo ao ser observado.
Obs:Esse 1° dia da ciência foi feito mais rápido que o 1° dia da bíblia. Pois
na bíblia o processo levou um dia inteiro, mas na ciência o processo da
explosão e liberação de energia e luz, junto com o avanço da matéria
dentro do espaço vazio foram de apenas frações de segundos. Já o
processo de inicio de esfriamento das estruturas levou em torno de 10 mil
anos para começar haver um esfriamento da matéria, o qual só ocorreu esse
esfriamento de forma suficiente em torno de 300 anos após a explosão, e
que a partir daí se formaria os átomos, o qual propiciou que todas as coisas
pudessem a vir existir, e assim a se formar os planetas,satélites e as
estrelas . Esse tempo inicial é chamado na ciência "A Era de Predominância
da Radiação no Universo", e foi a primeira das 5 eras existentes do
universo.Todo esse processo levou em torno de alguns milhares de anos até
que viesse a existir as primeiras estrelas e dar origem a era estelífera a qual
nós estamos.
Igualdades de idéias.
1°-Matéria sem forma em ambas as teorias apresentadas.

2°Luz inicial sem existência de estrelas em ambas teorias.


3°O espaço vazio sem existência de nada em ambas teorias.
Diferença das idéias:
1°- O tempo do processo, mas contudo em ordem factual idêntica.
2°-A necessidade de uma explosão para explicar os fenômenos ocorridos
iniciais e retirar a Deus de cena.


Meteoro de gelo
Segundo passo.
2°- dia da bíblia: A bíblia dá a entender que Deus começou a modelar e
a formar na terra a atmosfera e a separar a água dos oceanos do espaço
atmosférico, na verdade se sabe que a nossa atmosfera só existe devido ao
fato de haver água, e onde se tem água pode se haver, ou se criar
atmosfera. Em resumo o 2°dia da bíblia é a formação da atmosfera a partir
da separação da águas. E sem isso seria impossível a vida dos homens, pois
respiramos ar e bebemos água, e tanto o ar como água são essenciais a
nossa sobrevivência .

Obs.: É bem possível que antes do dilúvio a atmosfera terrestre fosse um
pouco diferente, pois antes dilúvio pode ter havido uma quantidade de
vapor de água muito maior que a atual, o que resultaria em um ar mais
úmido, diz a bíblia que não chovia no principio da criação, apenas uma
neblina revestida com vapor de água regava o solo terrestre. E talvez esse
vapor de água possa ser exatamente o que tenha provocado o dilúvio e
uma atmosfera mais seca atualmente. O vapor de subia da terra, o que leva
a crermos que os lençóis de água estavam mais quentes e deviam ter mais
quantidade de águas em solo terrestre do que atualmente. Uma coisa é
certa é que o dilúvio tenha alterado o clima terrestre de forma significativa.


" E toda a planta do campo que ainda não estava na terra, e toda a erva do
campo que ainda não brotava; porque ainda o Senhor Deus não tinha feito
chover sobre a terra, e não havia homem para lavrar a terra.
Um vapor, porém, subia da terra e regava toda a face da terra." Genesis 2-5 e6.
Composição de atmosfera atual:

A atmosfera terrestre é composta principalmente de nitrogênio, oxigênio
e argônio. Os gases restantes são muitas vezes referidos como gases traços ,
entre os quais estão incluídos os gases do efeito estufa, como vapor de
água, o dióxido de carbono, metano, óxido nitroso e o ozônio. O ar filtrado
pode conter vestígios de muitos outros compostos químicos. Muitas
substâncias naturais podem estar presente em quantidades ínfimas em uma
amostra de ar não purificada, incluindo poeira, pólen e esporos, gotículas de
água líquida, cinzas vulcânicas e meteoróides. Vários poluentes industriais
também podem estar presentes, tais como o cloro (elementar ou em
compostos), compostos de flúor, mercúrio elementar e compostos de
enxofre, tais como dióxido de enxofre (SO2, que pode causar a chuva ácida).
Obs: Sabe- se que se hoje em dia, em supondo que se a terra estivesse com
uma quantidade de oxigênio( O²) acima dos 20% a qual temos atualmente
na atmosfera, haveria muitas explosões e incêndios em toda a parte, pois o
oxigênio em uma taxa maior que a atual seria um comburente
extremamente letal para a vida, pois os combustíveis se alimenta do
oxigênio.

Curiosidades: O nome oxigênio foi dado por Lavoisier em 1774 após ter
observado que existiam muitos ácidos que continham oxigênio.Veja sua
origem (o grego .... = ácido e, -geno, da raiz .e. = gerar). O composto mais
notável do oxigênio é a água (H2O). Outros compostos importantes que
apresentam o elemento oxigênio em sua composição são: dióxido de
carbono, os alcoóis (R-OH), aldeídos, (R-CHO), e ácidos carboxílicos (R-
COOH), os íons clorato (ClO3-), perclorato (ClO4-), cromato (CrO42-),
dicromato (Cr2O72-).
Importância da atmosfera.


Sem a atmosfera os raios solares matariam todos os seres vivos por radiação
solar, sem essa proteção não haveria vida na terra, uma camada atmosférica
mais forte também deixaria aterra mais gelada e com isso fria demais.

As camadas superiores do planeta refletem em torno de 40% da radiação
solar. Dos 60% restantes, aproximadamente 17% são absorvidos pelas
camadas inferiores, sendo que o ozônio interage e absorve os raios
ultravioleta. O dióxido de carbono e o vapor de água absorvem os raios
infravermelhos. Restam 43% da energia solar, e esta alcança a superfície do
planeta, que por sua vez reflete dez por cento das radiações solares de volta
para o espaço. Além dos efeitos descritos, existe ainda a influência do vapor
de água e sua concentração variável. Estes, juntamente com a inclinação dos
raios solares em função da latitude, agem de forma decisiva na penetrância
da energia solar, que por sua vez tem aproximadamente 33% da energia
absorvida por toda a superfície atingida durante o dia, sendo uma parte
muito pequena desta re-irradiada durante a noite. Existe ainda a influência e
interação dos oceanos com a atmosfera em sua auto-regulação. Estes
mantêm um equilíbrio dinâmico entre os fenômenos climáticos das
diferentes regiões da Terra.
2° dia da ciência: Esse processo começou depois dos 4,5 bilhões de
idade da terra, pois o nosso sistema solar só passou a existir a 4,5 bilhões de
anos depois da explosão inicial, contudo não se sabe ainda de onde se veio
a água da terra.
1° teoria- Diz que a águas já estavam na terra em sua formação, e que a
nossa massa gravitacional propiciou a formação de atmosfera e água. Pois
não adianta ter água sem gravidade para formar atmosfera. Pois a gravidade
é responsável pela existência de atmosfera, por ser a gravidade capaz de
reter os gases em orbita e não deixá-los escapar para o espaço. Mas essa
teoria foi descartada devido ao calor inicial da crosta terrestre e aos solares
terem dissipados esses elementos, o que leva a necessidades de uma 2°
teoria

2° teoria- Diz que meteoros e partículas de água vindas do espaço formaram
nossa atmosfera, e o nossos oceano, pois a cada dia a terra ia captando gelo
espacial e o transformando em água e em atmosfera esse fragmentos
devido a nossa gravidade.e como no começo havia mais partículas e objetos


no espaço sideral do que hoje em dia .com isso se explica como a
quantidade de água captada foi grande, e a partir daí a terra teria muita
água. . Tem pessoas que defendem a 1° teoria, junto com a segunda para
explicar o tamanho de nossos mares e a enorme quantidade de água
existente na terra, mas isso só complica o fato de não poder haver água ou
atmosfera no principio da formação devido aos fatores citados sobre calor..
Obs.: Assim como na bíblia a ciência diz que a terra era totalmente coberta
de água, e que a parte seca que forma os continentes só se deu depois de
milênios devido acomodações das águas,isso claro, após vários milênios.
As 3 eras atmosféricas.
Podemos compreender razoavelmente a história da atmosfera da Terra até
há um bilhão anos atrás. Regredindo no tempo, podemos somente
especular, pois, é uma área ainda em constante pesquisa.

Primeira atmosfera

A primeira atmosfera era composta principalmente por hélio e hidrogênio.
O calor provindo da crosta terrestre ainda em forma de plasma, e o Sol, a
dissiparam.

Segunda atmosfera

Há evidências de que existia água em estado líquido na superfície terrestre
há pelo menos 3,8 bilhões de anos, comprovados pela coleta de sedimentos
que datam daquela época.[13]

400 milhões de anos mais tarde, praticamente não havia oxigénio livre e era
composta quase que integralmente por nitrogênio e compostos de carbono.
Era aproximadamente 100 vezes mais densa do que a atmosfera atual,
embora a existência de vida, que é comprovada a partir de 3,5 bilhões de
anos, já interferia na composição da antiga atmosfera.[14] O sol emitia cerca
de 30% menos radiação do que atualmente, mas as evidências geológicas
comprovam que existiam oceanos líquidos sobre a superfície terrestre
naquela época. Esta discrepância, conhecida como o paradoxo do jovem Sol
fraco, pode evidenciar que o efeito estufa naquela época era muito maior
do que atualmente.


De fato, as evidências geológicas mostram que a temperatura na superfície
terrestre praticamente se manteve constante por bilhões de anos, com a
exceção de uma era glacial ocorrida há 2,4 bilhões de anos

Surgiram organismos fotossintéticos que evoluiriam e começaram a
converter dióxido de carbono em oxigênio. No fim do período arqueano, as
primeiras evidências da presença de oxigênio começaram a se desenvolver,
provavelmente de algas fotossintetizantes, descobertas em fósseis
estromatólitos tão antigos quanto 2,7 bilhões de anos. As proporções dos
isótopos de carbono daquela época são praticamente as mesmas de hoje
em dia, sugerindo que as estruturas fundamentais do ciclo do carbono já
estavam estabelecidas há pelo menos 4 bilhões de anos.[15]

Terceira atmosfera


Concentração de oxigênio na atmosfera terrestre ao longo dos últimos um
bilhão de anos

Com a acreção dos continentes há cerca de 3,5 bilhões de anos. O
movimento das placas tectônicas rearranjou continuamente os continentes
e também moldaram a evolução do clima, permitindo a transferência do gás
carbônico atmosféricos para grandes depósitos orgânicos continentais.
Embora a produção de oxigênio por organismos seja tão antiga quanto 3
bilhões de anos, o oxigênio livre na atmosfera não existia até pelo menos há
1,7 bilhões de anos; o que pode ser verificado pela formação de óxido de
ferro em sedimentos e o fim da sedimentação do ferro em estado
elementar. Foi o fim da atmosfera redutiva para a atmosfera oxidante. A
partir de então, a quantidade de oxigênio na atmosfera terrestre manteve-


se estável em 5% até 600 milhões de anos atrás, mas alcançou um pico de
35% há 300 milhões de anos. Desde então, a quantidade de oxigênio na
atmosfera sofreu flutuações até se estabilizar em 21% atualmente.
Referências: Wikipédia.
Igualdades de idéias.
1ª-Uma atmosfera feita após a existência de água na terra.
2°-as medidas terrestres são essenciais para existência de atmosfera, sem o
tamanho exato da terra e sua proximidade exata com o sola nossa
atmosfera seria diferente ou não existiria, se a terra fosse menor os gases
seriam dispersos por causa da gravidade, se maior o ar seria mais denso e a
camada atmosférica menor também devido a a alta gravidade, o que
implicaria na existência de vida.
3°- em ambas teorias apresentam variação climática atmosférica. Climas
diferentes em épocas diferentes.
Diferença das idéias:
1°- O tempo do processo, mas contudo em uma ordem idêntica.
2°-A terra captou água,do espaço, e não possuía água nativa como na bíblia
apresenta. Só que essa observação da capitação de água do espaço é difícil
de se provar, pois se havia tanta água no espaço, por que só a terra
absorveu tanta água, e por que no espaço a maioria dos planetas maiores, e
com isso com mais gravidade que a nossa não tenhem sua superfície
inundada de água ou gelo assim como na terra.
3°-muitas teorias se contradizem na ciência, enquanto na bíblia tudo se
encaixa.
Terceiro passo.

3° dia da bíblia – na bíblia o 3° dia foi a separação da água com a terra,
e com isso o aparecimento de área seca a qual formou ao menos um


continente, e nesse continente houve a criação das espécimes vegetais, e
toda a flora de nosso planeta passou a existir a partir daí.
Os primeiros seres terrestres vivos foram os de origem floral e assim
começou a vida no 3° da criação, a terra era ainda iluminada por uma luz
não provinda do sol, a qual foi criada ao 1° dia. Nesse dia o cenário da vida
estava quase pronto, para todos os animais que só viriam a vir a habitar na
terra no 5° dia.
Curiosidades: existe uma especulação de que quando houve o dilúvio
bíblico, as águas tenham dividido um único bloco continental em vários
blocos formando os continentes atuais, no dilúvio se afirma que havia mais
água emergindo do solo, do que caindo do céu, se as água eram
subterrâneas, como prescreve a historia do vapor de água que regava a
terra, então seria possível que as mesmas águas que estavam no solo
terrestre tenham cortado a crosta terrestre e subido as mares, devido a
forte pressão da s águas, próximas a superfície terrestre, haveria
terremotos e maremotos fortíssimos que empurrariam os continentes
cortados pelas correntes de águas sub terraneas, e as águas ao serem
jorradas fortemente foram criando rios em locais secos, essas áreas secas
ao serem inundadas iam soterrando áreas inteiras,algumas montanhas
foram formadas, enquanto outras foram destruídas, só os grandes blocos
rochosos ficaram , as placas terrestres foram se dividindo mais e mais a
mediada que essas águas iam emergindo, quanto mais água emergia, mais
as placas se afastavam e criavam os blocos continentais em sua posições
atuais, formando assim continentes distantes entre si. Esse movimento
tectônico seria o maior terremoto já registrado em toda a face da crosta
terrestre, e teria ele destruído a todos os seres vivos da terra. Quando as
águas abriam valas e enormes crateras que levantavam água, os seres vivos
e estruturas contidas nesse período teriam sido soterrados ou carregados
mar adentro. O que explicaria a profundidade dos fosseis atuais
encontrados. Com o passar do dilúvio os blocos maiores ficaram sendo os
nossos continentes.

OBS:Com o movimento das águas subteraneas em um estagio de agitação e
pressão muito forte, somando o despejo continuo de água vindo da
atmosfera, o volume de água da superfície terrestre subiu enormemente até
que tampou todos os cumes e elevados daquele período, era água vinda de
baixo da terra e sobre a terra, e assim não havia como se esconder da


enchentes. Os maré transbordaram sobre a terra, e toda a terra foi coberta
de água .
Houve três acontecimentos exatos para o dilúvio eliminar a todos os seres
terrestres e com isso acabar com toda uma era..
1° -Grandes terremotos devido ao deslocamento da água pelos lençóis
freáticos. Isso fez a crosta terrestre se mexer. É possível que o magma do
centro terrestre tenha se aquecido demais, e com isso criou um solo
deslizante entre as placas tectônicas, e deslocado as placas tectônicas mais
vulneráveis a se movimentarem, as deixando extremamente
oscilantes,Seria como uma prancha de surf sobre o mar, o magma para as
crosta terrestre, as águas do centro da terra também estavam quentes
devido ao magma terrestre , e jorraram-se sobre a superfície, e com isso
começaram a alagar áreas inteiras, e outras áreas desabaram pelo
movimento tectônico, as falhas tectônicas moveram-se fortemente, e isso
gerou maremotos que devastaram a costa continental e avançaram
progressivamente até o centro do continente, que alem de se alagar a terra
vibrava devido ao movimento tectônico, não creio que vulcões tenho
entrado em erupção pois as águas do centro da terra resfriavam o magma.
Mais ondas gigantes e desabamentos de terra foram gerados durante o
processo.
2°- Todo o volume de água atmosférico se precipitou de uma só vez, e a
própria água que emergia quente e evaporava, se esfriava na atmosfera e
retornava fortemente em chuvas progressivas. Todo o volume de água da
terra ágio de uma só vez e subiu o nível dos mares até cobrirem a superfície
terrestre. Muitos dos animais aquáticos morreram devido ao calor das
águas ,e muitas das espécimes marinhas se deslocaram para áreas mais
profundas dos mares onde a temperatura das águas eram mais estáveis na
superfície.
3°- todo o relevo topográfico foi mudado devido a esse incidente, fazendo
com que a paisagem se alterasse em toda a sua topografia.


A ciência:


A ciência diz que tudo era coberto de água até que surgiu um só continente
chamado Pangeia, a qual se dividiu formando vários continentes
MOVIMENTAÇÃO DA CROSTA
Há milhões de anos só havia uma única grande massa de terra acima das
águas. A Terra é um planeta em constante transformação e nem sempre os
continentes tiveram a forma que apresentam agora.
Continentes à deriva
Em 1906, o meteorologista alemão Alfred Wegener participou de uma
expedição à Groenlândia, na Dinamarca, para verificar possíveis mudanças
climáticas da Terra no decorrer das eras geológicas. Observando as placas
de gelo que se fragmentavam e se afastavam, ele criou a teoria de que a
Terra poderia ter sofrido esse mesmo processo e os continentes seriam
imensas placas flutuantes sobre o magma que existe sob a crosta terrestre.
Essa teoria ficou conhecida como deriva continental. O cientista alemão
afirmou que o nosso planeta surgiu primeiro como uma grande massa
continental, denominada Pangéia.
Com o passar do tempo geológico, essa grande massa única se partiu e
os continentes foram se formando.
A Pangéia, o único grande continente, foi se formando desde a origem do
nosso planeta. Com o passar das eras geológicas, a Pangéia foi se
subdividindo. Há 500 milhões de anos começou um movimento que levou à
formação dos continentes atuais.
Dois grandes blocos se separaram: a Laurásia, formada pelas atuais
América do Norte, Europa e Ásia, ficou situada ao norte do planeta e a
Gondwana, formada pela América do Sul, África, Índia, Antártica e Austrália,
ao sul. A abertura do oceano Atlântico e o afastamento da África e da
América do Sul teve início há 130 milhões de anos.A Laurásia e a Gonduana
também sofreram processos de subdivisão, originando os atuais
continentes, num processo que ainda está em andamento.
Os atuais continentes
As grandes massas de terras emersas, limitadas pelos oceanos e mares, ou
seja, os continentes atuais, são separadas em seis conjuntos distintos: a
África, a Ásia, a América, a Oceania e a Antártica, além da Europa, que está
unida à Ásia, mas que é considerada um continente porque possui
características próprias.
A dinâmica terrestre


O núcleo do nosso planeta preserva a matéria incandescente a uma
temperatura de 6.000°C de temperatura. Entre o núcleo e a crosta terrestre,
existe uma camada espessa chamada manto, que representa nove décimos
da massa do planeta. No manto, a temperatura média é de 3.000°C, mas ele
se resfria à medida que se aproxima da crosta. Com as diferenças de
temperatura entre as camadas profundas e as externas, surgem as correntes
de convecção: a camada mais quente se eleva lentamente até o contato
com a crosta e a camada mais fria tende a mergulhar. É o mesmo que ocorre
com a água ou o leite quando colocados para ferver. A crosta terrestre
apóia-se sobre esse manto que na faixa mais externa (cerca de 100 km)
chama-se astenosfera. Embora sólida, a astenosfera é plástica, moldável e
se movimenta. Com isso, a crosta também se movimenta. Empurradas, as
placas que formam a crosta se afastam ou se aproximam, sofrem colisões e
dobramentos. Imagine as placas terrestres como carros em rota de colisão.
Quando batem de frente, os carros têm os capôs amassados e elevados. É a
mesma dinâmica das placas que formam a crosta.
No oceano Atlântico, entre a América do Sul e a África, há uma cadeia de
montanhas chamada Dorsal Meso-Atlântica. Ali, no encontro de duas
grandes placas tectônicas, vulcões se formam aproveitando a fragilidade na
crosta. O magma incandescente se espalha e se resfria formando novas
camadas de matéria sólida no fundo do mar. Esse fenômeno está gerando o
afastamento das costas da América do Sul e da África a um ritmo de 3,8 cm
por ano.
Um dos eventos mais recentes (para os padrões do tempo geológico) de
movimento de placas ocorreu há cerca de 35 milhões de anos. A placa da
Índia, que era ligada à Antártica, colidiu com a placa da Ásia. Essa "batida"
planetária fez surgir a cordilheira do Himalaia.
Com o passar do tempo geológico, essa grande massa única se partiu e os
continentes foram se formando.
A Pangéia, o único grande continente, foi se formando desde a origem do
nosso planeta. Com o passar das eras geológicas, a Pangéia foi se
subdividindo. Há 500 milhões de anos começou um movimento que levou à
formação dos continentes atuais.





Igualdade:
1°-Uma separação da terra com a água, formando um só continente.
2°-é bem provável que após o dilúvio tenha acontecido a separação da
placas tectônicas, e com isso dividido um único continente em vários
continentes.
Desigualdade:
1°-O tempo do processo, que nesse caso o da bíblia seria muito mais rápido,
pelo fato de que na bíblia teria tudo ocorrido por causa de uma catástrofe
ambiental.
Quarto passo.


A bíblia diz que as estrelas foram feitas no 4° dia da criação, então isso
deixa claro que o os três primeiros processos aconteceram sem a existência
de luz solar, ou qualquer outra luz e energia gerada por qualquer outra
estrela, segundo a bíblia, o planeta terra foi o primeiro planeta a ser
construído e a única coisa que provavelmente havia em todo espaço era o
nosso planeta criado e até então, não havia nada alem do nosso planeta
até o quarto dia da criação.
O quarto dia da criação pode ser chamado de o dia de criação do espaço
sideral, pois só ao quarto dia é que toda a dimensão do espaço sideral
passou a existir. Só ao quarto dia, outros planetas satélites e estrelas foram
criados.
O principio:
Lembre se que Deus é poder de criação, e não depende ele de nenhum
fator externo ou seqüencial para criar nada, ele poderia fazer se quiser o
homem no 1° da criação e o por em um espaço sideral cercado de oxigênio,
ou até mesmo ter feito o homem sem a necessidade usar oxigênio, para
Deus não há impossível, mas mesmo assim Deus decidiu criar tudo em uma
ordem de necessidade estruturais para que a vida se mantivesse a partir
daquele ponto.
Quando analisamos a ordem dos fatos, não podemos nunca deixar de
notar a primazia que Deus é poder. E esse seu poder é quem cria conforme
a sua vontade.
A ciência:


O quarto processo na ordem científica, seria na verdade o segundo passo.
Contudo deve se lembra que para a ciência as estrelas nasceram 1° que os
planetas. E que também a terra não seria o 1° planeta a existir, e
obviamente somos um simples acaso no meio de um acaso maior. Mas
mesmo assim posso dizer que há um plágio da ciência em dizer que a luz
veio 1°, em todos os paços da criação o mais diferente sem duvida nenhuma
é o 4° passo. Pois é exatamente no 4° passo que a ciência tenta demonstrar
a insignificância da existência humana. Ela adianta o processo da criação do
espaço e deixa a terra com um ar insignificante.
Igualdade:
1°- Luz inicial sem existência de estrelas em ambas teorias.
Desigualdade:
1° toda a ordem cronológica e sua magnitude, pondo a terra como mais
uma obra do acaso, e fazendo tudo com uma mesma primazia que a nossa.
No quarto passo a ciência apaga a nos são de importância,e de sua própria
existência.
Quinto passo.



O quinto passo foi a formação da vida marítima, e ao surgimento da aves
do céu, no 5° dia da bíblia só isso foi feito, podendo dizer se literalmente
que os mares foram habitados antes da terra.


A ciência:
A ciência diz que a vida teve inicio na água, e que só muitos milênios
depois essa vida se estendeu a terra e ao ares, até porque foi em meio as
águas que haveria surgido a 1° forma de vida celular, também as aves
vieram 1° que os mamíferos.
Igualdade:
Os animais marinhos terem vindo 1° ,e a ocupação da terra depois da
habitação dos mares.
Desigualdades:
O tempo do processo novamente, e que como baleias são mamíferos, elas
só existiriam milhares de anos após a existência dos seres marinhos, e até
mesmo muito tempo após a vinda dos repteis.
6° passo


A bíblia diz que tudo se completa no sexto dia, e até o homem é feito
nesse dia, o 6° passo foi a concretização de todo o trabalho da criação,
estamos falando em um trabalho perfeito e completo. Onde os seres por
Deus criado eram formosos e fortes, o homem era a sua mais alta criação, e
o maior orgulho de seu criador. Deus amou criar o homem, e fez do homem
o dono da terra, e de toda criação.


A ciência
A ciência segue a ordem de existência dos repteis até a existência dos
mamíferos, ao qual o homem pertence a ultima classe. Apesar da ciência
usar a mesma ordem, ela deixa claro que as espécimes sofreram varias
mudanças até que chegassem a sua forma atual.
Igualdade:
A ordem dos fatos.
Desigualdades
O tempo e a necessidade de varias adaptações até que surgissem os
mamíferos.
Luz e tempo:



Então vemos que em seis dias fez Deus todas as coisas do 2° universo, e
assim tudo começou a existir para o homem, observe que entre a criação da
luz e a criação do homem há uma separação de apenas 6 dias literais.


A separação de tempo é dada por uma divisão de treva(tarde) e luz
(manha). Na bíblia a cronologia de tempo do universo remota do ano de
3986 AC ou quase 6.000 anos de vida total.O que nos da uma exatidão de
extrema incompatibilidade com a ciência tradicional, pois pela ciência
tradicional o universo tem aproximadamente 13,7 bilhões de anos
atualmente.baseando-se em uma lei do astrônomo americano Edwin
Hubble que em 1929, a mais de 80 anos atrás percebeu que as galáxias
estavam se afastando umas das outras e descobriu que, quanto maior à
distância, mais alta a velocidade de distanciamento. Isso significa que o
Universo está se expandindo, e, portanto, ele deve ter tido um começo.
o seu trabalho possibilitou que o modelo de Universo estático, que
dominava a ciência, fosse revisto e desse origem à tese do big-bang,e a
partir do cálculo da distância e da velocidades atuais, seria possível
descobrir há quanto tempo as galáxias estão se movimentando, e com isso
portanto dizer quando foi exatamente que o nosso Universo começou. Nas
suas próprias contas o universo teria 2 bilhões de anos, e durante esses 80
anos, o calculo foi diversas vezes revisto e muitas vezes ultrapassou a marca
de 20 bilhões de anos de idade.

Observe que a diferença é exorbitante entre se calcular o tempo do
universo com 13,7 bilhões de anos , e o tempo datado na bíblia de 6.000.
Isso nos faz desacreditar que a terra tenha somente 6.000 anos, pois se
cientificamente usarmos o calculo de distancia entre as estrelas baseando-
se na velocidade da luz, nunca teremos o calculo atual da bíblia, do qual a
terra e o universo possuem apenas 6.000 anos de vida.

Creio que haja estrelas com até mais de 10,20,30 ou mais bilhões de anos
luzes da terra, e isso não traz a necessidade de se dizer que o universo tenha
13,7 bilhões de anos. Pois a visão cientifica de se calcular o tempo não inclui
o fato da criação da luz aparente espontânea, ou seja, quando as estrelas
foram criadas em suas distancias respectivas a sua luz não fez o trajeto
completo até a nossa visão, elas se tornaram visíveis através da criação da
imagem direta.

Quando foram criadas as estrelas a 6.000 anos atrás, a sua luz também foi
criada aqui na terra, só que a distancia dela da terra está a mais de 10
bilhões de anos luzes da terra. O que fez o tempo e a distancia a principio
zerar com relação a luz e sua percepção, e apenas se atualizar a imagem a
partir do tempo atual,é óbvio que se algo acontecer a uma dessas estralas
nos só veremos esse fato 10 bilhões de anos depois, mas há luz dela está a
10 bilhões de anos adiantada no espaço. Pois a luz das estrelas foi adianta
no espaço em relação a sua distancia para que a visão delas fosse percebida
dentro do nosso campo visual. Vemos nós ainda uma luz que não foi
emitida, e sim criada dentro do preenchimento do espaço. A real luz dessas
estrelas emitida ainda não chegou a terra, pois nos vemos ainda apenas a


luz de preenchimento criada por Deus para que luz feita fosse vista por Deus
e também diante dos homens na criação ao mesmo tempo em que foi
criada.

"E disse Deus: Haja luz; e houve luz. 4 E viu Deus que era boa a luz; e fez
Deus separação entre a luz e as trevas. 5 E Deus chamou à luz Dia; e às
trevas chamou Noite. E foi a tarde e manhã, o dia primeiro " Genesis 1. 3-5

Antes das estrelas Deus criou a luz ao 1° dia, e as estrela só ao 4° dia.
Então a luz existiu em nosso universo indiferente de haver ou não o sol para
emitir a luz ou a lua para refletir a sua luz. No processo da criação a luz se
torna uma primazia em vez do objeto irradiador da mesma, o que prova
também que o livro de Genesis não foi criado por observação humana, mais
sim por inspiração divina. Pois para qualquer pessoa comum o ovo sempre
vem da galinha assim como a luz vem do sol. Então nunca alguém em
nenhum tempo da historia diria que a luz existiu sem o sol. Pois é como
dizer que o ovo existiu sem haver uma galinha para o por. (isso prova que a
bíblia não é um livro de idéias humanas, mas um livro inspirado).

Lembre-se sobre a criação da imatéria, e do ponto de vista da existência
pela palavra. Pois a palavra(vontade, desejo, ordenação) tem poder por si só
dentro do Criador.

"Pela palavra do Senhor foram feitos os céus, e todo o exército deles pelo
espírito da sua boca."SL 33-6

"Pela fé, entendemos que os mundos, pela palavra de Deus foram criados;
de maneira que, aquilo que se vê não foi feito do que é aparente."HEBREUS
11-13

É magnífico termos que elevarmos a nossa visão acima do que é aparente,
mas isso nos promove vermos que o invisível opera dentro do visível, assim
como o amor dentro da carne se expressa e faz de nos em semelhança a
Deus através do amor.

"Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor."1 João 4-8

"Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em
nós, e em nós é perfeito o seu amor."1 João 4-12

Pois é o amor que nos faz em imagem e em semelhança a Deus e o
mesmo que nos testifica com Deus o Pai por nós, através de Cristo na Cruz.


"Porque Deus amou o mundo, de tal maneira, que deu o seu Filho unigênito,
para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."Jo
3-16

Pois vemos que esse amor incondicional que Deus tem por nós, pois ele
mesmo em nossos Corações, mais poucos o manifestaram esse amor em
suas vidas.

Mas isso não inválida texto descrito abaixo.

"E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; macho e
fêmea os criou."Gn 1-27

Pois esse amor foi manifestado de forma similar em Abrahão.

"Mas o anjo do Senhor lhe bradou desde os céus, e disse: Abraão, Abraão! E
ele disse: Eis-me aqui."Gn 22-11

"Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada;
porquanto, agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu
único."Gn22-12

E em muitas outras pessoas durante os milênios.



REPETIÇÃO DA MATERIA DENTRO DO NOSSO TEMPO.

Há uma observação quanto a Constancia do deslocamento do tempo, pois
o tempo se desloca em partes matemáticas constantes dentro de um
paralelo quanto a Constancia da luz sendo o mesmo tempo superior a
velocidade da luz, então tempo é " sendo C igual a velocidade da
luz "300.000,00 metros por segundo. Então sei que o mais rápido
movimento do universo é inferior as repetições do tempo , pois o espaço de
tempo do deslocamento da luz é inferior a cadeia de deslocamento do
tempo. Pois a cadeia de segmentos é superior 300.000,00 repetições por
bilionésimo de segundo. Ou seja o tempo possui uma enorme repetição de
fatos que fazem a nossa mente ter a vida como uma estável e Constante
seqüência dentro do universo.


Simplificando: se a vida fosse um filme em película, teríamos no mínimo
300.000 películas captadas para registrarmos um único bilionésimo de
segundo.
Pois a o abstração do tempo que forma a dinâmica é relativo dentro do
contexto da existência. Pois é o tempo que da a realidade da matéria se
movimentar no espaço, pois se a matéria não se movimentar dentro do
limite de tempo, então ela mesma passa não existir ou se perde dentro do
deslocamento do tempo convencional e passa a mesma a não pertencer a
essa realidade.
O nosso tempo depende tanto dos fatos quanto da matéria e a sua
energia para validar a sua existência.
Pois sem tempo a matéria não pode gerar energia nem validar a sua
existência. Pois se o tempo parar a matéria se torna neutra (inexistente)
quanto ao seu objetivo em relação ao seu observador. Pois não há como se
parar o tempo e deslocar a matéria pois a mesma esta presa ao tempo que
ela exerce.



Argamassa do tempo ou repetição entre pontos de deslocamento.

Como já disse acima o tempo se repete a pelo menos 3000.000 repetições
por bilionésimo de segundo, o que da Constancia ao movimento da matéria


dentro do nosso universo. Mas mesmo sendo pequena a distancia entre
uma repetição entre um movimento e o outro, há uma brecha dentro do
espaço, só que se houver brechas o tempo passaria então a não controlar a
matéria( pois entre uma brecha e a outra a matéria não existiria), pois o
mesmo tempo a destruiria entre uma brecha e a outra então o
deslocamento do tempo para com a matéria não pode haver brechas.

Veja a figura acima, se houver brechas entre os deslocamentos, entre um
e outro não existiria nada. Fica claro que o ponto de inexistência provocaria
a inexistência do tempo posterior.

O tempo possui uma dizima periódica de repetições de um mesmo
movimento até que o movimento seguir aconteça. Imagine os quadros da
figura acima tendo entre um
movimento e o outro uma dizima periódica de repetições da imagem
anterior até a seguinte passar a existir. Assim não há espaço vazio no tempo.

Há um problema a ressaltar de como a dizima termina para começar o
movimento seguinte, então acredito que seja indiferente o termino da
dizima com relação ao movimento seguinte, pois o mesmo começa a se
mover de forma continua para existir o tempo seguinte. Veja a repetição
periódica como um elo entre o passado e o futuro.

A dizima une o deslocamento de forma a fazer com que todos sejam um
só. É uma constante repetição que promove o ligamento entre uma
repetição e a outra.

Creio que a cada espaço de tempo entre uma repetição e a outra a dizima
se faz como um elo, argamassa ou junção para da estabilidade ao tempo.

OBSERVÇÕES.

Como cheguei conclusão que tempo se desloca a no mínimo 300.000
repetições por bilionésimo de segundo?

300.000 metros por segundo é a velocidade da luz

1 bilionésimo de segundo é uma das menores divisões de tempo.


Então sei que há luz dentro do espaço de um bilionésimo de segundo a
velocidade da luz o que faz necessário essa repetição mínima para há
existência do tempo.

Alfa e Omega. (analise do tempo do universo).

"E disse-me mais: Está cumprido: Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o
fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da
vida."Ap 21-6

"Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro."Ap
22-13

Assim começa uma intrigante pesquisa sobre o que é realmente o tempo,
em harmonia com as revelações sobre o mesmo dentro das Escrituras
Sagradas.

O tempo dentro do conceito Bíblico não é só o deslocamento estudado no
capitulo anterior, mas um complexo sistema de dados estruturais de todos
os fatos do universo.

O universo é apenas um ponto do tempo, e o tempo é todo o real
universo. Toda a historia do universo esta contida dentro do tempo, do
começo a fim o tempo tem todas as informações em si próprio.

Vou expor abaixo varias alegorias para poder elucidar o tempo e o universo.

A piscina.

O tempo é o passado e o futuro juntos, expressos simultaneamente como
sendo um só, o universo é o ponto presente do tempo. O tempo é como
uma piscina cheia, e o universo uma gota solida de água dentro da piscina,
todo tempo do universo esta dentro da piscina e a gota é o universo
presente.

O tempo tem começo e fim, e o fim do tempo é o fim do Universo, pois o
universo não pode ir alem do tempo, assim como uma gota de água de uma
piscina não pode ir alem da piscina, pois o universo está preso ao tempo.

O homem, o tempo, o universo.


"Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos do meu
Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado, desde a fundação
do mundo;"Mt 25-34



"Para que desta geração seja requerido o sangue de todos os profetas que,
desde a fundação do mundo, foi derramado;" Lc 11-50

"Pai, aqueles que me deste, quero que, onde eu estiver, também eles
estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me
hás amado antes da fundação do mundo." Jo 17-24

"Eis que as primeiras coisas passaram e novas coisas eu vos anuncio, e,
antes que venham à luz, vo-las faço ouvir." Is 42-9

"Que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antiguidade as coisas que
ainda não sucederam; que digo: O meu conselho será firme, e farei toda a
minha vontade;"Is 46-10

"Como, também, nos elegeu nele, antes da fundação do mundo, para que
fôssemos santos e irrepreensíveis, diante dele em amor;"1 Pe 1-20

"Como, também, nos elegeu nele, antes da fundação do mundo, para que
fôssemos santos e irrepreensíveis, diante dele em amor;" Ap 13-8

"A besta que viste, foi e já não é, e há-de subir do abismo, e irá à perdição; e
os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida,
desde a fundação do mundo) se admirarão, vendo a besta que era e já não
é, mas que virá."Ap 17-8

"Mas há alguns de vós que não crêem. Porque bem sabia Jesus, desde o
princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de
entregar."Jo 6-64

"O qual convém que o céu contenha, até aos tempos da restauração de
tudo, dos quais Deus falou, pela boca de todos os seus santos profetas,
desde o princípio."At 3-21


"E disse-me mais: Está cumprido: Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o
fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da
vida." Ap 21-6

Há mais dezenas de relatos sobre afirmações futuras previstas de ante-
mão, os salvos estão salvos antes da fundação do mundo, os perdidos estão
perdidos também da mesma forma. Antes de Deus começar o mundo o seu
fim já estava pronto. Isso não é possível de ser verdade a não ser que Deus
soube-se tudo antes de forma tudo . E melhor, isso só é possível se tudo
estiver pronto desde o começo. E para isso ser possível tem que se separar o
tempo do universo, e tem que entender que o livre arbítrio permanece
mesmo com tudo estando pré determinado.

Existe muita gente pregando em muitas igrejas a inexistência do livre
arbítrio, devido a não compreensão dos textos expressos acima, pois tudo
isso depende de um entendimento sobre onipresença temporal.

Vou ressaltar que o livre arbítrio é um fator primordial, a todos os seres
vivos feitos por Deus; Anjos, Animais e homens gozamos desse direito, que
é inalienável e inviolável, pois nós somos livres para fazermos nossas
escolhas.

"Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra vós, que te tenho
proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição: escolhe, pois, a vida, para
que vivas, tu e a tua semente," Dt 30-19 .












Capitulo 5-Gravidade:



A submatéria e a gravidade.
Na verdade a submatéria é a responsavel direta pela ação da gravidade, e
principalmente talves a responsalvel pelos fatores de massa e energia
dentro do universo.
Antes de continuar a minha teoria, vou apresentar a teoria de Albert
Einstein sobre a mesma, pois observei que há nela uma certa semelhança
com a minha teoria. não estou dizendo que nem a minha e nem a teoria de
Albert Einstein estejam certas mas que as duas se completam isso é
verdade.

Já na teoria da relatividade geral, Einstein incorporou movimentos com
aceleração. Nesse caso, o surpreendente foi que essa teoria tornou-se
também uma nova teoria da gravidade, substituindo a elaborada pelo inglês
Isaac Newton (1643-1727) em 1687.


É impossível diferenciar a aceleração da gravidade. Nós sentimos isso
quando andamos de elevador. Quando ele sobe rápido (acelerado), nós nos
sentimos mais "pesados", quando ele desce rápido, mais "leves". Ou seja, a
aceleração do elevador imita a gravidade, "mudando" nosso peso. Einstein
concluiu que a gravidade pode ser compreendida como um efeito de
curvatura no espaço, como quando colocamos uma bola de boliche em um
colchão: quanto maior a massa, maior a curvatura.
Para o primeiro destes problemas, Einstein e Hilbert desenvolveram uma
nova teoria da gravidade chamada relatividade geral, publicada em 1915.
Esta teoria prediz que a presença de matéria "distorce" o ambiente de
espaço-tempo local, fazendo com que linhas aparentemente "rectas" no
espaço e no tempo tenham características que são normalmente associadas
a linha "curvas".
Embora a relatividade geral seja, enquanto teoria, mais precisa que a lei
de Newton, requer também um formalismo matemático significativamente
mais complexo. Em vez de descrever o efeito de gravitação como uma
"força", Einstein introduziu o conceito de espaço-tempo curvo, onde os
corpos se movem ao longo de trajetórias curvas.
A teoria da relatividade de Einstein prediz que a velocidade da gravidade
(definida como a velocidade a que mudanças na localização de uma massa
são propagadas a outras massas) deve ser consistente com a velocidade da
luz. Em 2002, a experiência de Fomalont-Kopeikin produziu medições da
velocidade da gravidade que corresponderam a esta predição. No entanto,
esta experiência ainda não sofreu um processo amplo de revisão pelos
pares, e está a encontrar cepticismo por parte dos que afirmam que
Fomalont-Kopeikin não fez mais do que medir a velocidade da luz de uma
forma intrincada.
Uma descoberta genial
Einstein mostrou que espaço, tempo, massa e gravidade estão
intimamente ligados


1 - Segundo o físico alemão Albert Einstein, tudo no Universo se move a uma
velocidade distribuída entre as dimensões de tempo e espaço, como mostra
o gráfico ao lado. Para um corpo parado, o tempo corre com velocidade
máxima. Mas quando o corpo começa a se movimentar e ganha velocidade
na dimensão do espaço, a velocidade do tempo diminui para ele, passando
mais devagar. A 180 km/h, 30 segundos passam em 29,99999999999952
segundos. A 1,08 bilhão de km/h (a velocidade da luz), o tempo
simplesmente não passa
2 - Uma conseqüência dessa alteração da velocidade do tempo é a
contração no comprimento dos corpos. Segundo a Teoria da Relatividade
Especial - a primeira parte da teoria de Einstein, elaborada em 1905 -,
quanto mais veloz alguma coisa está, mais curta ela fica. Por exemplo: quem
visse um carro se mover a 98% da velocidade da luz o enxergaria 80% mais
curto do que se o observasse parado
3a - Na chamada Teoria Geral da Relatividade (a segunda parte do estudo,
publicada em 1916), Einstein usou a constatação anterior para redefinir a
gravidade. Isso pode ser demonstrado com um exemplo simples: neste tipo
de brinquedo comum em parques de diversões, a rotação da máquina
mantém as pessoas grudadas na parede pela força centrífuga, como se
houvesse uma "gravidade artificial". No desenho, o brinquedo está girando
e, enquanto isso, é medido com duas réguas (A e B)
3b - A régua "A" é usada para medir a circunferência do brinquedo, na
direção em que ele gira. Como ela está em movimento, basta lembrar do
item 2 para saber que ela fica mais curta. Já a régua "B" mede o raio,
portanto não se movimenta e permanece com o tamanho normal. O incrível
é que a medição da régua encurtada revela não um círculo plano, como o
brinquedo parece ser, mas um círculo distorcido, curvado. Essa curvatura
invisível gera a "gravidade artificial" que mantém as pessoas grudadas na
parede do brinquedo. Na vida real, a diferença é que as massas dos corpos
são mais importantes para criar a curvatura do que sua velocidade

4 - A gravidade real também funciona assim. O Sol curva tanto o espaço ao
seu redor que mantém a Terra em sua órbita - como se ela estivesse
"grudada na parede", lembrando o exemplo do brinquedo. Já a força que
prende as pessoas ao chão é a curvatura criada pela Terra no espaço ao seu
redor. Einstein também descobriu que, quanto maior a gravidade, mais


lento é o ritmo da passagem do tempo. Por isso, ele chamou essa força de
"curvatura no tecido espaço-tempo", idéia representada no desenho abaixo
5 - Uma aplicação prática da Relatividade é a calibragem dos satélites do
GPS, que orientam aviões e navios. Pela Relatividade Especial, sabe-se que a
velocidade de 14 mil km/h dos satélites faz seus relógios internos atrasarem
7 milionésimos de segundo por dia em relação aos relógios da Terra. Mas,
segundo a Relatividade Geral, eles sentem menos a gravidade (pois estão a
20 mil km de altitude) e adiantam 45 milionésimos de segundo por dia.
Somando as duas variáveis, dá um adiantamento de 38 milionésimos por
dia, que precisa ser acertado no relógio do satélite. Portanto, se não fosse
pela teoria de Einstein, o sistema acumularia um erro de localização de
cerca de 10 quilômetros por dia






Dessa TEORIA gerou-se também a idéia de que se possa existir grávitons

que são grávitons? Segundo a Wikipédia, "Na Física, o Gráviton, Gravitãoem
português é uma partícula elementar hipotética que seria a responsável
pela transmissão da força da gravidade na maioria dos modelos da teoria
quântica de campos."

"A teoria postula que os grávitons sempre são atrativos (gravidade nunca
repele), atuando além de qualquer distância (gravidade é universal) e vêm
de um ilimitado número objetos. Portanto, se o gráviton existir, deve ser um
bóson de spin par e igual a dois, e deve ter uma massa de repouso zero,
segundo a Mecânica Quântica."




Mecânica quântica e os grávitons

Os grávitons foram postulados em virtude do grande sucesso da teoria
quântica (em especial, o Modelo Padrão) em descrever o comportamento
de todas as demais forças conhecidas da natureza, como transmitidas por
partículas elementares: o eletromagnetismo através do fóton, a força
nuclear forte pelos glúons, e a força nuclear fraca pelos bósons W e Z. A
hipótese é que a força gravitacional é similarmente transmitida por uma
partícula elementar, que ainda não foi descoberta, denominada gráviton, ao
invés de descrita em termos de curvatura espaço-tempo como a relatividade
geral. No limite clássico, ambas as abordagens fornecem resultados
idênticos, e compatíveis com a lei de gravitação de Newton.


Grávitons e modelos de gravidade quântica

A granulação da teoria quântica não é compatível com a uniformidade da
relatividade geral de Einstein. Esses problemas, juntamente com alguns
quebra-cabeças conceituais, levaram a muitos físicos a acreditar que uma
teoria mais completa do que a relatividade geral deveria regular o
comportamento próximo ao comprimento de Planck. A Teoria das cordas
finalmente emergiu como a solução mais promissora, ela é a única teoria
conhecida na qual a correção quântica de qualquer ordem para dispersão
gráviton são finitas, e sempre são estáveis.

Teoria das cordas

A Teoria das cordas prediz a existência de grávitons e suas interações bem
definidas, o qual representa um dos seus mais importantes triunfos. O
gráviton na teoria das cordas perturbativas é uma corda fechada em um
estado de energia vibracional de baixa energia muito particular. O
espalhamento de grávitons na teoria das cordas pode também ser calculado
da função correlação na teoria campo conforme, como ditado pela
correspondência AdS/CFT, ou da teoria Matriz.

Um interessante aspecto dos grávitons na teoria das cordas é que, como
cordas fechadas sem pontas, eles não seriam limitados por branas e
poderiam mover livremente entre elas; este vazamento de grávitons da
nossa Brana para dentro do espaço de mais dimensões poderia explicar
porque a gravidade é uma força tão fraca, e grávitons das outras branas
adjacentes a nossa própria poderiam prover uma explicação para matéria
escura. Veja cosmologia brana para maiores detalhes.

Deve ser notado que existem propostas de teoria quânticas da gravidade
que não prevêem um gráviton; por exemplo, gravidade laço quântico não
tem nenhuma partícula análoga a esta.

Grávitons e experimentos

A detecção de um gráviton, se ele existir, provou ser bastante
problemática. Devido ao fato da força gravitacional ser tão incrivelmente
fraca, até hoje, os físicos não foram ainda capazes de verificar diretamente a
existência de ondas gravitacionais, como predito pela relatividade geral.
(Muitas pessoas ficam surpresas ao aprender que a gravidade é uma força


fraca. Um experimento simples demonstra isto, por exemplo: um íma de
geladeira qualquer pode gerar força suficiente para elevar uma massa
contra a força de gravidade gerada por um planeta inteiro. )

Ondas gravitacionais podem ser vistas como estado coerente de muitos
grávitons, tanto com ondas eletromagnéticas são estados coerentes de
fótons. Projetos que procuram encontrar ondas gravitacionais, tais como o
LIGO e VIRGO, estão atualmente iniciando suas atividades.[7]

Problemas com o gráviton

Muitos não acreditam que os grávitons existam, ao menos da maneira
simplista como eles são pensados. Superficialmente falando, gravidade
quântica usando interações gauge de um campo de spin-2 (gráviton) falha
ao ser empregada como o fóton e outros bósons gauge fazem.

Mas mais importante o spin-2, ondas lineares (ondas gravitacionais
clássicas) é somente uma perturbação de certa forma altamente restritiva .
Em geral existem flutuações do tipo onda, mas elas são não lineares, sendo
isto freqüente no caso da Relatividade Geral. As equações de Maxwell
sempre admitiram uma onda linear de spin 1, mas as equações de Einstein
raramente admitem uma onda linear de spin-2, e quando elas permitem
isto, o fazem de forma perturbativa e não exata.

O objeto gravitacional mais análogo a uma onda eletromagnética é
atualmente a curvatura Weyl. No eletromagnetismo clássico campos
determinados pelas fontes ao lado de ondas eletromagnéticas são
independentes das fontes. E na gravitação a curvatura de Ricci é
determinada por tensor de energia-momento ao lado do tensor Weyl livre
de fonte o qual contem as ondas gravitacionais.
Tudo da wikpedia.
Teoria da Submatéria VS a gravidade

Ai começa a minha teoria. O efeito gráviton, na verdade é uma causa
gerada pela subamatéria dentro do espaço tempo, pois a submateria esta
dentro do nosso espaço exatamente a onde consideramos o espaço como
vazio, isso mesmo, onde achamos que o espaço é vazio na verdade ali esta
uma submatéria, pois dentro do nosso espaço não existe espaço vazio, ou
seja, lembra-se dos quadros e imagens acima demonstrando uma curvatura


do tempo pela massa, se isso for verdade tabem tem que haver uma linha
que ligue esse efeito aos objetos, essa linha é teoricamente uma
deformação do tempo. Mas ai é que está minha observação, e se a dobra
das linhas não for sobre o tempo, isso mesmo, se a massa não estiver
exercendo força sobre o tempo mas sim sobre a imatéria. Pensa na
submatéria como a água, e a matéria como uma pedra, sempre a matéria
estará exercendo força (peso) sobre a submatéria, e a achatando, na
verdade o principio é idêntico da teoria da cuvartura do espaço tempo e os
grávitons são como a água. Só que não é grávitons e nem curvatura do
espaço tempo, mas sim uma curvatura da submatéria provocado pela
matéria, e mais, mesmo dentro do espaço vazio também a uma curvatura
gravitacional, pois a submatéria também exerce gravidade sobre si mesma e
também sobre a matéria.
Todo submateria e matéria possuem um campo energético (tenhem energia
em sua constituição), só que o estado material tem um campo energético
maior devido as ações atômicas e da própria matéria está em um estado
mais completo e contudo definido dentro do espaço. É por isso que espaço
vazio se dobra (submatéria) mais do que o campo material (físico, matéria).
Submatéria e sua função gravitacional.
Não se esqueça que a submatéria é o 2° estagio da existência da criação,
veja abaixo os 3 estagios
Imatería= estado não material, parte principal da lógica de formação da
submatéria, é como os tijolos da submatéria. São o começo de todo base da
submateria matéria, se transferirmos para a linguagem da informática seria
o próprio código binário, só que um código binário auto inteligente.
Submatéria= é a construção de toda a casa sem acabamento, a o própria
base da matéria, nela está o escripte da matéria.
Matéria= é a parte 3d a qual conhecemos o nosso universo, e é
completamento estudavel pela física.
Nesse estagio as funções são bem similares a da matéria padrão, contudo
ela não é física.

A submatéria pode ocupar o mesmo espaço da matéria pois sua função
física é inexistente, ela não ocupa um espaço fixo(3d) ela só está presente
em um estagio funcional, no observado agora a gravidade, A submateria


também é contida dentro da matéria, pois a matéria nada mais é do que
uma submatéria com expresão 3d delimitada dentro do espaço tempo.
Simplificando a gravidade.
Imagine uma piscina e um nadador sempre afundando, junto com ele
carrega uma quantidade de liquido devido a uma ação da aceleração das
moléculas de água em volta do nadador, esse movimento do nadador
carrega com ele um movimento da água em sua volta e essa água empurra
outras águas para baixo até gera um efeito que se transforma ao se
distanciar em um efeito reverso, de afastamento.
Se o objeto estiver perto ele vai ser preso para dentro do afunilamento do
mergulhador, e se tiver distante para longe do mesmo, pois há um efeito de
onda gerado pelo deslocamento da água.


Como no caso o afunilamento é sempre constante, devido a queda ser
sempre constante, o efeito desse movimento será também constante, e não
haverá o efeito empuxo como acontece com a gota d'água, mas a onda e o
efeito de curvatura vai ser gerado como demonstra a teoria de Albert
Einstein.

É exatamente isso o que eu suponho, a submatéria funciona como a água
dentro do espaço vazio, e esse espaço vazio estático se comporta como a
água quando recebe movimento de um corpo material, contudo, apesar da
submatéria não ser física sua função energética interage com a matéria e
dentro do movimento energético eles se comunicam da mesma forma que a


água se comunica com um corpo mais sólido. Daí se formaria a curvatura
gravitacional e talvez o afastamento do espaço de postos distantes devido a
criação de ondas geradas pela distorção do espaço. Ai vem a questão, se
objetos se deslocam sempre no mesmo sentido então há um deslocamento
sempre para a mesma direção oposta ao epicentro da ação.


Ou seja todo o deslocamento entre as galáxias são a sua distanciação
devido a onda do epicentro inicial, essa onda nesse caso não poderia ser
mais o big bang, mas sim uma massa maior dentro do centro do universo a
qual desloca todas as massa menores para fora do seu centro gravitacional,
em resumo como estamos afastados do centro dessa super massa então nos
afastamos dela proporcionalmente ao seu deslocamento, a função e os
cálculos são os mesmos da teoria da gravidade de Albert Einstein, e aplica
os princípios básicos de Newton. A CONCEPÇÃO DELES do efeito da
gravidade está certo, a grande diferença está no motivo, por isso que o
comportamento se lembrar o mesmo eletromagnético, e até mesmo do
principio atômico.
Essa teoria se estiver certa derruba a teoria do Big bang, mas levanta uma
questão sobre que super massa é essa que desloca as galáxias.
2 subteorias:

Pode ser uma única super massa, ou o maior conjunto de super massas
(galáxias que estão quase unidos gerando uma só onda simétrica. Lembre se


que átomo gera a sua gravidade e seu próprio deslocamento de outra
massas. A questão está só na escala.
Aplicando a teoria da relatividade geral entre pontos da galáxia.


Se usarmos e aplicarmos apenas a teoria da gravidade de Albert Einstein
em um universo novo onde tudo foi feito por um Deus em apenas 6 dias a
6.000 anos atrás aproximadamente, e considerarmos que os corpos foram
colocados em suas devidas posições, e que a teoria da relatividade está
certa em dizer que os corpos curvam o tecido do espaço-tempo então essa
mesma curvatura faria com que objetos fora de uma curvatura maior se
distancia sem um dos outros.



Se considerarmos as galáxias como blocos, e entendermos que esses
blocos estão dentro de uma mesma curvatura geral, então todos os corpos
fora dessa curvatura (que são outras galáxias) irão sofrer um efeito inverso
de deslocamento para fora desse bloco até as sua distancias estejam


C:\Documents and Settings\robadv\Meus documentos\Minhas imagens\hon\curvatura do espaço tempo.jpg
perfeitamente alinhadas, em quanto não se encontra um equilíbrio exato
entre os corpos(galáxias), os corpos se deslocam para pontos eqüidistantes
entre si até atingirem suas distancias exatas de afastamento, essa
velocidade de afastamento será proporcional a curvatura do espaço-tempo
em relação a distancia entre os corpos.


Esse diagrama acima mostra o porque em um universo novo seria possível
os corpos se distanciarem devido a curvatura do tempo, pois enquanto os
corpos não alcancem o seu centro de gravidade exato, os blocos vão se
distanciar até que a curvatura propicie um exato alinhamento onde a
curvatura entre os espaços não influencie uma galáxia entre a outra.
Simplificando: entre dois pontos de curvatura oposta o deslocamento será
inverso a sua inclinação, logo quando os objetos estiverem no seu
afastamento Maximo o deslocamento saparativo será igual a 0. Observe o
diagrama acima e o analise levando em conta os 2 centros gravidade
máxima.

Essa teoria também anula a teoria do big bang, mas requer calcular a
distancia exata da curvatura do espaço para se analisar se somente essas
Forças são o suficiente para manter o afastamento durante 6000 anos, e
também calcular qual era distancia entre essas galáxias A e B a 6.000 anos


atrás. Pois de acordo com a velocidade atual e curvatura entre os blocos se
dá para medir o afastamento, que a principio seria menor e mais lento ate
que em uma parte do tempo esse movimento seria mais acentuado e depois
reduzido a sua velocidade perto do seu fim. Até que os blocos se equilibrem
e não mais se afastem ou se unam.
Pois o universo se deforma conforme a posição dos corpos no espaço,
será necessário calcular os pontos em cada parte da deformação da
curvatura do espaço tempo.



Capitulo 6- Há existência dos Pré-
diluvianos?
É muito difícil afirmar com certeza absoluta sobre como exatamente todos
os fatos se decorreram antes de haver o dilúvio. Fatores sociais, eco
sistêmicos,de caráter moral, tecnológico,financeiro, político entre outros,
pois não há muito para se provar ou registrar sobre os mesmos. Uma vez
que o próprio dilúvio destruiu toda uma sociedade e não deixou
praticamente nada para relatar a sua existência de forma exata e indelével.
Quando você ler a expressão "Creio" significa que é apenas um ponto de
vista pessoal, e que por mais obviedade pareçam os fatos isso não é certeza
de que a minha opinião esteja certa, seja ela argumentada de forma
contundente ou não, devemos sempre observar que os fatos nem sempre
trazem total clareza e por isso uma análise Florência sempre deve ser feita
para minimizar especulações. Procurando sempre trazer uma maior clareza
sobre os fatos a seguir usarei um método investigativo histórico,
antropomórfico "baseado em padrões humanos", bíblico (pois é o livro que
da toda a base para o nosso estudo),geográfico, e reconstrutivo.
Pontos históricos.
A nossa historia humana e cientifica atual não nos dá base positiva para
dizermos que no passado houve um dilúvio universal e consecutivamente
um período anterior ao dilúvio, apesar de ser unânime a afirmação de que
houve uma inundação na região onde se encontra hoje o Egito, Israel,
Assíria, Iraque e vizinhanças, o dilúvio para a maioria dos estudiosos foi um
fato isolado . Apesar de muitos cientistas e historiadores dizerem terem
provas factuais sobre um dilúvio universal, é somente na bíblia sagrada e em
historias de poucos povos e civilizações datados em torno de 2000 anos A.C
que essa historia toma a sua proporção.
Por que podemos crer no dilúvio universal !
1° pois está escrito na Bíblia.

A bíblia tem se mostrado ao longo do tempo e da historia humana como
uma fonte de mensagens verdadeiras e precisas, apesar de ser a mesma


contestadas por diversos seguimentos da ciências exatas e históricas, ela
sempre se mantém de pé. Pois a menos de 5 décadas atrás diziam que
nunca houve dilúvio algum sobre a face da terra, e atualmente o fato se
tornou inegável, ainda que contradiz ente sobre o fato de ser o mesmo
universal, se afirma a existência de um dilúvio em uma área geográfica
demarcada.
Não é bom confiar em algo por que todos nele confiam, isso não é prova
de que tudo se diz seja verdadeiro, tudo deve ser analisado por meios
científicos e racionais a fim de se ter uma exata conclusão dos fatos.
Se observamos a bíblia veremos que é um livro preocupado com
cronologia, e sempre apresenta arvores genealógicas sobres personagens
envolvidos em suas historias principais
Exemplo: de adão até sete, de sete até Noé, de Noé até Abrahão, de
Abrahão até Davi e de Davi ate Jesus Cristo, temos árvores genealógicas
precisas, datadas entre Adão a Jesus Cristo em torno de 4000 anos dando
um total de tempo de 6000 anos de historia até os dias de hoje.
Se alguém lhe disser que tem 30 anos de idade e seu pai tem 50 anos de
idade e seu avo tem 74 anos de idade e todos estão vivos, você pode crer
que isso é verdadeiro? Claro que não, pois apesar de ser possível tal fato ser
verdadeiro você precisa comprovar se o pai e o avo existem, caso você
comprove isso e veja que é verdadeiro você então tem 100% de certeza que
esses fatos são exatos. Mas se você quiser saber o tempo de vida do bisavó
desse rapaz você ira ter que abrir o caixão, e averiguar o cadáver, pois o seu
bisavó já morreu a 23 anos atrás, e hoje teria o mesmo nascido a 97 anos
atrás. Se verificarmos mais profundamente essa arvore genealógica iremos
ver que é impossível se descobrir todos os membros que a compunham no
passado, e quanto mais tempo se passar mais difícil vai ser de se catalogar
tais fatos. Contudo se você for a um cartório e lá achar um documento de
nascimento e óbito de todos os membros de sua família dos últimos 1500
anos ,você então a partir disso poderá confiar nessa sua arvore genealógica?
Eu acho que sim, pois por qual motivo alguém iria catalogar uma arvore
genealógica falsa. E segundo fator é que você achou esse documento em um
lugar idôneo "o cartório", e alem do mais,não há um meio mais seguro que
a catalogação para se manter um registro histórico.

Existem duas formas simples de se catalogar uma historia.


1ª- De forma mental, você aprende e guarda um fato em sua mente, o
ponto negativo é que você pode errar ao repassar a informação a terceiros,
mas se você repetir de forma sistemática até gravar de forma definitiva em
sua mente, então a sua mente se torna o melhor registro, pois nunca um
dado arquivado como principal em seu celebro vai ser deletado, ninguém
esquece o próprio nome ou a data de seu nascimento, pois temos isso como
importante demais para esquecermos.
2º-De forma impressa, você escreve os fatos para evitar perca de
informações por erro de memória.
Quando a historia de Israel se tornou muito grande para ser facilmente
arquivada pelo celebro de um só ser humano, ela passou a ser escrita e
catalogada, contudo nesse período todo o passado também foi catalogado
para não se perder a raiz de toda a historia.
Então nos temos na bíblia essas duas formas de transmissão de
informações que podem ser confiáveis devido a sua idoneidade.
O que é mais confiável, o registro genealógico de um osso de 2000 anos
atrás, ou um documento que conte a historia daquele osso. O que é mais
preciso ? a historia presencial e catalogada, ou a historia analítica baseada
em ossos, pedra poeira e radioatividades. Não estou dizendo que não seja
importante averiguação das mesmas, mas é claro que o testemunho é
sempre mais esclarecedor do que os fatos especulativo.
Caso haja um assassinato, e haja um rel. confesso, esse rel. será detido até
averiguação. E poucas provas serão necessárias para sua condenação, pois o
mesmo se demonstrando compatível com o crime ira facilitar as
investigações, e se provando apenas partes do fato o auto testemunho se
tornará uma prova principal do crime, e o mesmo ira assinar sua descrição
de culpa e irá pagar a pena imposta pelo estado. Mas se você for uma
pessoa mais investigativa ira também se perguntar. Esse testemunho foi
verdadeiro?

Para você continuar a repensar se tal homem disse ou não a verdade,
você terá que averiguar o passado do réu confesso, para ver se ele tem o
hábito de mentir ou falar a verdade. É comum na policia fazer um
interrogatório para ver se o testemunho e contradiz ente ou não. Caso haja
contradição então podemos crer haja possibilidade do fato da confissão não
ser válida, pois a confissão se torna imprecisa.


A Bíblia sempre se preocupou em explicar exatamente como aconteceu os
fatos nela narrado, e a datalogação é um método muito preciso.
Para entendermos sobre cronologia precisamos entender sobre marcação
de tempo. No passado assim como hoje em Dia havia-se a contagem
semanal com dias baseados em um processo de 24 horas e uma semana em
um período exato de 7 dias sendo um ano aproximadamente 365 dias
consecutivos.
Então não há cientificamente como podermos crer que haja uma
contagem errada do tempo dito na bíblia, pois há forma deles de contagem
de tempo era a mesma da nossa atual.
Obs: em qualquer parte do planeta o processo climático das estações é
baseado em um período anual. Pois o ano é uma obrigatória passagem das
estações, pois Chamamos de estação do ano cada uma das quatro
subdivisões do ano baseadas em padrões climáticos. São elas: primavera,
verão, outono e inverno. As estações do ano ocorrem devido à inclinação da
terra em relação ao sol. Podemos dizer então que as estações são
ocasionadas pelo eixo de rotação da Terra, juntamente com o movimento
da mesma em torno do sol, que dura um ano e recebe o nome de
translação.
Ou seja sempre um ano seria um verão após o outro, ou um inverno após
o outro, ainda que um povo não tivesse conhecimento calendarial, bastava
calcular quantos invernos houveram que se saberia quantos anos se
passaram. A translação é uma constante.
O calendário Sumérico.

Fazem parte de suas invenções o sistema sexagesimal. Criaram sistema de
medidas de capacidade, de superfície e de pesos. Possuiam réguas
graduadas. E dividiram os dias em 24 horas iguais: 12 Danna (horas duplas),
ou seja tinham a mesma noção de tempo que a nossa.
Por que estou falando calendário sumérico?

Pois Abrahão o patriarca apresentado na bíblia viveu em uma cidade
Sumérica até ser chamado por Deus para possuir uma terra que emanasse
leite e mel .(uma terra farta e prospera)e que sobre ele Deus faria uma


nação tão grande como as areias do mar e dela haveria domínio sobre as
demais nações da terra. Apesar de parecer engraçado, Abrahão era um
homem rico em Ur como escrito na Bíblia, e se estudarmos sobre "Ur dos
Caldeus" veremos que essa cidade era o centro das cidades Sumérias e
conseqüentemente a cidade mais desenvolvida cientificamente naquela
época.
Se o calendário sumério era preciso, e Abrahão usava esse calendário,
então tudo o que Abrahão ensinou aos seus filhos sobre arvores
genealógicas era também preciso.
Com isso temos a 1ª base cientifica de que a datação dos tempos da bíblia
são exatos!
Se a bíblia usa uma marcação temporal exatamente como a atual, então
podemos crer que sua arvore genealógica é precisa.
VEJA O RELATO BÍBLICO.

" E tomou Tera Abrão, seu filho, e Loth, filho de Haran, filho do seu filho, e
Sarai, sua nora, mulher do seu filho Abrão, e saiu com eles de Ur dos
Caldeus, para ir à terra de Canaan; e vieram até Haran, e habitaram ali."
Genesis 11-31
ORA o Senhor disse a Abrão: Sai-te da tua terra, e da tua parentela, e da
casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.
E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu
nome; e tu serás uma bênção.
E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te
amaldiçoaram; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.
Assim partiu Abrão, como o Senhor lhe tinha dito, e foi Loth com ele; e
era Abrão da idade de setenta e cinco anos, quando saiu de Haran.
E tomou Abrão Sarai, sua mulher, e Loth, filho do seu irmão, e toda a sua
fazenda que haviam adquirido, e as almas que lhe acresceram em Haran; e
saíram, para irem à terra de Canaan; e vieram à terra de Canaan.
E passou Abrão por aquela terra até ao lugar de Siquém, até ao carvalho
de Moreh; e estavam então os cananeus na terra.

E apareceu o Senhor a Abrão, e disse: À tua semente darei esta terra. E
edificou ali um altar ao Senhor que lhe aparecera." E tomou Abrão
Sarai, sua mulher, e Loth, filho do seu irmão, e toda a sua fazenda que


haviam adquirido, e as almas que lhe acresceram em Haran; e saíram,
para irem à terra de Canaan; e vieram à terra de Canaan.
E passou Abrão por aquela terra até ao lugar de Siquém, até ao carvalho
de Moreh; e estavam então os cananeus na terra.
E apareceu o Senhor a Abrão, e disse: À tua semente darei esta terra. E
edificou ali um altar ao Senhor que lhe aparecera". Genesis 12-1
,2,3,4,5,6,7.
Uma cronologia precisa é uma narrativa perfeita para se validar os
fatos relatados, então temos a partir daí uma observação que podemos
confiar nos tempos dito na bíblia.
Problemas que contradizem o calendário Bíblico.
1ª- a ciência atual.
A ciência atual não pode crer que haja um Deus (criador do universo),
pois se há um Deus então há alguém acima dela, e com isso a ciência
não é mais absoluta. E por isso ela desenvolveu uma fé comumente
chamado como materialismo absoluto, com um objetivo claro de
apenas suprir a inexistência de um Deus, ao qual ela não pode aceitar,
para isso seria necessário se refazer toda a historia, para se propor um
universo sem Deus.
E que por meio dessa fé pessoal de caráter cientifico duvidoso, ela
afirma que tudo veio a existir do nada, e que tudo quando passou a
existir era apenas matéria dentro de um espaço vazio.
Essa idéia vem a se respaldar em uma outra teoria, chamada de teoria
de evolução.
A teoria do big bang.


A teoria do big bang foi criada por um materialista chamado Georges
Lemaître em 1927 e confirmada por Edwin Hubble em 1929 que as
distâncias de galáxias distantes eram geralmente proporcionais aos seus
desvios para o vermelho, como sugerido por Lemaître em 1927, esta
observação foi feita para indicar que todas as galáxias muito distantes e
aglomerado de galáxias têm uma velocidade aparente diretamente para
fora do nosso ponto de vista: quanto mais distante, maior a velocidade
aparente. Se a distância entre os aglomerados de galáxias está
aumentando hoje, todos deveriam estar mais próximos no passado. Ou


simplificando,que o universo está se expandindo, e que se ele se
expande logo houve um começo.
A teoria do big bang não foi aceita pelo materialismo absoluto de
forma positiva, pois ela requer dizer que o universo teve um começo, e
se teve um começo logo o universo não era eterno come se propunha
se anteriormente.
O modelo proposto foi divulgado a partir de 1949 como uma explosão
de uma pequena massa que se expandiu formando uma galáxia e um
universo.
Um universo que teve um começo requer uma datação inicial, e logo
assim por esse motivo começou se a se criar cálculos para se medir o
tempo de existência do universo.
Logo assim como na bíblia. seria necessário criar um calendário de
tempo do universo,e assim a ciência começou a calcular o seu
calendário de tempo e datou da varias formas o tempo do começo.
Muitas foram as variações, mas hoje em dia se diz de forma consensual
que o universo tem entre 13 a 14 bilhões de anos aproximadamente.
Por que tanto tempo?
É inconcebível para um cientista que creia em um universo existente sem
Deus, haver um universo datado de aproximadamente 6000 anos de vida
apenas, e é claro que sem Deus tudo fica mais complicado de ser explicado,
e por isso quanto mais difícil fica a resposta mais tempo tem que se dar para
parecer a mesma plausível.
Com Deus tudo foi feito em 6 dias.
começou em um Domingo, 1° dia e acabou na sexta feira, 6° dia.
Sem Deus tudo foi feito a 13 bilhões de anos atrás.
Sem precisão de data.
Uma ciência imprecisa é uma ciência especulativa.



Não sou contra a especulação, mas temos que analisar as provas para
vermos se elas se encaixam, e é claro que nem sempre é possível ser
preciso, pois nem sempre temos todos os fatos a mão para darmos a real
conclusão dos fatos.
Dar mais tempo ajuda ou não a criar coisas?


Quanto mais tempo dermos a principio parece que sim ! Pois as leis
acasuais poderiam contribuir para que algo acontece-se, mas se o acaso tem
a ver com o começo de tudo, então o acaso se tornaria o verdadeiro
criador.
O maior problema de tal teoria quando aplicada ao nosso universo atual é
que o universo se demonstra por demais complicado par ser explicado como
existente do acaso, é literalmente dizer que do total acaso surgiu a matéria
de todo universo.
É incabível acreditar se que tamanha complexibilidade estrutural
existente atualmente viesse a existir simplesmente do nada, e dizer que por
casualidade, que tudo explodiu, e que por aleatoriedade a partir dessa
explosão tudo se formou. Claro que para isso vamos dando tempo quase
que sem fim para maquiar toda a farsa.
Todo mundo sabe que o conjunto de coisas existente dentro do universo
é extremamente complexo e harmônico, e que se a pessoa tiver um
razoável nível de estudo ela irá reparar que desde as questões a nível
atômico, ou a nível de escala planetária, tudo possui uma enorme
complexibilidade.
Qual é a possibilidade de um átomo passar a existir do nada.e se houver
alguma possibilidade de isso ser possível, imagine calcular a possibilidade de
todo o universo passar a existir de átomos vindo do nada. Saiba que um
átomo possui em media a seguinte medida


$ 2 \times 10^{-8} cm$
$ 10^{-8} cm$
Os átomos tem 1 ou de raio. Ora,
denomina-se um angströn.
Ou seja muito pequeno. Saiba também que os átomos ainda são divididos
em estruturas menores que se chamam prótons, nêutrons e elétrons e que
as mesmas ainda são divisíveis, então vemos que as funções atômicas são de
estrema complexibilidade.
Agora continuo perguntando como tantas estruturas complexas surgiram do
nada ?
Ajuda do tempo é o mais mentiroso de todos os
conto de fadas!



Vou elaborar o seguinte teste sobre tempo, harmonia e aleatoriedade, e
esse desafio pode ser feito por qualquer um. Para ajudar a ciência que
defende a leia da casualidade vou pegar como base um jogo de vídeo game
bem moderno e já funcionando perfeitamente, tudo nele aleatoriamente foi
feito e de repente o jogo estava lá pronto e perfeitamente jogável.
Agora vou deixar a leia da casualidade continuar a agir sobre a
programação do jogo, e deixar sobre a configuração do jogo agir a
casualidade, e com o passar de tempo o que haverá?

Fiz esse teste com um jogo ao qual eu gosto de jogar, e que aconteceu foi
que quanto mais coisa eu digitava aleatoriamente mais erro apareciam no
jogo, em uma das vezes apenas 4 letras postas aleatoriamente impediram o
jogo de abrir. Em outras vezes o jogo funcionava mais travava, e quando


botava mais dados aleatório o jogo parava de funcionar ou bugava
(travava).
Fiz esse teste umas 20 vezes, e vi que quanto mais eleatoriedade eu
usava, pior ficava aquilo que estava pronto.
Desisti de usar o universo virtual e comecei a usar a arte como exemplo,
peguei um quadro paisagístico pronto e comecei a pincelar sobre ele
aleatoriamente,e usando cores e pinceladas eleatórias, vi que após
algumas pinceladas, já não havia mais nenhuma paisagem no quadro.
Não satisfeito peguei um monte de confete e desenhei a bandeira do
Brasil perfeitamente, usando confetes verde azul amarelo e branco, após
montar a bandeira depois de horas de trabalho, comecei a jogar confetes
aleatórios em outro espaço distante do mesmo, e observei que não formou
nada distinguível, ai parei e abri a janela do quarto onde havia feito isso e fui
embora, após 4 dias voltei e não havia nem sequer a primeira bandeira no
lugar, pois o vento casualmente estragou o meu trabalho.
Obs:
1°- o acaso + tempo só estraga o que está pronto.
2°-Aleatoriedade tem um fator desordenativo e conseqüentemente
destrutivo.
3°-O tempo auxilia o caos. E não gera ordem.
O tempo positivo:
Quando definimos funções especificas para o tempo e ações exatas sobre o
mesmo então temos o tempo de ação construtiva.
Quando eu digito ordenadamente, eu posso formar uma mensagem
ordenada, logo essa mensagem pode ser acrescida com o tempo de mais
mensagem ordenadas e assim o tempo junto com o meu trabalho cooperam
para a construção. Ordem requer um fator ordenado e uma mente por trás
para a sua execução.
Não há como se criar nada ordenado sem criar, estabelecer e manter a
ordem, sem um ser pensante e ativo não há como se construir nada lógico
ordenado e inteligente.
Obs:
1°-O tempo ordenado requer um ordenador.

2º-O universo por ser ordenado requer um Criador.


3°- A aleatoriedade não contribuiu para a formação de nada dentro de um
espaço de tempo definido, pelo contrario ela tende a estragar a construção
com o passar do tempo durante qualquer processo acasual, pois se
entregarmos o tempo de trabalho ao acaso tudo se compromete ao
fracasso, caso não seja mantido a ordem por um ordenador.
4°-tudo após feito tem de ser cuidado para não se deteriorar. O tempo
muda a matéria, o tempo tende a modifica as coisas se não houver um
controle mínimo sobre o processo.
O UNIVERSO ANTIGO SEM A EXISTENCIA DE DEUS.
Como dito anteriormente, o tempo não auxilia a criação da vida nem
sequer contribui para a sua existência, pois tempo e aleatoriedade são
nocivos a ordem e a lógica. Pois todos os princípios lógicos desde o nível
atômico, como também a nível universal requerem uma harmonia
ordenada.
O tempo e a energia (uma indagação!).
Assim como uma pilha, a energia se desgasta com o tempo, quanto maior
o tempo menor a possibilidade de haver energia atômica, pois nada é
eterno, nem mesmo a matéria é eterna. Tudo tende a se desgastar com o
tempo, se o universo é tão antigo então ele deveria já ter se extinguido.
Na verdade, é incrível como se comporta os elétrons em volta do núcleo
sem se desgastar, ou alterar sua orbita, a radiação é geralmente obtida com
a desestabilização da orbita dos elétrons. A orbita dos elétrons é algo muito
preciso para não desestrutura a matéria ou gerar radiação. Não vejo como
esse processo possa se manter sem haver sobre ele um controle pré
ordenado.
É incrível também o fato de haver matéria, e mais incrível ainda acreditar
que a matéria se mantenha estável de forma ordenada, pois se ela existisse
ou estivesse de forma aleatória. Só a matéria de uma das partes do nosso
corpo seria mais do que suficiente para destruir todo o nosso planeta. pois
um átomo só instável teoricamente poderia engolir uma galáxia (super
massa).
Sem especulações, a existência de energia atômica após 13 bilhões de
anos é algo a ser questionável.

Não consigo até hoje entender como o sol não se apaga. Admito querer
entender mais do que se é permitido a uma só pessoa saber sozinha, e que
preciso de ajuda de muitas áreas da ciência para alcançar respostas mais
exatas sobre os fenômenos, e que é indiscutível o fato de haver um enorme


poder de colaboração a favor das ciências materialistas pois as mesmas são
apoiadas por milhares de pessoas. Contudo vejo que com tanto apoio
humano uma ciência sem Deus se torna frágil e débil. Pois fica sem forças
para continuar a sua jornada uma vez que a mesma ignora os fatos
inalienáveis.
O sol não se apagou ainda. Por que?
Como reações nucleares podem se manter por tanto tempo e estáveis
dentro de um só espaço. É incrível entender como em 6.000 anos ainda
esteja o sol lá, imagine explicar o como o sol já funcionaria a pelo menos
300.000.000 de anos, não faz sentido nenhum o sol existir apenas por um
processo nuclear por tanto tempo, e pior é explicar o como ele se mantém
estável. Pois creio que deveria por uma ação básica da física ele se expandir
rapidamente e depois se apagar, e o mais curioso é que pelos componentes
dele atômico ele não se dispersar de sua gravidade. Pelo que consigo
entender uma reação nuclear tendo energia para se expandir tende a
consumir e gerar energia até não haver mais meios dela se manter. É
comum ler que um dia o sol se apagará, mas a questão é explicar o como ele
não se apagou ainda, pois que processo é esse estável e tão durador que o
faz se manter por tantos milênios. Não me convence as teorias atuais sobre
o tempo de vida do sol nem seu tempo de permanência.
Desculpas. Sai do foco.
Como visto no princípio, precisamos entender o como começou a existência
dos pré diluvianos, se você crer e entender que não há universo humano a
mais de 6.000 anos então verá que tudo pode perfeitamente se casar com
um homem único.
Adão existiu, e foi o primeiro ser humano?
De acordo com a Bíblia sim, mas como podemos ter certeza disso, ou pelo
mesmo uma base lógica alem da bíblia.
1°- o homem possui todos os genes da mulher, e mais seus genes
masculinos, como vemos o homem possui cromossomos x e y, sendo y um
cromossomo masculino.

O cromossoma X consiste em um dos cromossomos responsáveis pela
determinação do sexo do ser humano.


Em cada conjunto de seus 23 pares de cromossomos, os seres humanos
possuem um par de cromossomos responsáveis pelo sexo. As mulheres
possuem dois cromossomos X e os homens, um cromossomo X e um
cromossomo Y.
Se alguém teria que sair de alguém, não teria como se criar o homem a
partir do DNA, de uma mulher, mas seria possível então criar uma mulher
através do homem.
Há estudos que afirmam que o sexo só se determina após alguns dias da
gestação, pois o fator y não se manifestou durante os primeiros dias.
2°-O homem apresenta uma forma mais independente, sem ciclos
reprodutivos. O que demonstra uma indiferença quanto a fertilidade.
Eva existiu ?
1°-Claro, pois se não estaríamos aqui.
2°-foi feita para dar prazer ao homem, e com isso poder multiplicar a nossa
espécie.
Prazer- A mulher é provavelmente a única fêmea que tem prazer na relação,
e não possui sio (período de acasalamento) como na maioria dos mamíferos.
A mulher tem e pode ter relações sexuais mesmo fora de seus períodos
férteis, o que vai contra a teoria da evolução. Pois o sexo para a ciência
evolutiva clássica deveria existir só para a reprodução.
Hímen, não há nenhuma explicação fisiológica para a sua existência, pois
ele apenas está La, é como dizer que é um selo de garantia de exclusividade
para o homem. Pois não há para o hímen nenhuma função fisiológica, não
ajuda em nada a mulher e só serve para romper e sangrar durante a 1ª
relação sexual.
O 1° casal.
Não da para dizermos que eles tiveram uma vida sexual ainda no Edem, mas
é certo se dizer que era para eles permitido fazerem sexo dentro do Edem.


2°- e por isso a mesma não tem como explicar como existimos hoje em dia.
E para se firmar como ciência absoluta ela tenta incessantemente.
Apesar de parecer engraçado, é possível dizer que a composição social do
período pré diluviano era parecida com a atual. Tendo dentro dela as castas
familiares e a lei governamental baseada na hierarquia e poder.
Havia se o principio das pirâmides sociais já difundida e aceita, e a
desigualdade era visível pela desumanização, causada pela forte
concentração da população em áreas de grande acumulo por espaço
demográfico. Podemos pensar em cidades mais povoadas do que São Paulo
e Rio de Janeiro juntas com uma forte agricultura e manufaturação de
produtos industrializados.
Creio que o regime social da mesma população fosse no Século Xll em
diante Uma mistura de imperialismo com republica parlamentarista
"parlamentarismo monárquico". Pois apesar de todo crescimento
populacional, tenho a OBSERVAR que o mais provável fosse a estrutura
social baseada no padrão indígena da America do sul durante os primeiros
400 anos e apartir daí uma mudança acentuada para a monarquia
parlamentarista. Os lideres "reis" deviam ser os patriarcas das famílias de
maior renome e o poder passado por susseção de tempos em tempos . Creio
que antes da morte de adão que se deu no século lX do período pré
Diluviano "PD"os seu filhos já se tinham autonomeado governantes de
províncias e reis absolutos através da força ou da destreza da sua própria
mente. Não é difícil imaginar a evolução social dos regimes pois todos os
regimes se desenvolvem de acordo com o crescimento populacional e a
necessidade de adaptação aos interesses básicos da sociedade para poder
se manter o poder, interesses e ordens de seu donos temporais.
Alem do Rei que governava em parte com o parlamento, tendo o rei em si
parte de um poder divino ortogado pelos poderes religiosos "satanás"
havia-se o parlamento constituído por uma media realeza e representantes
eleitos pela sociedade para defesa de seu interesses.
Como em toda sociedade havia- se a manifestação do poder executivo,
legislativo e judiciário que se misturavam entre o rei e os lideres do
parlamento estando em ambos os três poderes.

É claro que o judiciário civil "Juizes" era imbuído a especialistas nas leis "PD"
e os mesmos estavam sobre o domínio do rei e do parlamento. A divisão


básica de atribuições legais financeiras, sociais e econômicas e etc.. estavam
no controle de ministros escolhidos por votação interna do parlamento
junto ao rei, ou em raros casos por indicação direta do rei.
Crescimento populacional:
Veja a tabela abaixo sobre fertilidade.
1º geração: 1º pai,1º mães e filhos dos primeiros 100 anos
2º geração: 1ºpai, 1º mães, 2º pais e 2º mães e filhos nos próximos 100 anos
3º geração 1º pais,2º e 3º e filhos da mesma.
Da 4º geração a sexta os 1º pais ainda são férteis somando cada um pelo
menos 600 anos de idade. Por um período tão extenso de tempo e uma
baixa mortalidade a população cresceu de forma acelerada pois em
seiscentos anos cada homem poderia ter tido com uma de suas mulheres
mais de 100 filhos com cada uma delas. E como a força do solo e a pericia
agrícola eram muito altas, então a expansão da família era o quanto a
riqueza propiciava. a bigamia então creio que era comum, e cada homem
tivesse de 2 a três mulheres podendo o mesmo homem ter mais de 300
filhos diretos por ele gerado. Estando em sua custodia até 60 filhos100%
dependentes e 40 colaboradores por geração .
Com grandes famílias e grande riquezas minerais, alimentícias e derivadas
da industrialização a população avançou tecnologicamente e culturalmente
fazendo o homem se ensorberbeser se cada vez mais em seu coração.
Crescimento estimativo.
Ano 0 a 100- 100 pessoas
ano 100 a 106 200 pessoas

ano 106 a 112 400 pessoa. seguindo essa linha aritmética teremos em 250
anos mais de 12 bilhoes de pessoas. É claro que o processo não se deu nessa
velocidade, mais podemos crer que pelo menos mais de 100 milhões de
possas existiam no ano 350 do período pré diluviano e pelo menos 6 bilhões
de pessoas no ano 1.700 do período pré diluviano. Pois as guerras se
tornaram constantes os que provocou um freio no processo de crescimento.


Devido a uma unilaterização lingüística, havia se um enorme poder
comunicativo entre os membros da sociedade. E uma enorme força cultural
proveniente da unilaterização da fonte ecossistêmica. Eram todas as
pessoas muito parecidas e as diferenças físicas entre elas eram pequena em
relação a atual. Era como ir na áfrica ou Japão antes da miscigenação
cultural.
Com pessoas fisicamente parecidas e uma grande parentividade entre elas,
era comum pensar que as informações eram levadas de forma direta. A
ciência da época tinha a vantagem da logenvidade humana. Como o homem
podia viver por mais de 1000 anos, ele podia apreender mais coisas, e o
celebro humano tinha um potencial muito maior que o atual. Posso
acreditar que nas áreas médicas, botânicas , químicas, arquitetura ,
matemática etc.. poderiam em muito estarem passos a frente da nossa atual
ciência.
Dissertando o por que acredito numa sociedade pré diluviana hiper
moderna cientificamente.
1º a torre de babel construída após o dilúvio
Apesar da torre de Babel ter começado a ser criada poucos anos após o
dilúvio, ela nos dá uma dimensão muito ampla sobre a ciência do homem
antigo (pré diluviano) ao dizer que os herdeiros diretos dessa sociedade
eram capazes de construir uma torre que tocasse o céu.
Pois esses reino foi feito por pelo neto de Cam, pelo filho de Cush
chamado Nimrod, veja abaixo.

1 "E os filhos de Cam, são: Cush, e Mizraim, e Put, e Canaan.
2 E os filhos de Cush, são: Seba, e Havila, e Sabta, e Raama, e Sabteca: e
os filhos de Raama são, Sceba e Dedan.
3 E Cush gerou Nimrod; este começou a ser poderoso na terra.
4 E este foi poderoso caçador diante da face do Senhor; pelo que se diz:
Como Nimrod, poderoso caçador diante do Senhor.
5 E o princípio do seu reino foi Babel, Erech, Acad e Calne, na terra de
Sinear.
6 Desta mesma terra, saiu à Assíria e edificou Nínive, Reoboth-Ir e Calah,


E Resen, entre Nínive e Calah (esta é a grande cidade"


Genesis:10:6 ao 12
Veja que apartir dos bisneto de Noé já se havia uma pequena nação, pois
em apenas 4 gerações já havia se a possibilidade de se planeja uma
construção de uma torre que tocasse o céu.
Podemos ver que a unificação das línguas e a capacidade intelectual ainda
grande em relação a atual prova a enorme capacidade de um povo de
grande habilidade em varias artes da ciência. Leia a baixo o texto original e
compare com a análise a seguir.

"E ERA toda a terra de uma mesma língua e de uma mesma fala.

2 E aconteceu que, partindo eles do oriente, acharam um vale, na terra
de Sinear; e habitaram ali.
3 E disseram uns aos outros: Eia, façamos tijolos, e queimemo-los bem.
E foi-lhes o tijolo por pedra, e o betume por cal.
4 E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre, cujo cume
toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos
espalhados sobre a face de toda a terra.


5.Então desceu o Senhor, para ver a cidade e a torre que os filhos dos
homens edificavam;"
Genesis 11-1 ao 5
1-a)Em um pequeno espaço de tempo, a pois um dilúvio que destruiu toda
uma era, o homem já era capaz de levantar uma torre que tocava o céu.
Nem hoje em dia somos capazes de fazer isso com toda a nossa tecnologia,
imagine isso naquele tempo após um desastre ambiental.
1-b) a inexistência de pessoas após o dilúvio com grande experiência
cientifica, pois os filhos de Noé eram Jovens de baixa idade em relação a
idade alcançada naquele período, e o fato dos mesmos filhos de Noé terem
gasto muito tempo com a construção da arca. E ainda assim terem
apreendido a fazer construções gigantes, e podendo assim passar a frente
esse conhecimento. Prova que se uma gota da sabedoria dessa sociedade
era capaz de fazer uma torre dessas, o que então se era capaz de existir
naquela época.

Saiba que os Sumérios tem relatos de altíssimo conhecimento
cientifico,medico e matemático pois faziam contas com extrema perfeição,
sendo capazes de calcular datas com exatidão e operações matemáticas de


alta complexibilidade. Eram bons com a biomedicina natural e entendiam da
psicanálise comportamental e sabiam que as doenças estavam ligadas
também a fatores emocionais e "espirituais" e de acordo com seus relatos
tinham enorme conhecimento dos planetas e de suas respectivas orbitas
estando em muito adiantados em relação a culturas que os precederam.
1-c) observe que sabiam criar tijolos como pedra e argamassas de alta
qualidade tanto com cal como com betume,betume e cal são argamassas
usadas até hoje, e o betume provem do petróleo e é usado como piche de
asfalto hoje em dia. O texto infelizmente não Se aprofunda em como se
edificar uma torre tão alta. Mas é claro que conceitos de física e matemática
avançado teriam que ser usados para que uma edificação chega se a ser tão
alta. Pois digo que até hoje não somos capazes de edificar uma torre que
ultrapasse 2.000 metros de altura.
Pois a torre teria que tocar o céu. E as nuvens mais baixa estão em media a
essa altitude, podendo facilmente ultrapassar os 6000 metros de altura. Se
quisermos ultrapassar a altura das nuvens de menor elevação
começaremos. E nem a 1000 metros podemos hoje em dia edificar uma
torre por motivos de estruturação da base e dificuldades em elevação.
Note que fica uma ? sobre o que então seria se possível de fazer antes do
dilúvio destruir toda uma sociedade.
2º a comparação de Cristo dos tempos de Noé
com os tempos finais da Humanidade.
Sendo Jesus Cristo o alfa e Omega e por isso estando presente a todos os
fatos ocorridos no período pré diluviano ele diz claramente o seguinte aos
seus discípulos,
" por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará." Mateus 24-12
"E, como foi nos dias de Noé, assim será, também, a vinda do Filho do
homem."Mateus 24-37
"Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam,
casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na
arca."Mateus 24-38


"E não perdoou ao mundo antigo, mas guardou a Noé, pregoeiro da justiça,
com mais sete pessoas, ao trazer o dilúvio sobre o mundo dos ímpios;"2ª
pedro 2-5
"E odiados de todos sereis, por causa do meu nome: mas, aquele que
perseverar até ao fim será salvo."Mateus 10-22
"E, quando ouvirdes de guerras e de rumores de guerras, não vos
perturbeis; porque assim deve acontecer; mas ainda não será o fim."Mc 13-
7
"Eu sou o Alfa e o Ómega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro."Ap
22-13
Veja que ha uma comparação com o tempo de Noé com o nosso tempo
atual, pois por menor que fosse o conhecimento daquela época, não seria
inferior a nossa. Pois sabemos que a nossa ciência só alavancou e se evoluiu
nos últimos 200 anos, e que nos últimos 80 anos houve uma avalanche em
todas as áreas de conhecimento humano. Fazendo o homem interferir no
universo como um Deus, pois sabemos que temos armas capazes de destruir
tudo o que há ao nosso redor, poluímos e desmatamos com enorme força
contra o ecossistema que nos abriga e temos dentro de nós a semente falsa
da eternidade. Pois planejamos um futuro muito distante, mas não sabemos
se tudo isso ira passar de amanha.
A sociedade "PD" foi extinta pelos mesmos motivos que nossa sociedade ira
também ser dissipada da face da terra. E ao contrario do que ocorreu
naquele tempo deixando Deus a terra e separando apenas Noé e alguns
animais de cada Espécie.ele fará tudo novo, diferente, sem comparação
com o atual.
"E, o que estava assentado sobre o trono, disse: Eis que faço novas todas as
coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e
fiéis."Ap 21-15
Se Jesus comparou os tempos de Noé com os tempos finais, é obvio que em
muitos fatores somos parecidos com os tempos de Noé, e por isso mesmo
estamos sendo destruídos pela nossa própria Ciência, cultura, e política.

NOSSAS BANDEIRAS.


Prostituição:
Hoje vivemos dentro de um mundo de orgias e prostituições escancarados
com manchas e cicatrizes ornadas pelos poderes das trevas, Nossos jornais
dão destaque a isso, nossas Tvs demonstram isso 24 horas por dia,nossas
escolas banalizam a poligamia e a prostituição e dizem façam mas usem
camisinha, nossa arte e cultura esta impregnada com prostituição física e
espiritual.
Guerras:
Fazemos mais guerras do que em qualquer outra época após o período "PD"
e estamos nos especializando cada vez mais para um genocídio global.
Nossa cultura estimula a guerra e o conflito através da interatividade dos
jogos e da beleza da arte cinemática.
Desumanização:
Não temos mais o principio de Deus em nossas mentes que é o amor. E
banalizamos o sofrimento alheio através da indiferença. Um amor frio e
apático temos um pelo outro pois sempre olhamos para nos mesmos e para
mais ninguém.
Somos mais parecidos com o diabo do que com Deus, por termos rejeitado
os seus mandamentos eternos e estarmos vivendo uma total
desumanização dos nossos princípios, pois até a lei de Deus modificamos em
nossos templos para pormos uma adoração Satânica e pervertida da
verdade pondo de lado as escrituras para por um culto falso de adoração.
Pois sem a leis das escrituras nenhum amor humano será bem visto diante
de Deus.
"Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; e os
seus mandamentos não são pesados;"1 Jo 5-3
"E o amor é este: que andemos segundo os seus mandamentos. Este é o
mandamento, como já desde o princípio ouvistes: que andeis nele."2 Jo 1-6


"E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao resto da sua
semente, os que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de
Jesus Cristo."AP 12-17
"Aqui está a paciência dos santos, aqui estão os que guardam os
mandamentos de Deus e a fé de Jesus." AP 14-12
3º A criação da arca de Noé.
A criação da arca de Noé foi um grande feito arquitetônico para a sua época,
pois envolveu um elaborado conjunto de soluções para uma enorme gama
de problemas a serem resolvidos durante o dilúvio.
Problemas :
1ª- Noé sabia que o dilúvio seria universal, e que nenhuma embarcação
marítima construída naquela época iria resistir, devido as fortes ondas e o
grande deslocamento das massas de água. Pois alem do fator de entrada de
água pelo convés avia-se o risco do barco gira e ficar com a proa para baixo
d'água o que faria o barco submergir.
2ª-Se caso o barco fosse submergido por alguma força marítima ele teria
que resistir a pressão das águas, e teria ainda que flutuar mesmo após a
imersão total do mesmo.
3ª –Noé sabia que teria que abrigar alem de sua família todas as espécimes
de animais não aquáticos, e para isso precisaria de um grande espaço de
armazenamento.
4ª-ele não sabia o tempo que levaria para as águas abaixarem e com isso
poderem encontrar terra seca.
Solução:

1ª"Faze para ti uma arca da madeira de Gofer: farás compartimentos na
arca, e a betumarás, por dentro e por fora, com betume.

2 E desta maneira a farás: De trezentos côvados o comprimento da arca,
e de cinquenta côvados a sua largura, e de trinta côvados a sua altura.



Farás na arca uma janela, e de um côvado a acabarás em cima; e a porta da
arca porás ao seu lado; far-lhe-ás andares baixos, segundos e
terceiros."Genesis 6. 14-16
Não se faria um barco, mas sim uma arca, pois um barco teria convés e proa
o que provocaria entrada de água, 2ª o material seria uma madeira especial
de alta resistência e boa flutuação.

Madeira de gofer.

A palavra hebréia gofer procede do antigo termo sumério giparu, árvore
que não foi todavia identificado com certeza. Os antigos egípcios construíam
suas grandes embarcações de cedro, e portanto os comentadores sugeriram
que a madeira de gofer poderia significar tabelas de árvores coníferos tais
como o cedro ou o cipreste. Como se trata de árvores resinosos, seriam
ideais para um uso tal. Elena G. de White declara que a madeira que usou
Noé foi cipreste (PP 81).
Seja ela cipreste, cedro ou não, é certo que a mesma teria que ter
resistência e boa flutuação, é possível que a madeira usada na arca não
exista mais, e tenha se perdido como grande variedade de plantas daquele
período, mas a qualidade da madeiras e as sua espessuras eram fatores
primordiais para que a arca tivesse flutuação e resitencia.
Uma janela.

Certas palavras hebréias e a construção gramatical empregada neste
versículo foram motivo de dificuldades para poder assegurar o que quis
dizer Moisés. A palavra traduzida ,janela" tsohar, pode significar "luz",
"abertura à luz", ou "coberta". A tradução "coberta" como está na BJ parece
sustentarse numa evidência mais sólida do que a tradução "janela". O fato
de que Noé não pudesse ver a superfície da terra até que foi aberta a tsohar
parece favorecer este ponto de vista. Qualquer seja seu significado, a luz
entrava desde arriba.
A janela era na parte superior da arca o que diminuía o risco de entrada de
água e posteriormente a facilitação da entrada de luz dentro embarcação.

A calafetação da madeira e o isolamento da mesma de forma que ela uma
vês fechada se tornaria como uma bóia flutuante. Retendo todo o ar dentro


de si e impedindo que a mesma, mesmo em condição de submersão viesse a
se encher de água e afundar no meio das turbulentas águas.
Obs: a pesquisadores que acreditam que a arca tivesse ancoras que estavam
nela para manter sua flutuação estável e tembem para poderem ancorarem
uma vês que achassem uma área de terras mais elevadas. O que explicaria a
ancoragem sobre o monte Ararate em seu cume maior. Pois essas varias
estavam expalhadas e presas ao fundo da arca para mantelá estável e
segura.
2ª- o desenho da arca possiblitou fisicamente a permanecia da arca em
conformidade com a lei de empuxo, por mais que a mesma viesse a
submergir ela sempre iria retornar ao topo da superfície.
Era como uma bóia, mesmo que fosse afundada voltaria a superfície.
3ª- As medidas.

Origem histórica do Côvado.

Há mais de 2500 anos o filósofo grego Protágoras afirmou que "o homem é
a medida de todas as coisas". E, realmente, as primeiras unidades de
medidas de comprimento usadas pelo homem – palmo e pé – são
antropométricas (antropos significa homem e metros medida, em grego).

Supõe-se que o mais antigo padrão de medida linear tenha surgido no Egito,
por volta de 3000 a.C. Era o côvado, baseado no comprimento do
antebraço, do cotovelo à ponta do dedo médio. Segundo a Bíblia, a arca de
Noé, com três andares, tinha o comprimento de 300 côvados, a largura de
50 côvados e a altura de 30 côvados.
Evidentemente o côvado era uma medida aproximada. Dependia do porte
do indivíduo. O famoso matemático russo Yakov Perelman (1882-1942)
estimava um valor médio de 45 centímetros. Há também a hipótese de 52,4
centímetros, baseada em verificações pertinentes à época de Anemenés I,
que reinou entre 1991-1962 a.C.
Ou seja, o côvado era uma medida que provavelmente foi aumentando ao
longo do tempo em função do aumento da estatura humana. "wiikipedia"


Sendo o côvado uma medida humana, e sendo os humanos daquela época
maiores que os atuais, então as medidas também seria maiores. Ou seja. A
arca poderia ter até 300 metros de comprimento por 30 metros de altura e
50 metros de largura ou mais o que daria aproximadamente 450.000 mts³,
quanto contraria a idéia atual que a arca teria em torno de 150 metros de
comprimento por 25 metros de largura e 15 metros de altura, que darias
56.250mt³, pois a mesma se baseia nas dimensões atuais humanas.Ou seja,
as dimensões da arca poderiam ser até 6 vezes maiores do que se calcula
atualmete, podendo ter dentro de si mais espaço para abrigar todos os
animais e mantimentos.
4°-O quarto problema se resolve com as soluções
dos 3 primeiros problemas.
Veja imagens sobre a estrutura da arca de Noé e a supostas imagens da
verdadeira arca de Noé encontrada no monte ararate em 2005





"DESCOBRIMOS A ARCA DE NOÉ!"



"Descobrimos a Arca de Noé !'... alegação
de exploradores em missão evangélica no
Ararate com neve (mas os cientistas
britânicos dizem 'mostra-nos a sua
prova')"
Como crentes na verdade literal da Bíblia,
eles sabiam que estava ali.

Mesmo assim, os exploradores que dizem
que eles encontraram sete grandes
compartimentos de madeira debaixo de


neve e detritos vulcânicos perto do pico
do Monte Ararate, pode ser perdoado o
seu entusiasmo.
"Não é 100 por cento que é a Arca de
Noé, mas acho que é 99,9 por cento que
é mesmo", disse Yeung Wing-Cheung, um
cineasta que trabalha com a equipe 15-
strong de cristãos fundamentalistas
explorando a montanha turca.
Esta foto liberada pelo grupo evangélico pretende mostrar um dos
exploradores examinando parte da estrutura que eles dizem poder revelar a
existência da Arca de Noé no Monte Ararate. Não há imagens externas do
local e o grupo de Hong Kong se recusam a dizer precisamente onde fizeram
a sua descoberta até que o governo turco designe o local como um sítio
arqueológico.
Eles disseram que a madeira retirada do
local, foi a mais de 13.000 pés1
(3962,40m) acima do nível do mar,
datada de 2800 aC. Se é a arca, a
descoberta poderia ser a maior na
história da arqueologia e sustentar uma
das histórias mais famosas da Bíblia.
A equipe de pesquisadores chineses e
turcos da Arca de Noé Ministries
International em Hong Kong disseram que
fizeram a descoberta no Ararate - o local
de descanso bíblico da Arca - em
Outubro.
Numa conferência de imprensa ontem
para anunciar a descoberta, outro
membro da equipe, Panda Lee, disse: "Eu
vi uma estrutura construída com madeira
prancha-like.

Cada prancha era cerca de oito
centímetros de largura. Eu podia ver


espigas, a prova da antiga construção
anterior à utilização de pregos de metal.
Andamos cerca de 100 metros para outro
local. Eu podia ver fragmentos quebrados
de madeira embutido em uma geleira, e
cerca de 20 metros de comprimento."
A estrutura tinha vários compartimentos,
alguns com vigas de madeira, disse a
equipe.
As paredes de madeira de um
compartimento foram suaves e curvas,
enquanto o vídeo mostrado pelos
exploradores revelou portas, escadas e
unhas.
A equipe disse que a madeira parecia ser
cipreste, embora, segundo a Bíblia, a Arca
foi construída a partir do gopher2.
O grupo descartou identificar o achado
como um assentamento humano,
dizendo que nada havia sido encontrado
tão alto nessa área. Eles estão mantendo
em segredo a localização exata.
Quatro anos atrás, e após uma década de
pesquisa, o analista de segurança
nacional dos Estados Unidos Porcher
Taylor mostrou uma imagem de satélite
revelando uma desconcertante
"anomalia" no canto noroeste da
montanha que ele acreditava ser os
restos da Arca.
Mas Mike Pitt, o arqueólogo britânico,
disse que os exploradores evangélicos
ainda tinham de apresentar provas
convincentes.


Ele acrescentou: "Se tivesse havido uma
enchente capaz de levantar um grande
navio 4 km de altura até o lado de uma
montanha a 4.800 anos atrás, eu acho
que não haveria evidências geológicas
importantes para essa inundação em
todo o mundo. E não há."
Nicholas Purcell, um antigo professor de
história na Universidade de Oxford, disse
que as acusações eram "sem senso
usual". Ele acrescentou: "Se enchentes
cobriram a Eurasia a 12.000 pés1
(3657,60m) de profundidade, em 2800
a.C; como é que as sociedades complexas
do Egito e da Mesopotâmia, muitos
séculos atrás, tiveram a capacidade de se
formar?"
De acordo com o Gênesis, primeiro livro
do Antigo Testamento, Noé foi instruído a
construir a arca de Deus, que inundou o
mundo para castigar os pecadores.
A história foi amplamente vista como um
fato até o século 19, quando os cientistas
começaram a questionar a evidência de
um dilúvio global.
Em 2006, o analista de segurança nacional dos Estados Unidos Porcher
Taylor mostrou esta imagem de satélite revelando uma desconcertante
"anomalia" no canto noroeste da montanha que ele acreditava ser os restos
da Arca.

Em : http://textosagrado.com.br/arcadenoe.html
Fonte de : Fonte: http://www.dailymail.co.uk/news/worldnews/article-
1269165/Noahs-Ark-remains-discovered-mountain-Turkey.html

Rafael H. G. Botelho


O dilúvio e a historia Suméria

O dilúvio para os sumérios.

Uma historia que foi muito temido e, talvez por isso, compilado diversas
vezes, em diferentes épocas na história, foi a historia do dilúvio.o relato
contava-se que, em uma época muito remota, os deuses, insatisfeitos com
os homens, resolveram destruir a humanidade, fazendo cair uma chuva
torrencial, que fez subir as águas dos rios.
No entanto, Enki, o deus das águas, revelou o plano dos deuses a um
escolhido, Ziusudra (chamado de Utnapishtim pelos acádios), aconselhando-
o a construir uma embarcação gigantesca. Vejam um trecho do relato
sumério desse mito, encontrado em Nippur:
"Depois que, durante sete dias [e] sete noites,
O dilúvio se estendeu sobre a terra
[E] o grande barco foi sacudido pelos vendavais sobre as águas
Utu [o deus sol] apareceu, espalhando luz sobre o céu e a terra (...)"
Tal historia também foi dita, muitos séculos depois, num dos livros que
compõem a Bíblia"Genesis", tendo como principal personagem, um homem
chamado Noé. Esse fato pode ser explicado, pois os hebreus (povo que deu
origem aos judeus) tinham suas raízes ancestrais em Abrahão da terra de Ur,
uma importante cidade da Mesopotâmia.
Lista dos reis Sumerios antes do dilúvio

A lista de reis da Suméria é um texto antigo escrito na língua suméria que
lista os reis daquela região a partir da dinastia sumeriana, estendendo-se a
dinastias estrangeiras, sendo que as listas de reis Babilônios e Assírios
posteriores eram parecidas.

A lista registrava o local da realeza e governantes "oficiais", bem como o
período de seus governos. Acreditava-se que o direito de majestade era
concedido pelos deuses e que podia ser passado de uma cidade a outra
através da conquista militar. É possível que alguns dos reis presentes na lista
fossem puramente mitológicos. A duração de alguns reinados é demasiado
longa em muitos dos casos. Houve muitos outros monarcas a governar suas
próprias cidades sem, contanto, ganhar o título de realeza "oficial". A lista


menciona uma única mulher como governante: Kug-Bau de Kish, a guardiã
da taverna, que reinou por 100 anos.

Os reis antediluvianos, lendários ou anteriores ao século XXVI a.C.. Seus
reinados eram medidos em sars -períodos de 3600 anos- a seguinte unidade
até 60 no sistema sumério (3600=60x60) , e em ners - unidades de 600.

"Depois que a realeza desceu dos céus, ela esteve em Eridug (Eridu). Em
Eridug, Alulim tornou-se rei e governou 28.800 anos." Eridu (ou Eridug) foi
uma cidade antiga localizada sete milhas a sudoeste de Ur. Eridu
representava a extremidade sul do conglomerado de cidades que se
desenvolveu ao redor de templos na Suméria, país no sul da Mesopotâmia.
As cidades geralmente eram construídas tão próximo umas das outras que
quase podiam vizualizar-se umas às outras a olho nu.

Acredita-se que Eridu foi fundada próximo ao Golfo Pérsico, junto à boca
do rio Eufrates. Com o acúmulo milenar de lama e barro às margens do rio,
entretanto, os restos da cidade tiveram sua posição alterada, encontrando-
se agora em Aby Shahrain, no Iraque, a certo distanciamento do golfo.

Investigações arqueológicas tomaram lugar na década de 1940, provando
que o assentamento mais antigo da região provavelmente ocorreu por volta
de 5.000 a.C. De acordo com Oppenheim, "em última instância, toda a parte
sul mergulhou em estagnação, relegando a iniciativa política aos
governantes das cidades nortistas." Isso culminou no ostracismo da cidade
em 600 a.C.

Na lista de reis sumérios, diz-se que em Eridu regeram os primeiros reis:
Quando o Dom da Realeza desceu dos céus, ela tomou seu lugar
em Eridug. Em Eridug, Alulim tornou-se rei; ele reinou por 28.800
anos. Alaljar reinou por 36.000 anos. Dois reis; eles reinaram por
64.800 anos. Então Eridug caiu, e a majestade foi transferida para
Bad-tibira.
A lista dos reis sumérios mostra governos curiosamente longos aos reis que
precederam o "dilúvio".

Geralmente diz-se que Adapa, inteirino de Eridu, era um exorcista dotado
de robustos poderes, em batalha contra os demônios que assolavam a
imaginação mesopotâmica. Tomou lugar entre os Apkallu, os setes sábios
famosos. Era um mortal de linhagem divina que, como muitos heróis gregos,


encontrava-se no limiar entre dois mundos. Ao quebrar as asas do Vento
Sul, que tinha virado seu barco de pesca, Adapa foi chamado para prestar
contas frente a An (ou Anu). Ea, seu deus protetor, o preveniu quanto ao
uso de alimentos durante sua estada no céu, terminando por privá-lo da
imortalidade naquele momento.

Na corte da Assíria, médicos especiais, nas extremidades sulistas da região,
treinados na sabedoria anciã de Eridu, previam ou profetizavam o
aparecimento de doenças a partir de sinais e do comportamento do corpo
de pacientes - idéia essa que não deve ser de imediato associada ao
conceito de "sintomas" do ponto de vista contemporâneo, já que usavam-se
de encantamentos e recursos mágicos.

Na mitologia Suméria, Eridu representava a moradia do deus Enki, a
contraparte sumeriana do deus da água Ea. Como todos os outros deuses
babilônicos e sumérios, Enki/Ea teve seu início como deus local, mais tarde
vindo a partilhar, de acordo com a cosmologia sumeriana, a regência do
cosmo junto a An (ou Anu) e a Enlil. Seu reino era constituído das águas que
cercavam o mundo e descansavam sob ele.

.
Alulim de Eridu: 8 sars (28.800 anos, de 453.600 até o ano de
388.800, antes do dilúvio)
.
Alalgar de Eridu: 10 sars (36.000 anos, de 388.800 até o ano de
316.800, antes do dilúvio)
.
En-men-lu-ana de Bad-Tibira: 12 sars (43.200 anos, de 316.800
até o ano de 244.800, antes do dilúvio)
.
En-Men-Gal-Ana de Bad-Tibira: 8 sars (28.800 anos, de 244.800
até o ano de 223.200, antes do dilúvio)
.
Dumuzi de Bad-Tibira, o pastor: 10 sars (36.000 anos, de 223.200
até o ano de 201.600, antes do dilúvio)
.
En-Sipad-Zid-Ana de Larak: 8 sars (28.800 anos, de 201.600 até o
ano de 172.800, antes do dilúvio)
.
En-men-dur-ana de Zimbir (Sippar): 5 sars e 5 ners (21.000 anos,
de 172.800 até o ano de 136.800, antes do dilúvio)
.
Ubara-Tutukin (Ubartutu) de Shuruppak 5 sars e 1 ner (18.600
anos, de 136.800 até o ano de 64.800, antes do dilúvio)
.
SuKurLam (28.800 anos, de 64800 até o ano de 36.000, antes do
dilúvio)
.
Zin-Suddu¹ou Ziusudra, o Noé sumério, de 36.000 até o dilúvio)


1:Estes nomes estão presentes em quase a metade das versões da Lista de
Reis Sumérios, mas não em outras.


2:No lugar de En-Men-Ana, em algumas versões da lista está o nome Kichu-
Ana

Textos de varias fontes da internet

http://educacao.uol.com.br/historia/mesopotamia-politeismo-diluvio.jhtm

http://wapedia.mobi/pt/Anexo:Lista_de_reis_da_Sum%C3%A9ria

http://wapedia.mobi/pt/Eridu

conhecimento Sumerio:

Matemática:

1 - Os Sistemas Numéricos
A história da criação dos números é interessante, porque demonstra que o
ser humano, desde tempos remotos, tem muita criatividade.
Para resolver seus problemas do dia-a-dia os homens foram capazes de
inventar símbolos para representar as quantidades dos objetos e animais
que possuíam.
Vários povos criaram seus símbolos para registrar e documentar seus
pertences, tendo maior controle sobre as quantidades.
Vamos conhecer agora um pouco dos vários sistemas numéricos que nos
conta a história.
1.1- Sistema Numérico dos Sumérios
A palavra mesopotâmia significa "terra entre rios". Essa região localiza-se
entre os rios Tigre e Eufrates aonde atualmente situa-se o Iraque – Oriente
Médio.

Esta região foi habitada pelos povos:
• sumérios,
• acádios,
• babilônicos,
• assírios,


http://www.astronomiaamadora.net/images/conteudo/Mesopotamia/mesopotamia_mapa.jpg
• caldeus,
• amoritas
Suméria, a mais antiga civilização de que temos notícia, veio para a
Mesopotâmia, por volta do ano 3300 aC, vinda provavelmente da Anatólia.
Esta foi uma avançada civilização que construiu cidades e sustentou as
pessoas com sistemas de irrigação, um sistema de leis, administração e até
um serviço postal.


Os sumérios localizaram-se no extremo sul da Mesopotâmia, local onde
mais tarde foi ocupado pelos babilônios. Atualmente esta região
corresponde ao sul do Iraque, entre Bagdá e o Golfo Pérsico.


http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/foto/0,,9983229,00.jpg
Por volta de 3000 aC os sumérios inventaram a escrita cuneiforme, a
primeira escrita que registrava os sons da língua.
Nesta época calcula-se que o sumérios também desenvolveram uma forma
de registrar os números. Eles possuíam três sistemas diferentes de
contagem:
• Um deles na base 5
• Um outro na base 12 e
• Um outro na base 60
O sistema de base 5 utilizava os dedos das mãos no processo de contagem,
onde uma das mãos era utilizada para contar e a outra auxiliava as
contagens, para "armazenar" a quantidade dos "cinco" contados.
O sistema de base 12 utilizava as três falanges dos dedos, e utilizavam um
dos polegares para auxiliar na contagem (apoiava-se o polegar em cada uma
das falanges, sendo assim possível a contagem até 12).


http://www.educ.fc.ul.pt/docentes/opombo/seminario/algarismos/images/sumeria10.jpg
Combinando estes dois sistemas teremos um outro de base 60. Esta nova
técnica praticava-se da seguinte maneira: na mão direita contam-se as
falanges de 12 em 12, armazenando cada contagem de 12 em um dos dedos
da mão esquerda até completar os cindo dedos desta. Esta é uma hipótese
sobre a origem do sistema sexagesimal da cultura suméria.


1.2 Base 60 – Sistema Sexagesimal
Tudo que se pode dizer sobre o porque da criação desta base 60 são
suposições. Alguns estudiosos do assunto acreditam que este sistema tenha
sido usado por permitir várias divisões exatas, como metades, quartos,
quintos, sextos, décimos, etc. Até dez divisões são possíveis.
Hoje, ainda implementamos a base 60 quando calculamos, por exemplo,
ângulos e graus, e quando medimos o tempo.
1.3 Os primeiros algarismos
Foram os sumérios que inventaram os primeiros algarismos conhecidos da
história.
Estes algarismos eram representados através de marcas em placas feitas de
barro cozido. Neste tipo de algarismo:


• A unidade era representada por um entalhe fino.
• A dezena era representada por uma impressão circular de pequeno
diâmetro.
• O número 60 era representado por um entalhe grosso.
• O número 600 era representado por uma combinação de dois algarismos
precedentes, o que representava o número 10 e o que representava o
número 60.
• O número 3.600 era representado por uma grande impressão circular.
• O número 36.000 era representado pelo número 3.600 e pelo número 10.
A seqüência da representação era essa:

1

10

60=10×6

600=(10×6)×10

3600=(10×6×10)×6

36000=(10×6×10×6)×10




Com o passar do tempo e com a evolução da escrita cuneiforme, estes
algarismos sofreram alterações:
• A unidade passa a ser representada por um prego vertical.
• A dezena passa a ser representada por uma viga.
• O número 60 passa a ser representado por um prego vertical maior.
• O número 600 passa a ser representado por um prego vertical igual ao do
número 60 associado a uma viga.
• O número 3.600 passa a ser representado por um polígono formado pela
junção de quatro pregos.
• O número 36.000 passa a ser representado por um polígono do número
3.600 e por uma viga.
• O número 216.000 era representado pelo polígono do número 3.600 com
o prego do número 60.
O quadro abaixo tráz uma representação dos algarismos arcáicos dos
sumérios:



http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/civilizacao-sumeria/imagens/civilizacao-sumeria7.jpg
Por volta de 2300aC os acádios invadiram a Mesopotâmia e por algum
tempo a sua cultura mais atrasada se misturou com a cultura mais avançada
dos Sumérios.
4º A logenvidade.

Observe que A Cultura Suméria era bem evoluída, o que a faz ser um
exemplo de como a sociedade pré diluviana deveria ser em termos de
conhecimento.

Se toda a nossa sociedade fosse destruída por um dilúvio e só 8 pessoas
das mais sabias sobrassem para refazerem o novo mundo que viria, essas 8
pessoas poderiam ser então todas as bases de nosso conhecimento e elas a
partir de estarem em terra seca começassem a reconstruir tudo aquilo que
elas soubessem, então pergunto, essas 8 pessoas poderiam reconstruir toda
uma sociedade com toda a tecnologia e conhecimento da sociedade
anterior, elas poderiam fazer uma sociedade igual a anterior.

Para mim a resposta é sem duvida nenhuma não, pois nunca 8 pessoas
poderiam refazer todas as coisas que hoje existem, e mais nem com 80
pessoas poderíamos reconstruir toda a tecnologia e conhecimento devido a
limitação da sobrevivência e das especializações de cada área de
conhecimento, cada área da ciência hoje em dia é subdividida em varias


partes, e dentro de cada parte existem especializações e para que cada
especialista trabalhe ele requer de coisas de áreas de outros especialistas,
então quanto maior a dependência de áreas de terceiros maior a dificuldade
de se reconstruir o conhecimento e a tecnologia, logo uma pequena parte
de conhecimento significa que em um tempo anterior tudo era muito maior
a nível tecnológico.

Ex: Se após o dilúvio um homem especialista em construir armas desde
pistolas a armas nucleares conseguir fazer uma catapulta e um arco e flecha
já é muito grande e difícil essa façanha, pois uma arma de fogo iria
requerem fundição de metal, e para isso uma metalúrgica, para moldar iria
requerem um artesão de metal e uma pessoa para extrair e produzir a
pólvora, e para isso ele requereria um grupo, logo até uma arma de fogo
seria difícil de ser feita. Não por que ele não saiba fazer, mas pela
dependência de outra áreas de conhecimentos as quais ele não
disponibiliza. Alem do fato de que ele tenha que arrumar alimentos e água e
um abrigo, o que o faria gastar tempo com sua sobrevivência.

Entendeu por que Noé e sua família não poderiam reconstruir toda
tecnologia pré diluviana. Mas mesmo assim poderiam fazer um avanço
enorme onde habitassem pois tinha alto conhecimento, ou seja. Eles eram
sábios e capazes, contudo eram poucos. Logo eles teriam que qualificar sua
descendência, a qual não tinha a mesma longevidade deles.

A vantagem de longa vida dá a cada um dos 8 membros humanos da arca
uma grande capacitação de conhecimento, e posso dizer que cada um deles
deva ter estudado até 10x mais do que qualquer um de nós. Um estudo
acadêmico de 200 anos seria possível, e profissionais com mais de 600 anos
de aplicação em sua área seriam comuns, imagine se Albert Einstein tivesse
30 anos quando Isaac Newton tinha 50 anos e Albert Einstein tivesse
aprendido com Isaac Newton, só que tanto um como o outro estivessem
vivos até hoje, cada um com mais de 400 anos, pois Newton nasceu em
oolsthorpe-by-Colsterworth, em 4 de janeiro de 1643 —e faleceu em
Londres, no dia 31 de março de 1727, já imaginou o quanto de
conhecimentos cada um teria hoje, já pensou o que eles teriam criado e
descoberto. Essa é a vantagem da longevidade. Mais tempo para se
aprender e a desenvolver saber significa mais capacidade de desenvolver
idéias e alaborar soluções, alem do que cada pessoa não precisaria saber
muito de uma só coisa, pois teria tempo para saber muito de muitas coisas.

5º uma única língua.


O fato de ter havido uma só língua durante todo período pré-diluviano,
favoreceu o crescimento sócio, econômico e tecnológico de toda aquela
sociedade. A unificação da língua é um poder, e qualquer sistema que tenha
esse poder, tem grande vantagem contra um sistema com comunicação
multi-linguistica. Pois uma só língua gera força, enquanto varias línguas
fraquezas.

6º 1700 anos de historia.
Esse período de tempo era suficiente para os pré diluvianos se tornarem
tecnologicamente avançados, eles viviam mais, e tinham um
aproveitamento psicológico maior, principalmente na área criativa, pois o
seu tecido do córtex era mais desenvolvido, o que aumenta a sua percepção
do meio, e a sua resposta com o mesmo, é como se eles pudessem pensar e
observar mais rápido do que nós agora. O QI deles era muito maior que o
nosso. Pois o córtex tinha um processo de crescimento mais lento.
Acho que no 1° milênio de sua sociedade já eram mais sábios do que os
gregos em seu ápice. E que até o ano de 1200, estariam a frente de nossa
sociedade do ano de 1950, e que a partir do ano de 1300 estariam acima de
nossa sociedade atual.
Exagero ou não, acho que qualquer analise abaixo disso seria simplória,
provavelmente a forma que eles desenvolveram a sua tecnologia foi
diferente da nossa, outras fontes de energia, tratamentos médicos
diferenciados, e muitas outras coisas, mas o efeito final de todo o seu
avanço foi uma sociedade fria e corrupta.
7°- Esculturas misteriosas

Eis a descoberta que incomodou alguns arqueólogos e laboratoristas e que
ficou "esquecida" por mais de 40 anos. Ela foi feita acidentalmente em 1944
por Waldemar Julsrud na localidade de Acambaro, no México e tem sido
uma "pedra no sapato" para todas as teorias da extinção dos dinossauros
até agora registradas! Até hoje esta descoberta tem sido evitada por
contrariar as 3 principais hipóteses teóricas apresentadas pela maioria dos
cientistas. Aqui começa a impressionante história dos dinossauros de
Acambaro!
Acambaro atualmente



http://img132.imageshack.us/img132/1816/acambaroeu1.jpg
http://img372.imageshack.us/img372/1711/acambaro2sm3.jpg
Acambaro localiza-se no sul do Estado de Guanajuato, cerca de 280 Km da
Cidade do México e próximo da Represa de Solis.
Acambaro (ponto vermelho no mapa abaixo) está centralizada entre os
oceanos Pacífico e Atlântico a uma altitude de 1864 metros no início de uma
região de montanhas (planaltos) que se estende até os EUA. Certamente,
subir para esta região (toda a parte cor de areia no mapa) seria a única
opção de refúgio no caso de uma grande inundação resultante da elevação
dos níveis de água dos oceanos.



http://img211.imageshack.us/img211/2830/lojafy8.jpg
Nas montanhas de El Toro e El Chivo foram encontrados mais de 33.500
objetos de cerâmica, pedras, facas (mais afiadas do que as de aço utilizadas
em cirurgia do coração!) entre outros, sem duplicatas! Os artefatos são
semelhantes aos achados na área com a Cultura de Chupicuaro Pré-clássica
(entre 800 AC 200 DC).
As montanhas de El Toro e El Chivo. Segundo geólogos, no passado a região
foi um grande lago.
Waldemar Julsrud, comerciante de ferragens e imigrante alemão, estava
descendo com seu cavalo no mais baixo declive da montanha de El Toro em
uma manhã ensolarada de julho de 1944. De repente ele avistou algumas
pedras cortadas parcialmente expostas e um objeto cerâmico enterrado
pela metade na lama. Desmontou e cavando o solo retirou as pedras como
também algumas peças cerâmicas. Julsrud tinha noções de arqueologia e
imediatamente percebeu que essas peças eram diferente de tudo que já
havia visto. Ele estava familiarizado com as culturas Tarascan, Asteca, Toltec,
Maia, Chupicauro, Inca e civilizações de índios pré-incas. Em 1923 Julsrud e
Jose Marie Martinez foram os descobridores da cultura Chupicauro a 13 Km
do local mas os objetos agora eram distintamente diferentes de qualquer
outra cultura indígena conhecida na região.
Waldemar Julsrud e sua loja



http://img117.imageshack.us/img117/7734/dinos0yc5.jpg
Ele também achou estátuas que variavam de 2 centímetros a 1,8 metros de
comprimento de grandes répteis, alguma delas em associação ativa com
humanos - geralmente os comendo (mordendo), mas em algumas
estatuetas estranhas foi indicada uma associação erótica. Cerca de 10%
destas criaturas se assemelham a dinossauros e foram encontradas
protegidas por areia em grupos de 20 a 30 peças.
Várias espécies de dinossauros moldadas com perfeição.




Julsrud tinha 69 anos e estava na beira de fazer uma descoberta
arqueológica que poderia ser a maior já feita. Contratou o fazendeiro
mexicano Odilon Tinajero para escavar na área onde as estatuetas
cerâmicas foram achadas e trazer qualquer outro objeto semelhante para
ele. Logo Tinajero teve um carrinho de mão cheio de peças cerâmicas.
Tinajero teve muito cuidado com o processo de escavação para não quebrar
as peças, mas colou as quebradas antes de entregá-las.
Julsrud encheu os doze cômodos de sua mansão com esta coleção de cerca
de 33.500 peças onde estão incluídos instrumentos musicais, máscaras,
ídolos, ferramentas e utensílios que tiveram conexões culturais com os
egípcios, sumerianos entre outros, bem como estatuetas esculpidas em
barro e em várias cores de humanos de várias raças como esquimós,
asiáticos, africanos, barbudos caucasianos, Mongóis, polinésios, como
também de criaturas monstruosas, aquáticas, misturas estranhas de
humanos com animais, e muitas outras criações inexplicáveis.
Parte da coleção. Muitas estatuetas desapareceram.


http://img368.imageshack.us/img368/7439/dinos1es1.jpg
Também foram encontrados dentes de Equus Conversidans Owen (um
cavalo americano da Era do Gelo) bem como sua imagem gravada em
panelas de cerâmica e suas duas estatuetas, o esqueleto de um mamute, e
vários crânios humanos foram achados no mesmo local com os artefatos
cerâmicos. Figuras inconfundíveis do camelo curvado americano da Era do
Gelo, como também de animais que se assemelham a rinocerontes de
espécies extintas. Há muitas estatuetas de macacos gigantescos de fato
como existiram na América do Sul no período Pleistoceno. A banheira foi o
único local que sobrou para ele dormir, enquanto não tivesse tudo
devidamente organizado.
Eqüinos



http://img265.imageshack.us/img265/7249/dino2pz6.jpg
Os objetos eram feitos de barro e pedra que variam em tamanho de alguns
centímetros, para estátuas de 90 centímetros de altura e dinossauros de até
1,5 metros de comprimento. Haviam algumas duplicatas na coleção. Cada
das peças de barro tinha sido feita individualmente, sem moldes,
habilmente esculpida, e cuidadosamente decorada. Eram centenas de
estátuas de dinossauros onde foram identificadas cientificamente muitas
espécies. Dinossauros como o de bico de pato Tracodonte, Gorgossauro,
Monoclonio de chifre, Ornitolestes, Titanossauro, Triceratopes,
Estegossauro, Diplodoco, Podocossauro, Estrutiomimos, Plesiossauro,
Maiassaura, Ramforinco, Iguanodonte, Braquiossauro, Pteranodonte,
Dimetrodonte, Ictiorne, Tiranossauro Rex, Rinococefalia e outros
desconhecidos ou espécies ainda não identificadas. Incluso estava o Leviatã,
a serpente semelhante ao dragão das culturas antigas como a da China.
Muitas dessas figuras demonstram um bom nível de inteligência nesses
animais, concordando com a teoria dos paleontólogos John Ostrom e Bob
Bakker.



http://img265.imageshack.us/img265/4615/dino3vg1.jpg
http://img68.imageshack.us/img68/1787/dino4ja3.jpg
Essas fantásticas estatuetas de dinossauros ameaçavam os conceitos
ortodoxos e escalas de tempo em muitos campos de estudos. O Dr. Ivan T.
Sanderson estava pasmo em 1955 ao achar que existia uma representação
precisa de seu dinossauro americano, o Braquiossauro, quase totalmente
desconhecido àquele tempo pelo público geral. Sanderson escreveu sobre
este dinossauro na coleção de Julsrud. "Esta é uma estatueta muito
delicada, de cor preto-carvão e cautelosamente polida. É o último de uma
série alta. O principal é ser uma representação absolutamente perfeita de
Braquiossauro, só conhecida da África Oriental e da América do Norte. Há
vários esboços dos esqueletos na literatura padrão mas há apenas um com a
sua carne reconstituída que eu tenha visto. Esta é exatamente como ele!".
Barossauro


http://img372.imageshack.us/img372/1710/dinoyw3.jpg
http://img68.imageshack.us/img68/2869/dino5iu9.jpg
http://img211.imageshack.us/img211/6435/dino6re6.jpg
Foram realizadas datações por rádio-Carbono nos laboratórios da
Universidade da Pennsylvania (EUA) e testes adicionais que usam o método
de termoluminescência para datar a cerâmica para determinar a idade dos
objetos. Resultados indicaram que os objetos foram feitos há
aproximadamente 6.500 anos atrás, ao redor de 4.500 AC, ou seja, época
anterior ao dilúvio universal. Um grupo de peritos de outra universidade
selecionou algumas das amostras de Julsrud, mas não provou as suas
origens, acreditando na possibilidade de terem sido produzidas
recentemente. Porém, eles não responderam sobre a fonte de sua
controvérsia.
De 1945 a 1946, Carlos Perea era o Diretor de Arqueologia do Museu
Nacional de Antropologia da Cidade do México. Em uma entrevista gravada
ele alegou que as escavações de Julsrud eram sem autorização, e como
eram muitas descobertas semelhantes feitas por fazendeiros locais ele não


http://img211.imageshack.us/img211/7748/dino7fg5.jpg
http://img389.imageshack.us/img389/7208/dino8go0.jpg
teve nenhuma dúvida que os achados eram autênticos. Ele reconheceu ao
examinar as estatuetas, inclusive dinossauros, de muitos locais diferentes.
Ele estava presente quando as escavações oficiais foram administradas pelo
Museu Nacional e pelo Museu de História Natural americano. Eles acharam
muitas estatuetas, inclusive dinossauros que ele descreveu em detalhes!
Em 1947 Julsrud tentou ganhar a atenção da comunidade científica mas
ficou conhecido com indiferença e silêncio acadêmico. Considerando que os
arqueólogos, paleontólogos, historiadores, e antropólogos escolheram o
ignorar, Julsrud publicou seu próprio livro "Spanish Enigmas Del Pasado"
(Enigmas Espanhóis Do Passado). Teorizou que a coleção colossal de
cerâmica e artefatos de pedra tinham sido enterrados por pessoas com
algum conhecimento de catástrofes. Mas ele foi ridicularizado pelas
autoridades quando seu livro foi publicado.



http://img389.imageshack.us/img389/3122/dino9ou5.jpg
http://img126.imageshack.us/img126/972/dino10bb2.jpg
http://img301.imageshack.us/img301/8276/grupoqk6.jpg
Em 1950 o jornalista americano Lowel Harmer se aventurou a inspecionar a
coleção. Foi para o local da montanha El Toro e fotografou Julsrud
escavando enquanto algumas estatuetas de dinossauro estavam sendo
retiradas debaixo das raízes de uma árvore em uma nova escavação. Ele
afirmou "Qualquer um perceberia que esses grandes sáurios só puderam ser
criados por artistas que os conheceram bem".
William W. Russell, um jornalista de Los Angeles fotografou as escavações e
notou que os objetos deviam ter estado por muitos anos no chão para que
as raízes da árvore se desenvolvessem ao redor deles a uma profundidade
de cerca de 1,5 metros. Russell afirmou que isso era uma evidência que os


http://img296.imageshack.us/img296/5029/dino11ot8.jpg
http://img72.imageshack.us/img72/9494/dino12bu3.jpg
http://img361.imageshack.us/img361/959/dino13qj4.jpg
objetos eram muito velhos.
Plesiossauro
Em junho de 1952, em um esforço para desmascarar essa estranha coleção
que estava ganhando fama, o arqueólogo americano Charles C. DiPeso da
Fundação Amerind alegou ter examinado minuciosamente as 32.000 peças
em cerca de 4 horas na casa de Julsrud. Afirmou que alguma família que vive
na área de Acambaro fez as estatuetas durante "os meses de inverno
enquanto os campos estavam improdutivos". As estatuetas não podiam ser
falsificadas somente por causa das formas de vida que representam répteis
do Mesozóico.
Pterodactil
Dipeso acreditou que a coleção de Julsrud era uma fraude. Antes dele voltar


http://img529.imageshack.us/img529/5993/dinoh1sn4.jpg
http://img385.imageshack.us/img385/8716/dinoh2dr9.jpg
à América para escrever os artigos que denunciariam a coleção, Julsrud
declarou: "O Sr. Dipeso declarou que lhe tinham convencido completamente
da autenticidade de minha descoberta. Ele quis comprar para o seu museu
uma certa quantia de peças de origem Tarascana". Julsrud não vendeu
nenhum dos artefatos mas indicou outro homem que negociava
antiguidades. Aquele negociante contou para Dipeso que as cerâmicas de
Julsrud vieram de um homem e de suas três crianças que viviam a trinta
minutos da cidade perto das "Máquinas de Irrigação de Solis". Juisrud disse,
"Por que então Dipeso não foi lá para descobrir a verdade? A obrigação de
um cientista sério é de investigar e não de crer no primeiro que lhe conta
algo".
Em primeiro lugar, era contra o código de ética arqueológica e ilegal adquirir
artefatos indígenas para tirá-los do país. Em segundo, o negociante do
mercado negro de antigüidades que vendeu os artefatos teve motivos
óbvios para não querer que ele comprasse de Julsrud, por isso é fácil
entender porque inventara a história da família.
Humanos (orientais?) com animais (filhotes?) de estimação
Francisco Aguitar Sanchaz, o Superintendente das "Máquinas de Irrigação
Nacional de Solis" disse, "Em quatro anos de conhecimento amistoso dos
habitantes da área de atividade arqueológica posso negar haver qualquer
produção cerâmica na redondeza". O Presidente Municipal de Acambaro,
Juan Terrazaz Carranza, emitiu no dia 23 de julho de 1952, a declaração


http://img267.imageshack.us/img267/1411/dinoh3lu4.jpg
oficial No.1109 que refuta a alegação de Dipeso: "Esta Presidência sob a
minha direção ordenou uma investigação sobre o assunto, e chegou à
conclusão que nesta área municipal não existe qualquer pessoa que faz
esses tipos de objetos".
Há muitos outros problemas associados com as alegações espúrias de
Dipeso. Ele não menciona que os artefatos cerâmicos variam na composição
do barro e dos estilos e que tinham sido feitos individualmente e não em
moldes. Não só haviam peças cerâmicas mas também de pedra.
A coleção cerâmica tem variedade e beleza que ganha a admiração de
artistas profissionais. Nenhuma família de camponês poderia fazer milhares
e milhares de esculturas não duplicadas possivelmente com tal habilidade e
sutileza artística.
O famoso Earle Stanley Gardner era patologista forense e advogado de
distrito na cidade de Los Angeles há mais de 20 anos. Sr. Gardner examinou
a coleção e disse que se um grupo de falsificadores tivesse feito todas as
peças, o seu estilo seria reconhecível na coleção: "Todo criminoso, toda
gangue criminal tem seu próprio método de operações. A polícia pode
identificar freqüentemente um criminoso ou gangue pelo método de um
crime. É óbvio que ninguém individualmente ou em grupo poderia ter feito
as peças".
Charles DiPeso insistiu que a coleção fosse uma brincadeira elaborada com
os escavadores fazendo covas, enterrando os objetos, e os desenterrando
depois. Dipeso terminou seu relatório em 1953 confiante: "Nossa
investigação provou conclusivamente que as estatuetas não são pré-
históricas e não foram feitas por uma raça pré-histórica superior associada


http://img385.imageshack.us/img385/6277/dinoh4gw3.jpg
com dinossauros".
O relatório de Dipeso era absolutamente infundado ou mera conjetura. Qual
seria o motivo para falsificar os objetos? Economicamente, a 12 centavos
uma figura, para alguém fabricar os objetos, não dizer nada dos custos
adicionais, os enterrar e desenterrar novamente, Tinajero, um pobre
fazendeiro mexicano, nunca poderia estar disposto a fazer 33500 figuras
nestas circunstâncias!
A coleção não só é feita habilmente mas contém espécies de dinossauro que
só uma pessoa altamente estudada que tivesse escavado profundamente
durante as férias do curso de literatura paleontológica poderia ter
conhecido as raras formas de vida. Odilon Tinajero não teve a competência
artística nem base educacional para falsificar. Tinajero deixou a escola na
quarta série e apenas poderia ler ou escrever.
Acambaro é uma área seca, árida, e relativamente desarborizada, contudo
todos os objetos cerâmicos tinham sido assados em fogo aberto. Isto
requereria muitos carregamentos de lenha o que é muito caro em
Acambaro. Teria sido consumido constantemente. A fumaça não poderia ter
deixada de ser notada pela comunidade.
O Estegossauro crescia até 4 m de altura!
O Professor Ramon Rivera da Faculdade de História de Escola Secundária de
Acambaro fez um mês de longa investigação, entrevistando pessoas de
todas as idades e ocupações. Professor Rivera teve um conhecimento vasto
da história da área e contatos com os habitantes de Acambaro.
Rivera arquivou este relato: "A verdade é que não há a suspeita de idéia
mais remota de quem tem vivido em Acambaro, ou próximo ou longe daqui,


http://img267.imageshack.us/img267/5039/dinoh5zy0.jpg
qualquer um que fez em quantidade ou pouco a pouco tais peças. Este fato
foi investigado por todos os meios, cobrindo mais de um século atrás até
agora. Há pessoas idosas que vivem aqui que ainda podem dar detalhes não
registrados da data da independência deste país".
Outra consideração que é ignorada freqüentemente no debate sobre a
autenticidade dos artefatos é que muitos deles são feitos de pedras duras e
não de cerâmica. Estes objetos de pedra mostram todos os efeitos da
erosão e são do mesmo estilo dos objetos de cerâmica e o fator erosão é
praticamente impossível falsificar.
Mais tarde em um livro, continuando a investigação de DiPeso, o
investigador arqueológico John H. Tierney que estudou o caso durante
décadas afirmou que DiPeso teria que ter inspecionado 133 peças por
minuto durante quatro horas continuamente, considerando que na
realidade, seria necessário semanas somente para separar e organizar
corretamente o conjunto de peças para fazer uma avaliação válida.
Tierney, que colaborou mais tarde com o Professor Hapgood, William N.
Russell e outros na investigação, acusa a Instituição Smithsonian e outras
autoridades arqueológicas de administrarem uma campanha de
desinformação contra as descobertas. O Smithsonian abandonou a coleção
de Acambaro afirmando ser uma brincadeira. Tierney também descobriu
que praticamente todos os documentos sobre o caso estão sendo perdidos.
As figuras de animais com humanos causaram polêmicas



Em 1954 o governo mexicano enviou ao local quatro arqueólogos
reconhecidos. Dr Eduardo Noquera, diretor de Monumentos Pré-hispânicos
do Instituto Nacional de Antropologia e História, era o investigador líder. Dr.
Noquera foi acompanhado por Rafael Orellana, Ponciano Salazar e Antônio
Pompa y Pompa. Eles inspecionaram a coleção e foram para El Toro para
selecionar locais ainda não escavados.
Um local diferente mas próximo foi selecionado e uma escavação
meticulosa foi iniciada. Foram encontradas estatuetas que segundo os
arqueólogos tinham sinais que comprovam que foram enterradas há muito
tempo, isso na presença de várias testemunhas como o pessoal das escolas
locais e membros da Câmara do Comércio. Imediatamente os arqueólogos
felicitaram Juisrud pelas suas descobertas notáveis. Dois dos arqueólogos
prometeram escrever sobre a descoberta em um diário científico.
Noquera percebeu que as estatuetas de dinossauro fixaram um problema
que poderia arruinar a sua carreira profissional. Os arqueólogos
enfrentaram um dilema: contar a verdade que qualquer um poderia pensar
que eles tinham escolhido um local e tinham desenterrado figuras de
dinossauro ou esconder a verdade em alguma explicação alternativa.
Noquera voltou para a Cidade do México e três semanas depois fez um
relatório com os seus subordinados afirmando que a coleção deveria ser
uma brincadeira por causa das formas de vida envolvendo dinossauros. Dr.
Noquera escreveu: "De fato apesar da legalidade científica aparente com
que estes objetos foram achados, é um caso de reprodução e dizer
falsificação, feito em uma época relativamente recente. Em minha opinião
está composto de três tipos de objetos e um deles são de estatuetas que
imitam animais extintos há milhões de anos; possivelmente o fabricante
destes objetos foi inspirado por alguns livros de paleontologia que estava
em moda ao término do último século ou o começo do presente".
No verão de 1955 Charles Hapgood, o professor de história e antropologia
da Universidade de New Hampshire, chegou em Acambaro e depois de
vários meses gastos administrou uma investigação muito detalhada da
coleção. Charles Hapgood se destacou como o autor de vários livros
incluindo "A Terra está Trocando a Crosta" (1958), "Mapas dos Reis do Mar
Antigo" (1966), e "O Caminho do Polonês" (1970).



Hapgood escavou vários locais e acharam muitos pedaços de estatuetas
cerâmicas como as de Julsrud. Para eliminar qualquer possibilidade de
fraude de Tinajero ou qualquer um que tivesse fabricado a cerâmica,
Hapgood obteve permissão para escavar em baixo de uma casa construída
em 1930, cujo proprietário era o chefe de polícia. Eles cavaram uns 1,8
metro de concreto duro da sala de estar, encontrando dúzias dos
controversos objetos! Considerando que a casa tinha sido construída vinte
cinco anos antes de Julsrud ter chegado no México, eliminou-se a hipótese
de falsificação e o relatório de Dipeso foi negado como também os
relatórios de Noquera em todos os pontos importantes.
Em 1968 Charles Hapgood voltou a Acambaro acompanhado por Earle
Stanley Gardner. O Sr. Gardner não só foi treinado em criminologia mas
também era investigador de casos arqueológicos. Ele ficou impressionado
supremamente com a imensidade e a variedade da coleção.
O método de datação do Carbono 14 ainda estava em seu início, mas
Hapgood adquiriu espécimes para testar o C14. Gardner e Andrew Young (o
inventor do Helicóptero Bell) financiou o teste.
Três testes de radiocarbono foram executados pela empresa Isotopes
Incorporated de Nova Jersey que resultou nas datas de 1640 AC, 4530 AC e
1110 AC. Datas até 4500 AC para Carbono faz a coleção de cerâmicas ser a
mais antiga do ocidente!
Depois das duas expedições ao local em 1955 e 1968, Professor Charles
Hapgood, registrou os resultados da investigação de 18 anos em Acambaro
em um livro privadamente impresso intitulado MYSTERY IN ACAMBARO
(MISTÉRIO EM ACAMBARO).
Em 1972, Arthur Young enviou duas estatuetas ao Dr. Froelich Rainey,
diretor do Museu da Pensilvânia, para a datação por termoluminescência. O
Masca Lab. tinha obtido datas de até 2700 AC. Em uma carta datada de 13
de setembro de 1972, encaminhada ao Sr. Young, Dr Rainey disse que este
método apresentava erros de 5 a 10% da data absoluta mas estava
preocupado sobre as datas extraordinariamente antigas das figuras, que
levou o laboratório a fazer uma média de 18 testes em cada uma das quatro
amostras!
Mas quando o labotatório da Universidade da Pensilvânia descobriu que os


dinossauros eram parte da coleção, eles retrataram a termoluminescência.
Afirmaram que as cerâmicas emitiram sinais claros regenerados e poderiam
ter no máximo 30 anos.
Um técnico em termoluminescência admitiu que nenhuma outra cerâmica
existiu, em sua experiência que tenha produzido sinais claros regenerados e
nenhuma outra datação de cerâmica por termoluminescência que alguma
vez tenha sido terminada por utilização de um sinal claro regenerado. Em
resumo, a prova era um "hocus pocus", truque de laboratório para evitar a
conclusão óbvia que dinossauros e homens viveram juntos.
Por causa da incredulidade dos cientistas que dataram as peças, John
Tierney decidiu enviar para datação, ao invés das figuras de dinossauros,
apenas dois fragmentos das peças de cerâmica ao Dr. Victor J. Bortolet,
Diretor de Pesquisa do Daybreak Nucleari Archaeometrics Laboratory
Services. O Dr. Bortulot calculou o limite superior das peças em 2000 anos!
Do mesmo modo enviou meia dúzia de amostras das cerâmicas com
composições de barro diferentes para uma equipe da Universidade do
Estado de Ohio. A equipe de peritos consistia no Dr. J.O. Everhart (o
Presidente do Departamento de Engenharia Cerâmica), Dr Earle R Caley,
(um dos arqueólogos químicos mais respeitados do mundo) e Dr Ernest G
Ehlers (o mineralogista no departamento de geologia da universidade). Eles
informaram que os artefatos não foram feitos em tempos modernos e que
não foram feitos por algum amador. Ao serem notificados que tinham
autenticado os artefatos de Julsrud permaneceram em profundo silêncio.
Numa noite de 1978, escavações ilegais estavam sendo realizadas por Jaime
Aquirre e Raul Hernandez na montanha de El Chivo. Eles encontraram mais
de 3000 artefatos parecidos com os de Julsrud e estavam sendo trocados
por pistolas, rifles, metralhadoras e outras armas no mercado negro e
levados para a fronteira com os EUA na região de Laredo, Texas. O chefe de
Polícia Federal local, Ernesto Narrvete Marines os prendeu com cerca de
3300 peças entregando-as ao prefeito Dr. Luis Moto. O Tribunal Federal do
México comprovou que os artefatos eram genuínos, condenando os
acusados.
Em 1997 a empresa B.C. Vídeo realizou o programa Jurassic Art (Arte
Jurássica) com um segmento sobre Acambaro, que originalmente parece ter
sido o especial da rede de TV NBC "The Mysterious Origins of Man" (As


Origens Misteriosas do Homem). O programa foi apresentado por Neil
Steede, Presidente do Early Sites Research Society West e da Sociedade
Epigráfica Mexicana, tentando desmascarar a coleção, dizendo ser de
fabricação recente. No fim do programa, foi revelado que ele enviara duas
amostras das cerâmicas de Juisrud (uma figura humana e uma de
dinossauro) para um laboratório particular de Carbono 14, sem nenhum
vínculo com cientistas. Os resultados foram surpreendentes: A figura
humana foi datada em 4000 anos atrás e a do dinossauro em 1500 anos!
Steede ficou embaraçado dizendo que para a estatueta humana poderia ser
aceita mas o laboratório deveria ter errado com relação a do dinossauro! Na
realidade a do dinossauro cria uma "perturbação" para a ciência ortodoxa e
Steede teve que "achar uma saída", descartando a sua datação.
A companhia japonesa, Nissi, patrocinou uma equipe de TV para ir a
Acambaro e produzir um programa para a TV japonesa relativo às
estatuetas. O programa "Os antigos viram os Dinossauros?" foi ao ar no dia
2/2/1997 no Japão. Há um momento em que o narrador japonês aparece
examinando uma figura de uma das estatuetas, e diz ser parecida com uma
no livro dos dinossauros japoneses. Incrivelmente, a figura é semelhante ao
desenho colorido no livro de um Amargasaurus cazaai. O narrador apanha
outra figura que é bem parecida com o Sauraloplus osborni também no
livro. O narrador afirma perplexo que os antigos devem ter visto dinossauros
há aproximadamente 4500 anos atrás porque não poderiam imaginá-los
vendo somente os esqueletos no solo. O narrador afirmou que quando o
homem moderno achou esqueletos de dinossauro, como o Sr. Richard
Owen, os tamanhos de Megalossauro, Iguanodonte e Hilaeossauro eram
ridiculamente inexatos.
Após a morte de Julsrud, sua casa foi vendida e a coleção foi guardada e não
ficou disponível ao público. Mas em 1999 o Dr. Dennis Swift e Dr. Don R.
Patton viajaram para Acambaro para explorarem seu mistério
pessoalmente. A coleção de Julsrud estava trancada em um depósito.
Depois de uns dois dias negociando com o prefeito, o Secretário de Turismo
e o Diretor do Museu de Acambaro foi dada permissão para ver uma parte
da coleção. Dois policiais mexicanos em pé vigiavam armados com rifles AK-
47 e pistolas enquanto o Dr. Swift desembrulhava as estatuetas que
estavam envolvidas com jornais e o Dr. Patton as fotografava. Um pouco
mais de oitocentas estatuetas cerâmicas foram desembrulhadas. Tinham
sido esvaziadas quatorze caixas e entre os artigos estavam
aproximadamente 75 primorosas peças de dinossauro.


http://img529.imageshack.us/img529/8007/dino16ls0.jpg
Ao desembrulharem uma estatueta de Iguanodonte, que foi um dos
primeiros esqueletos de dinossauro descobertos, os Drs. Swift e Patton
ficaram admirados pois só se tomou conhecimento da sua forma na posição
natural dos quadrúpedes nos últimos anos! Ninguém poderia ter feito este
modelo na década de 40 pois na época os paleontólogos achavam que o
Iguanodonte vivia em posição ereta, com apenas as patas traseiras no solo!
A característica mais surpreendente da coleção era a de dinossauros com
humanos. Infelizmente parte dos objetos desapareceram após a morte de
Julsrud.
Diplodoco
A coleção evidencia a existência de uma vasta cultura na antigüidade. Os
objetos apontam para um bosque e que a região de Acambaro já foi uma
área fortemente arborizada em vez de um vale seco como é hoje. Geólogos
acreditam que o vale esteve cheio de água como um grande lago, até
aproximadamente cinco ou seis mil anos atrás. O local dos esconderijos dos
objetos de cerâmica seria como uma praia do lago. Originalmente os objetos
foram enterrados na areia.
Os Drs. Swift e Patton conheceram o Dr. J. Antonio Villia Hennejon,
praticante de medicina em Guadalajara e Acambaro, que escavou nas
montanhas durante o período de 1950 a 1955. Ele relatou que durante a
década de 40 e nos primeiros anos da década de 50 nada era conhecido
sobre dinossauros no México. Não haviam livros, folhetos, desenhos em
caixas de fósforos, filmes ou qualquer outra informação sobre dinossauros.
Herrejon afirmou que o único esqueleto de dinossauro no México nos anos


40 era de um brontossauro próximo da estação ferroviária de Chupa, na
Cidade do México. Além disso, Acambaro era uma pequena cidade
interiorana.
Hennejon viu as estatuetas e ficou surpreso ao notar que não haviam
duplicatas entre elas. Eram todas individualmente distintas! Outros que
examinaram a coleção de perto também observaram este fato. Hennejon
comentou, "Se havia uma fabricação, quem foi o artista?". Um único artista
não poderia fazer 33.700 estatuetas diferentes! Se era uma brincadeira
deveria ter havido muitos artistas. Como tal conspiração poderia ser
mantida em silêncio todos esses anos? Seguramente alguém teria tomado
conhecimento sobre tais atividades.
Hoje, graças aos arqueólogos Dr. Dennis Swift e Dr. Don R. Patton, as
estatuetas estão em exposição ao público no novo Museu Julsrud de
Acambaro:
http://www.acambaro.gob.mx/cultura/julsrud.htm
Sugestão para consulta: "O Livro do Inexplicável" - Jacques Bergier - Editora
Hemus.
Comparação das estatuetas de 1944 com a reconstituição científica em 1991
e 2000


http://img117.imageshack.us/img117/7286/variossh7.jpg
Ai está o mistério. Somente quem leu tudo, fica a pergunta:
Você acha que foram falsificadas as Acredita que os dinossauros viveram
com os humanos?
Se você crer ou esta a sua inteira disposição de idéias, contudo tal fato seria
possível e dispomos de bastantes argumentos para demonstrarmos essas
possibilidades, todos os fatos levam a 2 caminhos.
1°-se você crer em um universo antigo com 13,7 bilhoes de anos então você
deve crer que os dinossauros viveram a mais 500 milhoes de anos atrás e
não tiveram contatos com o o homem.
2°- se você crer que vivemos a apenas 6.000 anos em um universo novo
então tudo o que falo acima é possível.
Cada um tem que ter uma opnião definida, pois só uma é verdadeira. A
primeira tese anula Deus, e a 2° depende Deus para existir.

Uma tese desacredita a bíblia e a criação do homem, a outra apóia tudo
literalmente, fica ai suas opções, mas se escolher a 2° opção a favor das
escrituras terá varias objeções e terá que pelo menos por enquanto ficar


num meio com uma minoria de pessoas tidas por loucas e fanáticas, isso
mesmo, infelizmente a minha linha de análise é exatamente oposta a linha
da vertente maior, contudo creio que com o tempo Deus irá trazer mais
fatos a tona.





http://2.bp.blogspot.com/__b5sqnHvfKU/SD6ooDSxFpI/AAAAAAAAA7A/Xae23QtwRQY/S220/J%C3%A9sus+com+Ad%C3%A3o+e+Eva+no+Edem+32.jpg
Capitulo 6-AS 4 ERAS TEMPORAIS
Quando o universo foi criado havia uma lei física regular, na qual posso
chamar de física harmônica.
A física harmônica é baseada no princípio da humanidade descrita no livro
de Genesis, com a criação do céu e da terra em seis dias e o sétimo dia de
descanço (sábado). A por isso houve a queda da humanidade, com o
pecado original citado na bíblia. A qual chamo de período da 1º desarmonia.
Após esse período houve um terceiro período chamado período da 2º
desarmonia imposta, o qual ocorreu após uma ordenança de Deus. A qual o
próprio Deus reduz o tempo de vida do homem de quase 1000 anos para
um tempo máximo de 120 anos.
O quarto e último período, é o período pois diluviano, o qual nós nos
encontramos vivendo.
São essas 4 eras geológicas as quais eu tentarei descrever a seguir como o
principio da formação da sociedade atual. Pois hoje somos frutos da
passagem dessas 3 primeiras eras. E por isso temos todos os traços das
mesmas eras em nosso DNA.
FÍSICA HARMONICA - A PRIMEIREA ERA
(iniciou em 3898ac e terminou antes de 3768 quando se data o nascimento
sete)




NESSE PERÍODO O HOMEM FALAVA DIRETAMENTE COM DEUS. Por isso
estava ligado ao criador e longe de todos os problemas físicos e mentais e
guardava em seu corpo a semi perfeição de Deus, o homem teria em torno
de 4 metros de altura e uma força física e mental muito acima da nossa
força atual. Éramos mais fortes em uma escala sem precedentes. ( adão e
Eva eram mais fortes que um elefante e mais velozes que um tigre, pare-se
exagero o que vou dizer mais nesse período até super heróis dos quadrinhos
eram fracos se comparados a eles. Pois o poder de Deus era a sua força,
tanto que esse poder os revestia e eles não viam que estavam nus, se
machucassem se regenerariam, se corre sem, não cansariam, e muitas das
coisas que hoje só os computadores podem calcular eles poderiam sozinhos
calcular e criar com muita facilidade ) não vou me atrelar muito a esse
período, pois o mesmo se torna hoje em dia muito difícil de ser estudado,
pois essas leis físicas estão atreladas as presença de Deus com o homem. ( o
pecado trouxe a morte e as suas conseqüências, e o mais catastrófico de
tudo é que trouxe uma separação de Deus com os Homens).
Algumas observações:

a- Adão é Eva teriam se mantido nesse estado de perfeição inicial se
não tivessem violado a lei de Deus com respeito há não comer da
arvore do conhecimento do bem e do mal.
b- O ato de comer do fruto da arvore do conhecimento do Bem e do
Mal, foi o per cursor do pecado dentro da raça humana, não é
claro se foi a desobediência em si do homem ou o que havia
dentro do fruto, mas o fato é que o ato trouxe graves
conseqüência para nossa raça.
c- O homem foi feito do pó da terra e o seu espírito provia de Deus,
isso significa que o homem é fruto da terra feito por Deus, o
homem foi feito a imagem de Deus para viver na terra, nela
crescer e povoar a terra (o homem não é espiritual, mas sim uma
vida carnal e terrena )" fica claro também que somos os donos da
terra por meio de herança celestial"
d- Tudo foi feito para o homem antes que ele viesse a existir na
terra."fomos a obra final de Deus na terra". Depois de nos fazer
ele criou o dia de descanso, o 7° dia.
e-


O que havia nesse 1 º período


http://www.revelacaoonline.uniube.br/2005/318/imagens/dinossauro.jpg
1- O homem e a mulher perfeitos (sem pecado) procure também
entender que o pecado traz a separação, e a separação
incapacitação de inúmeras coisas, como um carro sem motor (só
anda se alguém empurrar) .



Altura: em torno de 4 MT de altura
Peso: em torno de 400 kg
Alimentação: um pouco herbívora e muito frutívora ( não
comiamos carne).


2- Os animais também eram mais fortes e belos, e eram pacíficos
entre si e com os humanos, tanto os animais da selva como os
domésticos não lutavam entre si na cadeia alimentar. Pois ambos
eram herbívoros, os animais carnívoros só surgiram após o
pecado original do homem pois o leão, o cachorro, jacaré e etc..
eram até então herbívoros. Os grandes animais que hoje estão
extintos também viveram nesse período de forma pacifica e
harmônica.




Os animais extintos: dinossauros, cobras aladas em forma de
dragões (não os dos desenhos da idade média, mas o dragão
citado na bíblia que é a serpente)mamíferos peixes e aves
extintas, a qual a ciência chama de animais da pré-história.


Todos os animais nesse Período viviam em harmonia, até que apareceu o
pecado.


As moscas e os vermes ainda não existiam, nem nenhum animal responsável
pela decomposição do alimento o da carne. Até porque não havia ainda a
morte nem dos homens nem dos animais.
A vegetação: nesse período também era maior pela variedade e palo
tamanho e quantidade da mesma, o solo era extremamente fértil, e tudo o
que se plantava dava em grandíssima quantidade, as próprias arvores
davam frutos sem cessar, e os mesmos não caiam de seus galhos até serem
colhidos ou comidos por algum animal o qual o mesmo os iria digerir e
defecar a sua semente. ( nesse período não havia a chuva ) e as arvores
eram irrigadas por uma neblina na parte da manha.
A segunda e a terceira era – período da 1º e 2º desarmonia
( antes de nascer Sete que foi em 3768ac até 2242ac ano do Diluvio)
O período do inicio do pecado, da morte e separação com Deus---- nesse
tempo as coisas começaram a parecer com os nossos tempos atuais. Houve
guerras, assassinatos, medo, dor, fome, escravidão, seca, doenças e todos
os demais problemas que vimos em nossa sociedade atual, isso tanto se
refletiu para o homem como para a biosfera do planeta Terra.
O homem: nesse período o homem conheceu a dor, medo, cansaço,
desanimo, duvidas e a morte. Assim como é hoje, contudo pela sua perfeita
constituição anterior, muitas de suas capacidades não foram perdidas.
Altura: 4 MT
Peso: 400 kg
Alimentação: mais frutívora um pouco carnívora e menos herbívora.
Tempo de vida máximo: entre 1000 a 1200 anos (matusalém viveu 969
anos.)uma proporção de 1 ano nosso para 10 anos deles.
As capacidades físicas: regeneração ainda maior e mais rápida do que hoje
em dia dos tecidos e órgãos, velocidade e forca muito maiores que as de
hoje, capacidade psicológica e mental superior, em resumo, éramos muito
mais fortes física e mentalmente que hoje em dia.


Nesse período os dentes começaram a aparecer os caninos e o organismo a
ter dificuldade de digerir ervas, contudo ainda conseguíamos quebrar a
celulose das plantas e nos alimentarmos com elas( o homem nesse período
começou a perder a sensibilidade alimentar e a não apreciava mais tanto a
alimentação herbívora, e os animais ruminantes que hoje conhecemos ainda
não precisavam ruminar.
Nessa época começamos a caçar e entre esses animais estavam os grandes
dinossauros, que ofereciam ao homem naquela época o mesmo risco de um
urso branco de hoje em dia, não o podíamos caçar sozinho pelos riscos de
virarmos suas presas alimentares, esses grandes répteis eram nossos
maiores inimigos naturais, contudo era os homens quem mais os matavam,
e eles tinham muito medo dos humanos apesar da capacidade deles de se
defender, entre as nossas montarias e nossos animais domésticos aviam
alguns animais hoje extintos como por exemplo os mamutes e repteis
maiores que hoje estão extintos.
Os animais que hoje existem como cães, gatos bois galinhas e outros
também viviam naquele habita te comum, sendo que os não domésticos
viviam em lugares específicos para sua preservação, muitos seres menores
viviam em lugares mais propícios para a sua auto preservação e por isso
conseguiram se mantiver vivos. Obs.: não se encontra hoje em dia fosseis de
dinossauros gigantes em grande quantidade em qualquer área geográfica,
pois a vegetação em algumas áreas era mais escassa que as outras, então
animais herbívoros de grande porte viviam em áreas de maior abundância
vegetativa e os de menor porte viviam em áreas de menor abundância, com
isso houve a capacidade de todo o eco sistema se manter por um período de
3898ac até 2242ac sem sofrer grande baixa de seus exemplares.
O que diferencia a 1º da 2º desarmonia foi a manifestação da vontade de
Deus contra o tempo de vida da humanidade, que também se refletiu no
tempo de vida dos animais e outros seres.
4º-Período pois diluviano (2242ac até os dias
atuais)

Após o dilúvio, bem por volta do ano 2242 AC até 1500 AC havia ainda muita
diferença cronológica e de tamanho entre um individuo e outro, pois os


genes dos pré-diluvianos ainda se encontrava presente de forma
desequilibrada. Uns homens poderiam ter 3mts e outros 1mt, os homens
pequenos se mantiveram os quais são hoje em dia chamados de anões, e os
homens de 3mts ou mais" gigantes" foram desaparecendo por falta
capacidade de estruturação e deformidades ósseas.
Não sou contra a ideia que os seres te em de se adaptar para se
manterem vivos em um eco sistema competitivo e muitas das vezes hostil
em sua composição climática. Basta observar que as espécimes lutam dia a
dia pela sua própria sobrevivência em eco sistemas diferentes.
Por isso dou nota 10 a Darwin por crer que as espécimes tendem a
adaptar-se para se manterem aptas a existirem dentro de nossa biosfera, e
as mais aptas sobrevivem e as inaptas tendem a perecer e extinguir-se por
falta de adaptação. Essa teoria da adaptação ao meio é importantíssima
para estudarmos sobre a adaptação dos seres vivos dentro das 4 eras
temporais e geológicas.
Na primeira época geológica havia toda as espécimes de seres vivos em
nosso planeta, e todas viviam em harmonia entre si. Os animais estavam em
um habitate perfeito para seu desenvolvimento e permanência no eco
sistema do edem. "lembrem que no principio não havia o pecado e nem
com isso o enfraquecimento por separação da terra com seu criador" o
alimento era abundante e energeticamente nutritivo,os animais de grande
porte podiam se manter facilmente naquele eco sistema sem com isso
depredar outros animais ao seu redor, até por que não havia animal
carnívoro. O que havia no primeiro eco sistema era tão perfeito que todos
animais tinham seu porte em maior proporção e dimensão, os mamíferos
eram maiores,assim como os crustáceos , peixes, aves e répteis. A própria
vegetação era mais abundante.
A baixo vou mostrar que com base na paleontologia que os animais eram
bem maiores que o que vemos hoje." Não vou usar todos para não me
alongar nessa questão, mais vou mostrar principalmente os que
sobreviveram e se adaptaram dentro da 4 eras temporais .
Crocodilo: pré-histórico


http://www.avph.com.br/jpg/deinosuchus3.jpg
http://www.avph.com.br/jpg/deinosuchus2.jpg
Deinosuchus


Deinosuchus é um dos maiores crocodilianos que já existiu . Embora seja
conhecido pobremente pelos seus fósseis, é calculado que os adultos
grandes poderiam ter alcançado até aproximadamente 15 metros. Vivia
pelas orlas marítimas do Cretáceo na América Norte. Um carnívoro voraz, é
pensado que Deinosuchus tem incluído alguns dinossauros entre sua presa.
Indivíduos grandes de Deinosuchus podem ter alcançado um comprimento
maior que o do Tyrannosaurus Rex.
Crocodilos são parentes bastante íntimos dos dinossauros, depois de


terem evoluído dos antepassados de arcossauro no período de Triássico. Os
crocodilos mudaram muito pouco desde então, quase todos
sendo predadores semi-aquáticos.
Pelos períodos do Cretáceo os crocodilos tinham ficado muito abundantes
e difundidos. Um dos mais notáveis crocodilos do Cretáceo foi encontrado
no Rio Grande do Texas. Foi nomeado de Deinosuchus que
significa("crocodilo terrível"), este é de longe o maior crocodilo achado. Seu
crânio media 2 metros de comprimento e se esta criatura tivesse as
proporções de um crocodilo típico então que pode ter atingido um
comprimento de 15 metros e pode ter pesado 2 toneladas. O Deinosuchus
era suficientemente grande e pesado para ter atacado dinossauros de
tamanhos consideráveis e os pegava furtivamente quando eles iam beber
água em lagos e rios.
Dados do Aligator:
Nome: Deinosuchus
Local onde viveu: América do Norte
Peso: Cerca de 2 toneladas
Tamanho: 15 metros de comprimento
Alimentação: Carnívoro

O maior crocodilo atual tem: crocodilo-de-água-salgada ou crocodilo-poroso
(Crocodylus porosus) é o maior réptil existente na actualidade e pode ser
extremamente perigoso para o Homem. A sua distribuição estende-se pelos
Oceanos Índico e Pacífico, desde a costa do Vietname às Ilhas Salomão e
Filipinas, sendo mais comum no Norte da Austrália e Nova Guiné. Este
crocodilo habita rios e estuários, mas, como o nome indica, pode também
ser encontrado em zonas costeiras de mar aberto.

Estes crocodilos apresentam um forte dimorfismo sexual. Os machos podem
medir até 7 metros de comprimento e pesar até 1200 kg, enquanto as
fêmeas raramente crescem além dos 2,5 metros. A cabeça é relativamente
grande em relação ao corpo e apresenta duas cristas em torno dos olhos.
Enquanto juvenis, os crocodilos-de-água-salgada são amarelados com riscas
e/ou pintas escuras, tornando-se uniformemente escuros em adultos. A
barriga é mais clara e de cor branca ou amarelada. As maxilas têm entre 64
a 68 dentes aguçados, são movidas por músculos poderosos e podem
esmagar numa única dentada o crânio de um bovídeo adulto.
OBS: tem a metade do tamanho do crocodilo Pre histórico.



¦¦ Carcharodon megalodon¦¦ Carcharodon carcharias¦¦ Homem
Wikispecies
Tubarão: pré- historico




Reino:

Animalia

Filo:

Chordata

Classe:

Chondrichthyes

Subclasse:

Elasmobranchii

Ordem:

Lamniformes

Família:

Lamnidae

Género:

Carcharodon

Espécie:

C. megalodon





Nome binomial

Carcharodon megalodon
Agassiz





A Carcharodon megalodon

Carcharodon megalodon (também denominado megalodonte ou tubarão-
branco-gigante) foi uma espécie de tubarão gigante, ainda que se tenha
chegado a sugerir que a sua extinção tenha sido mais tardia ou que poderia
ainda sobreviver nos nossos dias.


Conhece-se este animal unicamente através dos numerosos dentes fósseis e
algumas vértebras e esqueletos parciais. Os dentes são em muitos aspectos
similares aos do tubarão-branco actual (Carcharodon carcharias), mas com
um tamanho que pode superar os 17,5 centimetros de comprimento, pelo
que se pode considerar a existência de um estreito parentesco entre as
espécies. No entanto, alguns investigadores opinam que as similitudes entre
os dentes de ambos os animais são producto de um processo de evolução
convergente.

As estimativas mais sensatas do tamanho desta criatura oscilam entre os 12
e os 15 metros. As primeiras reconstituições. com comprimentos que
podiam chegar aos 30 metros, consideram-se de maneira geral como pouco
precisas.

Em 1995, foi feita proposta para mover a espécie para um novo género,
Carcharocles. Esta questão ainda não está de todo resolvida. Muitos
paleontólogos inclina-se para o nome de Carcharocles, enquanto que outros
(sobretudo especialistas em biologia marinha) mantêm a conexão com o
tubarão-branco e incluem ambos os animais no género Carcharodon. Os
defensores de Carcharocles opinam que o ancestral mais provável do
megalodonte foi a espécie Otodus obliquus, do Eoceno, enquanto o
tubarão-branco descenderia da espécie Isurus hastalis.

Existe a teoria de que os megalodontes adultos se alimentavam de baleias e
que se extinguiram quando os mares polares se tornaram demasiado frios
para a sobrevivência dos tubarões, permitindo que as baleias pudessem
estar a salvo deles durante o verão.
O atual :

O tubarão-branco (Carcharodon carcharias) é uma espécie de tubarão
lamniforme, sendo o peixe predador de maiores dimensões existente na
atualidade. Um tubarão-branco pode atingir 7,5 metros de comprimento e
pesar até 2,5 toneladas. Esta espécie vive nas águas costeiras de todos os
oceanos, desde que haja populações adequadas das suas presas, em
particular pinípedes. Esta espécie é a única que sobrevive, na atualidade, do
gênero carcharodon.
Obs: tem menos da metade do tamanho do seu antecessor.



http://www.avph.com.br/jpg/smilodon3.jpg
O Tigre Dente de Sabre ou Smilodon cujo o tamanho dos dentes caninos
atingiam cerca de 20 centímetros é o mais famoso dos chamados dentes-de-
sabre, haviam dois grupos básicos de Dentes de Sabre, um que incluí o
Smilodon fatalis que tinham pernas curtas e eram mais parecidos com ursos
do que com gatos, e um outro que possuía pernas longas e eram ágeis como
os gatos atuais.
Existiam várias espécies de Smilodons como por exemplo: Smilodon
gracilis, Smilodon populator e o Smilodon fatalis. O Smilodon gracilis era um
pouco menor e surgiu primeiro na América do Norte, representado acima
pela primeira e segunda imagem. O Smilodon populator era o maior dentre
os Tigres dentes de sabre, surgiu por último na América do sul,
representado acima pela última imagem. O Smilodon fatalis o mais famoso
viveu na América do Norte e com a junção dos continentes veio para a
América do Sul sendo um pouco maior que o Smilodon gracilis e um pouco
menor que o Smilodon populator, provavelmente se adaptou ao meio sul
americano e se tornou maior dando origem ao Smilodon populator,
representado acima pelas demais imagens.


Dados do Mamífero:
Nome: Tigre Dente de Sabre
Nome Científico: Smilodon fatalis, Smilodon gracilis e o Smilodon populator
Local onde Viveu: América do Sul e do Norte
Tamanho: 3 metros de comprimento
Peso: 300kg
Alimentação: Carnívora


O tigre atual: O leão, todo mundo sabe, é o rei dos animais, mas não leva o
título de maior felino do planeta. Esse trono pertence ao tigre (Panthera
tigris), que pode atingir 2,2 metros de comprimento - sem contar a cauda,
que tem mais 1 metro. Para comparar, o leão (Panthera leo) mede entre 1,8
e 2,1 metros. Já no peso ambos empatam: têm, em média, 230 quilos,
embora alguns tigres possam chegar perto dos 300 quilos. Os dois felinos
também rivalizam na força e na ferocidade, por isso são os mais temidos
predadores do reino
Obs: 50% menor que o pré histórico.
O porque do gigantismos no passado?
Há vários outros animais pré- históricos que ainda posso usar como exemplo
de adaptação, mais vou me manter breve em minhas observações para expo
agora o porque do gigantismo de algumas espécimes do passado.
sem mencionar mudanças climáticas, alimentação escassa, e predação
constante. O maior responsável pelo gigantismo dos animais pré históricos
era o tempo de vida que eles tinham para se desenvolver e crescer. A
ciência não aceita o conceito de uma afirmação bíblica que diz em Genesis
6-3" Então disse o Senhor, não contendera para sempre o meu espírito com
o homem; por que ele, também, é carne: porem os seus dias serão cento e
vinte anos."
Veja abaixo o tempo de vida do homem antigo da geração de Adão a Noé :

Gênesis 5

1

" Este é o livro das gerações de Adão. No dia em que Deus criou o
homem, à semelhança de Deus o fez.

2

Homem e mulher os criou; e os abençoou e chamou o seu nome Adão,
no dia em que foram criados.

3

E Adão viveu cento e trinta anos, e gerou um filho à sua semelhança,
conforme a sua imagem, e pôs-lhe o nome de Sete.

4

E foram os dias de Adão, depois que gerou a Sete, oitocentos anos, e
gerou filhos e filhas.

5

E foram todos os dias que Adão viveu, novecentos e trinta anos, e
morreu.

6

E viveu Sete cento e cinco anos, e gerou a Enos.




7

E viveu Sete, depois que gerou a Enos, oitocentos e sete anos, e gerou
filhos e filhas.

8

E foram todos os dias de Sete novecentos e doze anos, e morreu.

9

E viveu Enos noventa anos, e gerou a Cainã.

10

E viveu Enos, depois que gerou a Cainã, oitocentos e quinze anos, e
gerou filhos e filhas.

11

E foram todos os dias de Enos novecentos e cinco anos, e morreu.

12

E viveu Cainã setenta anos, e gerou a Maalalel.

13

E viveu Cainã, depois que gerou a Maalalel, oitocentos e quarenta anos,
e gerou filhos e filhas.

14

E foram todos os dias de Cainã novecentos e dez anos, e morreu.

15

E viveu Maalalel sessenta e cinco anos, e gerou a Jerede.

16

E viveu Maalalel, depois que gerou a Jerede, oitocentos e trinta anos, e
gerou filhos e filhas.

17

E foram todos os dias de Maalalel oitocentos e noventa e cinco anos, e
morreu.

18

E viveu Jerede cento e sessenta e dois anos, e gerou a Enoque.

19

E viveu Jerede, depois que gerou a Enoque, oitocentos anos, e gerou
filhos e filhas.

20

E foram todos os dias de Jerede novecentos e sessenta e dois anos, e
morreu.

21

E viveu Enoque sessenta e cinco anos, e gerou a Matusalém.

22

E andou Enoque com Deus, depois que gerou a Matusalém, trezentos
anos, e gerou filhos e filhas.

23

E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos.

24

E andou Enoque com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus para si
o tomou.

25

E viveu Matusalém cento e oitenta e sete anos, e gerou a Lameque.

26

E viveu Matusalém, depois que gerou a Lameque, setecentos e oitenta e
dois anos, e gerou filhos e filhas.

27

E foram todos os dias de Matusalém novecentos e sessenta e nove anos,
e morreu.

28

E viveu Lameque cento e oitenta e dois anos, e gerou um filho,

29

A quem chamou Noé, dizendo: Este nos consolará acerca de nossas
obras e do trabalho de nossas mãos, por causa da terra que o SENHOR
amaldiçoou.

30

E viveu Lameque, depois que gerou a Noé, quinhentos e noventa e cinco
anos, e gerou filhos e filhas.




31

E foram todos os dias de Lameque setecentos e setenta e sete anos, e
morreu.



era Noé da idade de quinhentos anos, e gerou Noé a Sem, Cão e Jafé."
E vemos ai que o tempo médio de vida deles era entre 800 e 900 anos
10 vezes maior que o tempo de vida em nossos dias, a biblia so
menciona a geração de Adão até Noé, mas posso crer que muitos
daquele período viveram mais de 1000 anos de vida tendo um Maximo
físico de possobilidade de 1200 anos possíveis a serem alcançados.
Degeneração das Espécies
O tempo de vida médio hoje em dia é de 80 a 90 anos em países
desenvolvidos. O que deixa bem claro uma proporção de 10 para 1.
Contudo a aceleração de crescimento não devia ocorrer numa escala tão
linear pois vemos na bíblia homens pais aos 70 anos o que em nossa
conversão resultaria em um homem pai com 7 anos em uma escala de 1
ano nosso para 10 anos deles, o que leva-me a crer que o tempo de
maturação de um adolescente no período de Adão era 70 anos de idade
e a fase adulta em torno dos 180 anos o que valeria um homem de 24
anos atualmente. Um homem de 500 anos seria ai em diante com
aparência de um homem de 50 anos e um de 600 anos com a de
sessenta.
O tempo médio da fase de crescimento naquele período era em torno
dos 130 aos 150 anos de vida, sendo que a estrutura corporal já seria de
um jovem de 16 anos aos 100 anos de idade.
100 anos para desenvolver o corpo contra 16 anos atualmente, isso é
uma enorme diferença no tempo de maturação física, acredito que um
jovem de 100 anos de idade teria em torno de 4,00 metros de altuara
contra 1,70 do jovem atual. O que faz sentido é que o mesmo processo
de aceleração de envelhecimento tenha ocorrido em todas as espécimes
vivas em nosso planeta o que faria que um cachorro poderia viver 180
anos facilmente, e a escala usada em nosso estudo para o crescimento
do homem seja a mesma em proporção para todos os animais de acordo
com o seu metabolismo.
Resumo: os animais tendiam a serem maiores pois viviam mais tempo de
vida e com isso tinham mais tempo para desenvolver sua estrutura física
até a sua fase adulta.
Obs:o tempo de vida curto e acelerado atualmente impede o
crescimento Maximo do potencial genético de todas as espécimes.
Uma doença que mostra o efeito do envelhecimento precoce!




Progeria:
Não vou falar mais do que convém , sobre essa doença, ela acelera o
processo de envelhecimento de 7 anos em 1 do homem normal. Ou seja
uma criança com 10 anos se parece com um velho de 70 anos e a
estimativa máxima de vida é de 16 anos de vida o que daria em torno de
112 anos de um indivíduo comum sem essa doença. Ela é muito rara e o
ponto principal é que a estatura das pessoas com essa doença é entorno
de 1,00 metro, pois não há tempo para o corpo atingir o seu potencial
genético devido ao envelhecimento acelerado causado pela doença.
Segue abaixo uma ilustração de quem sofre com essa doença.








Conclusão: assim como na doença acima citada o tempo de envelhecimento
do homem e dos animais é um fator de extrema importância para a
maturação genética das espécimes, o que influencia em seu tamanho e
desenvolvimento físico e e mental o que prova que a delimitação do nosso
tempo Maximo de vida para 120 anos afetou o nosso desenvolvimento físico
e mental em relação ao nossos antecessores que tinham média de vida em
torno dos 800 anos contra nossos 80 anos atuais.



Desenvolvimento Cerebral Relacionado com o QI

Postado por Sandra Gouveia no blog Scienciae:

Muitos estudos realizados revelaram uma correlação entre o tamanho do
cérebro humano e a habilidade mental do indivíduo. Um estudo recente


C:\server instalação\icones de jogo\54.jpg
sugere que para o intelecto humano a maneira como o cérebro se
desenvolve é ainda mais importante do que as dimensões finais do mesmo.
Através da ressonância magnética, um grupo de psiquiatras do "National
Institute of Mental Health in Bethesda" analisaram o cérebro de cerca de
300 crianças saudáveis com idades compreendidas entre os 5 e 18 anos e
realizaram testes padrão de QI. A maioria dos indivíduos foram avaliados
com intervalos de dois anos e um programa computacional estimou a
densidade do córtex cerebral (fina camada de tecido na superfície do
cérebro e a zona de maior raciocínio).
Nas crianças com classificação acima dos 120 valores, nos testes de QI, o
desenvolvimento do córtex começou por ser relativamente pequeno. Depois
aumentou rapidamente atingindo um máximo de espessura por volta dos 11
anos, antes de decrescer. No caso das crianças com valores de QI médios
(por volta dos 100) a espessura do tecido cortical atingiu um máximo por
volta dos 7-8 anos.
Quando adultos, a zona cortical é semelhante em espessura quer para as
crianças com um QI elevado ou médio. No entanto, a principal diferença
reside no tempo de desenvolvimento e não no resultado final. Assim uma
das conclusões mais interessantes que se pode retirar deste estudo é que
um elevado tempo de maturação favorece o desenvolvimento intelectual.
O que é o córtex:

Córtex cerebral: a substância cinzenta está organizada em seis camadas
diferenciadas pela forma e tamanho dos neurônios, as células do córtex
integram as informações sensoriais e iniciam as respostas voluntárias.
Correlação entre o envelhecimento e a inteligência.

Esse estudo mostra que assim como o processo de desenvolvimento do
corpo é afetado com crescimento, ele também afeta diretamente o
desenvolvimento do cérebro e a capacidade de raciocínio de cada individuo,
veja que as pesquisas mostram que crianças que atingiram a espessura do


C:\server instalação\icones de jogo\image.axd.png
tecido cortical máximo por volta dos 7-8 anos de idade tiveram um QI
abaixo dos das crianças que tiveram a espessura do tecido cortical atingindo
um máximo por volta dos 11 anos. Logo por analise se o processo de
maturação do tecido cortical fosse a uma idade maior, esse individuo
poderia a principio ser mais inteligente. Não é só uma questão de tamanho
do cérebro, mas também uma questão de desenvolvimento. Quanto mais
lento for o desenvolvimento do tecido cortical em pessoas saldáveis maior
seria a sua inteligência.


Como no período pré diluviono o processo de envelhecimento e
crescimento era mais lento então a maturação do tecido cortical seria
também mais lenta, na verdade todo o processo de desenvolvimento do
corpo seria mais lento, o que explicaria maior capacidade cerebral. É claro
que se requer mais estudo sobre isso, mas todos os estudos observados
apontam que quanto mais lento for o desenvolvimento maior seria a
capacitação de cada individuo, saiba que estamos usando seres humanos
saldáveis com base nessa analise, e que a progeniase é uma doença, que
contudo mostra um serio problema em pessoas que a portam com relação
ao desenvolvimento do corpo.

Observação geral: o nosso envelhecimento acelerado com relação ao
envelhecimento dos pré diluvianos pode ter causado pela aceleração do
envelhecimento sérios distúrbios físicos em nosso corpo e na nossa mente,
nos fazendo inferiores a eles fisicamente em todos os sentidos, inclusive
mental. No caso do córtex a nossa sensibilidade sobre o mundo esterno
pode ter sido muito mais abalada do que outras áreas o que deixa bem claro
que a nossa mente atual não se desenvolve tanto quanto poderia em um
membro de nossa espécie em um passado distante. (certamente de adão


até Noé os homens eram mais perfeitos em todos os sentidos, físicos e
mentais).
O tempo de vida é um fator determinante para o processo de crescimento
em todos seres vivos, assim todos os corpos podem crescer conforme o
tempo determinado para o seu crescimento obtendo o Maximo possível
através da otimização de fatores internos e externos alheios ou não a sua
vontade e ação.
"se por uma tragédia todos as espécimes passarem a ter um
envelhecimento acelerado na casa de 7 por 1 e daqui a, 2000 anos todos os
homens e animais se tornem menores e viverem menos tempo, fazendo
dessa doença um fator normal para todos os seres vivos desta época, e da
nossa civilização so restarem poucos ossos, o que esses novos mines
homens pensaram de nós? o que dirão sobre os animais de nossa
época?será que acreditaram que podemos viver até 120 anos ? ou
chamaram como muitos de nos chamamos o povo pré diluviano de uma
grande mentira!"
Pense e reflita muitas coisas são possíveis a partir do momento que as
compreedemos. Jesus deu a outra face, e até hoje não aceitamos esse
exemplo. Ele andou sobre as águas e nos ainda não tentamos fazer o
mesmo, será que por isso ele não existiu?então deixe os nossos fatos atuais
e aceite os fatos do que se foi para não ser ignorante hoje amanha e para as
futuras gerações.
A geração da expresso adaptação.
Durante o processo de aceleração de envelhecimento houve um fator de
reestruturação genético acelerado, que promoveu, uma estrema hiper
adaptabilidade estrutural dos genes devido ao processo de envelhecimento
acelerado e as variações climáticas sazonais e regionais. Com isso houve
uma adaptação quase que expresso em cada animal em poucas gerações.

Quando houve a ordem de Deus para que o tempo de vida de cada ser
humano reduzisse, logo após aconteceu o dilúvio universal e com isso uma
variação climática acelerada em varias áreas e continentes, mesmo com a
diminuição das águas e o aparecimento de terra seca em áreas mais


elevadas as águas não foram se acomodando tão rapidamente como se
gostaria, assim a área de terra seca fazia com que tudo fosse uma só região
sem muita diferenciação uma da outra, quando as águas voltara ao seu
estado normal ao qual conhecemos hoje, as regiões começaram a se
distinguir uma das outras e a gerar uma enorme diferenciação climática
fazendo com que só seres aptos a aquele clima pudessem sobreviver .
Código da vida


Toda vida orgânica é composta por um código estrutural, esse código esta
contido em cada ser vivo, esse código é o DNA.
O DNA é responsável por estruturar todos os seres vivos, cada DNA é uma
copia exata de si mesmo, tanto o DNA do nossos cabelos como do nosso
sangue tenhem as mesmas informações, o DNA sabe efetuar todo um ser
vivo, pois um só DNA forma todo um ser vivo. O DNA se multiplica até
formar o individuo, e faz suas funções ate o fim da vida do mesmo. Um só
DNA tem todas as informações de toda a vida humana.
O que mais impressiona no DNA é a sua enorme capacidade de executar
informações. E é tanta informação que fizeram uma pesquisa sobre isso.
Leia:

A morte do vinil e o surgimento dos HDs pessoais multiplicaram a
quantidade de informação gravada no mundo, mas tudo que já foi


produzido pela humanidade ainda apanha feio de uma única célula humana.
Bem feio: há cerca de cem vezes mais informação codificada no DNA
humano do que em todos os livros, CDs, computadores, negativos de fotos e
todo tipo de lugar onde se armazenam dados, digitais ou analógicos.
Isso não significa que não exista muita coisa arquivada por aí. Em números
absolutos, podíamos armazenar, em 2007, ano analisado agora pelos
cientistas, 295 exabytes. Isso equivale a cerca de 295 bilhões de gigabytes
(um HD doméstico tem uns 300 gigabytes).
É o suficiente para encher 404 bilhões de CDs comuns que, empilhados,
cobririam um pouco mais do que a distância da Terra à Lua.
Os números são de uma pesquisa americana, publicada na revista "Science",
que analisou os dados produzidos e armazenados pela humanidade entre
1986 e 2007. Ela mostra que os meios analógicos dominaram a lista até
2002, quando foram superados pelos digitais. Em 2007, essa já era a forma
de armazenamento de 97% da informação.
Os dados guardados em papel, que, em 1986 já representavam apenas
0,33% do total, em 2007 passaram a representar 0,007% -qualquer vídeo de
dez minutos no YouTube tem mais informação ("é mais pesado", como se
diz na internet) do que uma enciclopédia inteira.
"É o primeiro trabalho a quantificar como os seres humanos lidam com a
informação", diz Martin Hilbert, da Universidade da Carolina do Sul, que
liderou o estudo.
Agora a questão abordada é, como tamanha informação existe em seres
supostamente nascidos espontaneamente do nada? Como do nada surgiu
esse código?veja que a enorme taxa de informação de nossa cultura é
inferior ao do nosso DNA. A existência do DNA invalida toda teoria
evolucionista, toda teoria de vida espontânea, e deixa espaço para apenas a
busca de quem colocou esse código vivo nos seres vivos. Um código de
tamanha complexibilidade, requer uma mente muito mais complexa. E essa
mente só pode ser de um Deus.

Quando olhamos para o DNA, vemos um milagre, pois estamos vendo nele
todas as ordens de nossa vida, Tudo o que somos esta nele, e ele está ali
como prova da existência de Deus. Se você achava possível o big bang existir
e formar os planetas, agora como pode existir o DNA nesse processo
aleatória. Se você acredita que todas informações do DNA podem ter
surgido de bases aleatória, então você pode crer também que tudo o que o
homem armazenou de informações foi feito por forças aleatórias, pois
maior é o DNA que todas as nossas informação reunida.


Capitulo 8-Novas coisas
De acordo com a bíblia, após a vinda de Jesus na consumação de nossos
tempos (apocalipse) revela que tudo se fará novo e não haverá lembranças
do passsado pois o 1° céu e a 1° terra já não existem mais.
"E VI um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira
terra passaram, e o mar já não existe."Apocalipse 21-1
" E Deus limpará dos seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte,
nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são
passadas." Apocalipse 21-4
"E, o que estava assentado sobre o trono, disse: Eis que faço novas todas as
coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis." ."
Apocalipse 21-5
Se tudo se faz novo, significa que não se usara nada desse universo, pois
novas serão todas as coisas criadas. É um novo conceito, uma nova forma de
vida, sem morte, pranto, dor e clamor. Toda nossa percepção e conciencia
será diferente. É um novo universo para um novo homem. Esse universo
será jogado no lago de forno
"E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os
sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a
sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no ardente lago de fogo e de
enxofre." Apocalipse 19-20
"E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde
está a besta e o falso profeta; e, de dia e de noite, serão atormentados, para
todo o sempre." Apocalipse 20-10
"E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo, esta é a segunda
morte." Apocalipse 20-14
Leia o texto final. Você sabia que a palavra inferno siginifica sepultura ou
mansão dos mortos. E que a sepultura de todos os homens é a terra. Todos
morremos dentro desse universo e esse universo nos torna um dia em
inferno, pois para todos os seres vivos o final é a morte.


A morte e o inferno serão lançados no lago de fogo, assim também
podemos pensar que esse universo será lançado lago de fogo. Esse universo
com suas regras e características tudo será queimado e desfeito, e não
haverá mais lembrança pois será um lago de fogo. Mais quente que o núcleo
do sol assim será desfeito a vida de nosso tempo.
É interessante ressaltar que o fogo tem um sentido espiritual de
purificação.E o fogo é um elemento físico que promove a transformação de
matéria em energia, assim o fogo representa uma passagem,uma
modificação e também o esquecimento do passado.



Capitulo 9-"HOUSTON, TEMOS UM
PROBLEMA!"
São 13 de abril de 1970, dois dias depois que o comandante da missão Jim
Lovell e dois outros astronautas saíram da atmosfera terrestre na Apollo 13.
Eles estão agora voando no espaço a mais de 3 mil quilômetros por hora,
ansiosamente esperando por uma caminhada que apenas alguns homens
fizeram: andar na superfície da Lua. Tudo está saindo conforme a planejada
em sua espaçonave tão. magnificamente projetada. Nas palavras do própria
Lavell, ele e sua equipe estão "felizes da vida'. Mas tudo. isso. está prestes a
mudar.
Depois de 55 haras e 54 minutos da início. da missão., lago. depois de
completar uma transmissão. de televisão. para a Terra, Lavell está
arrumando. alguns fios quando ouve um barulho. muito farte. Num primeiro
momento, acha que é apenas a piloto Jack Swigert fazenda uma brincadeira
ao. acionar secretamente uma válvula barulhenta. Mas, quando. ele vê a
expressão de preocupação na rosto. de Swigert — aquela expressão. que diz
"Não. fui eu!" -, Lavell rapidamente percebe que não. é uma piada.
O diálogo entre as astronautas Lavell, Swigert, Fred Haise e Charlie Duke
(Duke está na Terra, em Houston) é mais ou menos assim:
Swigert: — Houston, temos um problema.
Duke: — Aqui é Houston. Repita, por favor.
Lovell: — Houston, houve um problema. Tivemos uma queda de voltagem
na linha B.
Duke: — Entendido. Queda de voltagem na linha B.
Haise: — O.k. Neste momento, Houston, a voltagem parece ... estar boa.
Ouvimos um barulho bastante forte, juntamente com sinais de alerta aqui
no painel. Até onde me lembro, a linha B foi aquela que apresentou um pico
algum tempo atrás.
Duke: — Entendido, Fred.
Haise: — Esse solavanco deve ter abalado o sensor de oxigênio número 2.
Ele estava oscilando para baixo, em torno de 20 a 60%. Agora ele está no
ponto máximo.
Nesse momento, as astronautas não estão totalmente cientes da que está
acontecendo. Os sensores dos tanques de oxigênio parecem trabalhar de
maneira errática. Estão mostrando que a quantidade de oxigênio nos
tanques está variando 72 de 20% até a impossível quantidade de 100%.
Enquanto isso, a despeito da observação inicial de Haise de que "a voltagem
parece estar boa", diversas luzes de advertência na categoria "Avisos
Principais" do sistema elétrico do espaço nave estão dizendo o contrário.

Dentro de poucos minutos, a terrível natureza do problema torna-se
aparente. A Apollo 13 não. tem apenas um problema nos sensores. Ela tem


um problema real. A nave — localizado agora a mais de 200 mil milhas
náuticas da Terra e afastando-se de casa — está rapidamente perdendo
oxigênio e força. Duas das três células de combustível estão inativas e a
terceira está deteriorando-se rapidamente. Haise notifica Houston sobre a
situação da energia:
Haise: — AC 2 está vazia ... Temos agora uma queda na voltagem do circuito
A. .. Está mostrando 25 e meio. circuito B está zerado agora.
Então Lovell relata o problema do oxigênio:
Lovell: — ... e a quantidade de 02 no tanque 2 está marcando zero.
Entenderam?
Houston: — Quantidade de 02 no tanque 2 é zero.
Então, quando olha por uma escotilha, Lovell vê aquilo que parece ser um
gás escapando para o espaço pela parede lateral da espaço nave.
Lovell: — Está me parecendo, ao olhar pela escotilha, que alguma coisa está
escapando.
Houston: — Entendido.
Lovell: — Estamos ... estamos perdendo alguma coisa, algo está vazando
para o espaço.
Houston: — Entendido. Copiamos, algo está vazando.
Lovell: É algum tipo de gás.
Mais tarde, confirmou-se que o gás era oxigênio. Embora a tripulação não
soubesse disso ainda, o tanque de oxigênio número 2 havia explodido e
danificado o tanque 1 no processo. Lovell não podia ver o dano, apenas o
gás escapando.
Constante antrópica 1: Nível de oxigênio. Aqui na Terra, o oxigênio responde
por 21 % da atmosfera. Esse número preciso é uma constante antrópica que
torna possível a vida no planeta. Se o oxigênio estivesse numa concentração
de 25%, poderia haver incêndios espontâneos; se fosse de 15%, os seres
humanos ficariam sufocados. Lovell e sua equipe precisavam encontrar uma
maneira de manter o nível correto de oxigênio dentro da espaçonave.
Mas o oxigênio não era o único problema. Do mesmo modo em que
acontece na atmosfera da Terra, qualquer mudança em uma das constantes
dentro da espaçonave pode afetar as várias outras que também são
necessárias à vida. A explosão gerou um decréscimo não apenas no
oxigênio, mas também na eletricidade e na água. Na Apollo 13, a água e a
eletricidade são produzidas ao combinar-se oxigênio com hidrogênio em
células de combustível. Sem oxigênio, não haveria maneira de produzir ar,
água e energia. Uma vez que eles estão no vácuo do espaço, não existe
nenhuma fonte de oxigênio do lado de fora.
A situação é tão inimaginável que Jack Swigert diria mais tarde: "Se alguém
colocasse um acidente como esse no simulador", significando uma falha
quádrupla das células de combustível 1 e 3 e dos tanques de oxigênio 1 e 2,
"nós diríamos 'escute aqui, pessoal, vocês não estão sendo realistas' ".


Infelizmente não estavam no simulador, mas enfrentavam uma emergência
real numa espaço nave a dois terços do caminho para a Lua. O que eles
podem 73 fazer? Felizmente existe um bote salva-vidas. O módulo lunar
(ML) tem provisões que podem ser usadas numa emergência. O ML é a nave
acoplada na parte superior do módulo de comando (MC) que, controlada
por dois dos astronautas, descerá na Lua, enquanto o terceiro astronauta
permanece em órbita. É óbvio que descer na Lua é uma atividade que está
prestes a ser cancelada: salvar a vida dos astronautas é a nova missão da
Apollo 13.
Num esforço de economizar energia para a reentrada, os astronautas
rapidamente desligam o módulo de comando e sobem para o ML. Mas não é
por estarem no ML que os astronautas estão fora de perigo. Eles ainda
precisam circundar a Lua para conseguir voltar para a Terra. Isso vai levar
tempo — um tempo que não têm. O ML tem condições de sustentar dois
homens por cerca de 40 horas, mas precisa sustentar três homens por
quatro dias!
Como resultado disso, todo esforço é feito para economizar água, oxigênio e
eletricidade. Todos os sistemas não essenciais são desligados — incluindo o
aquecimento -, e os astronautas diminuem o consumo de água para apenas
um pequeno copo por dia. Sentindo-se mal, Haise logo começa a ter febre, e
os outros astronautas lentamente ficam desidratados. Isso torna a
concentração ainda mais difícil.
Infelizmente, pelo fato de todos os sistemas automáticos estarem
desligados, a situação exige uma grande concentração por parte dos
astronautas. Além de circundar a Lua, a tripulação precisa fazer várias
correções de curso manuais para assegurar que atinjam o ângulo correto de
reentrada e aumentem a velocidade de sua viagem de volta para casa. Para
fazer isso, eles terão de navegar manualmente pelas estrelas. Uma vez que
os escombros da explosão continuam em volta da espaçonave no vácuo do
espaço, os astronautas não podem distinguir as estrelas da luz do Sol
refletida nos escombros. Conseqüentemente, só lhes resta usar a Terra e o
Sol como pontos de referência navegacionais observáveis pela escotilha da
espaço nave.
Usando esse método bastante rudimentar, verificam seus cálculos repetidas
vezes para assegurar-se de que estão certos. Há pouca margem para erro. O
fato é que eles precisam colocar a espaço nave num ângulo de entrada que
não pode ser menor que 5,5 graus e não maior que 7,3 graus abaixo da linha
do horizonte da Terra (do ponto de vista da espaçonave). Qualquer desvio
dessa faixa fará a nave ricochetear para o espaço, para fora da atmosfera
terrestre, ou ser queimada durante a descida.

Constante antrópica 2: Transparência atmosférica. A pequena janela que os
astronautas devem atingir reflete os padrões perfeitos pelos quais o


Universo foi planejado. Enquanto a atmosfera apresenta-se como um
problema de entrada para os astronautas, ela também mostra qualidades
que são absolutamente essenciais para a vida aqui na Terra. O grau de
transparência da atmosfera é uma constante antrópica. Se a atmosfera
fosse menos transparente, não haveria radiação solar suficiente sobre a
superfície da Terra. Se fosse mais transparente, seríamos bombardeados
com muito mais radiação solar aqui embaixo (além da transparência
atmosférica, a composição da atmosfera, com níveis precisos de nitrogênio,
oxigênio, dióxido de carbono e ozônio, é, por si só, uma constante
antrópica).
Constante antrópica 3: Interação gravitacional entre a Terra e a Lua.
Enquanto começam a se preparar para circundar a Lua, os astronautas
deparam-se com outra constante antrópica.61 Essa constante está
relacionada à interação gravitacional que a Terra tem com a Lua. Se essa
interação fosse maior do que é atualmente, os efeitos sobre as marés dos
oceanos, sobre a atmosfera e sobre o tempo de rotação seriam bastante
severos. Se fosse menor, as mudanças orbitais.
61 Como é o caso da maioria das constantes, essa constante depende de
outras. A interação gravitacional, por exemplo, também é uma função do
tamanho da Lua, que é maior que outras luas em relação ao seu planeta. 74
provocariam instabilidades no clima. Em qualquer das situações, a vida na
Terra seria impossível.
Após seu encontro com a Lua, os astronautas são finalmente direcionados
para a Terra. Contudo, surge ainda outro problema. As delicadas condições
de vida dentro da espaçonave estão ficando contaminadas. A medida que o
oxigênio é consumido, os astronautas geram um novo problema
simplesmente por exalar, ou seja, o dióxido de carbono está começando a
alcançar níveis perigosos dentro da espaçonave. Se não conseguirem achar
uma maneira de filtrar o dióxido de carbono no ML, os três astronautas
serão envenenados por sua própria respiração!
O Controle da Missão pede que os astronautas desembalem filtros extras
criados para o módulo de comando (a parte da espaçonave que foi
descartada e que teve sua energia desligada) para verificar se eles podem
ser usados no ML. Contudo, em vez de receberem as tão esperadas boas
notícias, os astronautas logo percebem que os filtros do MC são de tamanho
e forma diferentes dos usados no ML! O fornecedor A aparentemente não
estava de acordo com o fornecedor B! Frustrado, o diretor de vôo Gene
Krantz — que pronunciou a famosa frase "O fracasso não é uma opção!" no
Controle da Missão — vocifera: "Isso não pode ser um projeto do governo!".

Revirando-se em busca de uma solução, os engenheiros da NASA em terra
começam a trabalhar freneticamente: procuram uma maneira de encaixar
os filtros quadrados do MC nos buracos redondos do ML apenas com os
materiais que podem ser encontrados na espaçonave. Eles descobrem uma


maneira de fazê-lo e começam a explicar o processo de montagem para a
tripulação. Esse processo engenhoso envolve o uso de papelão, pedaços da,
roupa dos astronautas, sacos para acondicionamento de materiais e fita
crepe (sim, ela também conserta qualquer coisa no espaço — não deixe de
ter uma em sua casa!).
Constante antrópica 4: Nível de dióxido de carbono. É claro que esse tipo de
implementação não é necessária aqui na Terra porque a atmosfera terrestre
mantém o nível correto de dióxido de carbono. Essa é outra constante
antrópica. Se o nível de CO2 fosse mais alto do que é agora, teríamos o
desenvolvimento de um enorme efeito estufa (todos nós seríamos
queimados). Se o nível fosse menor, as plantas não seriam capazes de
manter uma fotossíntese eficiente (todos nós ficaríamos sufocados — o
mesmo destino que os astronautas estavam tentando evitar).
Felizmente os filtros adaptados trabalham bem e dão à tripulação um tempo
valioso (além de fornecer ar respirável). Logo chega o momento de se livrar
do módulo de serviço danificado. Quando o módulo de serviço se afasta, a
tripulação vê pela primeira vez a extensão dos danos: a explosão do tanque
de oxigênio arrancou um pedaço da cobertura do módulo de serviço com
uma área de cerca de 3,5 m por 2 m, atingiu as células de combustível e
danificou uma antena. Se uma explosão com a metade da intensidade
tivesse acontecido perto do escudo do módulo de comando, o resultado
seria um problema catastrófico para a espaçonave e a perda da tripulação.
Ao se aproximarem da reentrada, a tripulação volta para o módulo de
comando para tentar religá-lo. Essa é sua única esperança de chegar em
casa (o ML não possui um escudo para proteção contra o calor). Mas com as
três células de combustível inoperantes e tendo apenas a eletricidade
fornecida por uma bateria, o procedimento normal de ligação do MC não
funcionaria. Não é possível religar todos os sistemas simplesmente porque
não existe força suficiente nas baterias! Como resultado, precisam confiar
em um novo procedimento de ligação que os engenheiros e astronautas da
NASA haviam acabado de desenvolver na Terra.
Para complicar, a água condensada está agora pingando dos painéis de
controle do Me, onde a temperatura abaixou, atingindo 3,30 C. Será que os
painéis 75 poderiam entrar em curto-circuito? Os sistemas necessários
entrariam em funcionamento? Esse é um ambiente perigoso para usar
eletricidade, mas eles não têm escolha.


Apesar do perigo, a nova seqüência de ligação dos sistemas é bem-sucedida,
e os astronautas colocam o cinto de segurança para a reentrada. De volta à
Terra, o mundo está de olho no destino daqueles três homens. Novos
boletins e coletivas de imprensa fornecem informações atualizadas. O
Congresso emite uma resolução pedindo que o povo norte-americano ore, o
papa pede ao mundo que faça o mesmo, enquanto a bordo de uma cápsula


espacial danificada aqueles três bravos norte-americanos aceleram rumo à
atmosfera terrestre com grande velocidade. Dentro de instantes, serão
puxados pela gravidade da Terra para uma velocidade máxima de
aproximadamente 40 mil quilômetros por hora. Isso equivale a pouco mais
de 11 quilômetros por segundo!
Constante antrópica 5: Gravidade. A gravidade que está puxando os
astronautas de volta para casa é outra constante antrópica. Sua força pode
ser impressionante, mas não poderia ser em nada diferente para que a vida
existisse aqui no planeta. Se a força gravitacional fosse alterada em
0,00000000000000000000000000000000000001 por cento, nosso Sol não
existiria e, portanto, nós também não.62 Isso é que é precisão!
62 Correspondência pessoal com Jeffrey A. Zweerink, físico pesquisador da
DCLA, October 23,2003.
Enquanto nossos astronautas se encaminham para a Terra em sua espaço
nave avariada, ninguém tem certeza se sobreviveriam à violenta e
intensamente quente reentrada. Muitas perguntas permaneciam sem
resposta: O escudo térmico está intacto? A nave está realmente no ângulo
de entrada correto? As baterias do MC funcionariam durante a reentrada?
Os pára-quedas abririam corretamente? Para deixar as coisas ainda piores,
havia um alerta de furacão na área de recuperação da cápsula.
À luz de todas essas incertezas, os astronautas elogiaram a equipe de terra
pouco antes do silêncio de rádio de três minutos que acompanha a
reentrada:
Swigert: — Olha, quero dizer que vocês estão fazendo um ótimo trabalho.
Houston: — Vocês também, Jack.
Swigert: — Sei que todos nós aqui queremos agradecer a todos vocês aí
embaixo o trabalho maravilhoso que fizeram.
Lovell: — É isso aí, Joe.
Houston: — Digo a vocês que foi muito bom fazer tudo isso.
Lovell: — É muito atencioso de sua parte.
Houston: — Essa é a coisa mais amável que alguém já me disse! Houston: —
O.k., perda de sinal em um minuto ... Bem-vindos ao lar.
Swigert: — Obrigado.
Durante a reentrada, um avião militar C-135 está voando em círculos pela
área de recuperação para prover o elo de comunicação necessário com o
centro de controle da missão. Contudo, depois de três minutos, não há
contato com os astronautas. A tensão cresce:
Houston: — A Apollo 13 deveria sair do blecaute agora. Estamos esperando
por algum relatório do ARIA (Apollo Range Instrumentation Aircraft).
Vôo: — Rede, nenhum contato do ARIA?


Rede: — Até agora nada, Vôo (longa pausa). 76 Já se passaram quatro
minutos desde a reentrada — ainda não houve nenhum contato. Nenhuma
reentrada durou tanto tempo.
Houston: — Aguardando um relatório sobre captação de sinal (pausa).
Finalmente o avião recebe um sinal da cápsula:
Houston: — Temos uma informação de que o ARIA 4 captou um sinal.
Mas ainda não há nenhuma confirmação de que alguém esteja vivo.
Houston: — Odyssey, aqui é Houston aguardando. Câmbio.
Para o alívio de todos, Swigert finalmente fala:
Swigert: — O.k., Joe.
Houston: — O.k., nós recebemos a transmissão, Jack!
Os astronautas estão vivos, mas ainda há um último obstáculo: os dois
estágios dos pára-quedas, primeiramente o de desaceleração e depois o
principal, precisam funcionar, ou tudo estará perdido. Sem a abertura
correta dos páraquedas, os astronautas serão esmagados quando a cápsula
atingir o oceano a 480 quilômetros por hora.
Houston: — Menos de dois minutos para a abertura do pára-quedas.
Momento de espera ...
Houston: — Relatório de que dois pára-quedas de desaceleração abriram
corretamente. Vem agora a abertura dos pára-quedas principais (pausa).
Aguardando confirmação da abertura dos pára-quedas principais.
Os pára-quedas principais abrem conforme planejado, e Houston obtém
contato visual.
Houston: — Odyssey, Houston. Estamos vendo seus pára-quedas abertos.
Isso é maravilhoso!
Finalmente, depois de quatro dias de um suspense de roer as unhas, os
astronautas, o Controle da Missão e o resto do mundo dão um suspiro de
alívio:
Houston: — Está todo mundo aplaudindo muito aqui no Controle da Missão!
... muitos aplausos enquanto os pára-quedas principais da Apollo 13
aparecem claramente nos monitores de televisão aqui.
A cápsula toca o oceano às 13h07 (fuso horário do leste dos EUA) de 17 de
abril de 1970.
O PRINCÍPIO ANTRÓPICO: O PROJETO ESTÁ NOS DETALHES
Quando algumas pessoas do Controle da Missão Apollo 13 começaram a
expressar dúvidas de que os astronautas pudessem voltar vivos, o diretor de
vôo Cene Krantz respondeu ao seu pessimismo com a seguinte frase:
"Senhores, eu acho que este será nosso momento mais agradável". E
realmente foi. A Apollo 13 ficou conhecida como o "fracasso bem-sucedido".
Os astronautas não puderam caminhar na Lua, mas voltaram com sucesso à
Terra apesar das condições quase letais que enfrentaram.

Assim como a tripulação sobreviveu apesar de todas as dificuldades que
enfrentou no meio dessas condições quase mortais, nós também
sobrevivemos contra todas as dificuldades neste pequeno planeta chamado
Terra. Tal como a nossa Terra, as espaço naves da série Apollo foram
projetadas para preservar a vida humana no meio do ambiente bastante


hostil do espaço. Uma vez que os seres humanos só conseguem sobreviver
dentro de um estreito espaço de condições 77 ambientais, essas naves
precisam ser planejadas com incrível precisão e milhares de componentes.
Se apenas uma pequena coisa der errado, a vida humana correrá perigo.
Na Apollo 13, a pequena coisa que colocou a tripulação em risco parece
insignificante demais para ser importante: o tanque de oxigênio número 2
caiu no chão de uma altura de 5 cm em algum momento antes de sua
instalação. Esses pequenos 5 cm danificaram a fina parede do tanque e
deram início a uma cascata de acontecimentos que culminaram com a sua
explosão.63 Devido à natural interdependente dos componentes, o
problema no sistema de oxigênio levou à falha os outros sistemas e quase à
perda da espaçonave e da tripulação. Pense nisto: aquela pequena queda de
uma altura de 5 cm gerou todos os problemas que os astronautas
precisaram vencer para que pudessem sobreviver. Isso resultou em pouco
oxigênio, pouca água e eletricidade, em muito dióxido de carbono e em erro
de navegação.
63 Você poderá encontrar o texto completo e mais informações sobre o
acidente no relatótio "Apollo 13 Review Board", disponível no site da NASA
em http://spacelink.msfc.nasa.gov/NASA.Projects/H
uman.Exploration.and.Development.of.Space/Human.Space.Fight/Apollo.Missions/Apollo.Lunar/Apollo.13.Review.Board.Report/Apollo.13.Review.Board.Report.txt;V.tb.http://solarviews.com/eng/apo13.htm#bang. Você poderá
encontrar uma transcrição da missão com comentários explicativos em
http://209.145.176.71 -090/awh/as13.html.
64 V comentários adicionais em Hugh Ross, "Why I Believe in Divine
Creation", in: Norman GEISLER & Paul HOFFMAN, eds. Why I Am a Christian:
Leading Thinkers Explain Why They Believe. Grand Rapids, Mich.: Baker,
2001, no capo 8. Mais dessas constantes são descobertas a cada instante,
tantas que Ross pretende atualizar a lista a cada trimestre. Verifique seu site
em www.reasons.org. Você poderá ler mais sobre a razão de a vida animal
ser rata no Universo em Peter WARD & Donald BROWNLEE, Rare Earth: Why
Complex Life Is Uncommon in the Universe. New York: Copernicus, 2000
[publicado em português pela Editora Campus, Sós no Universo?: por que a
vida inteligente é improvável fora do planeta Terra].
Tal como uma pequena mudança na espaçonave, uma pequena mudança no
Universo resultaria em grandes problemas para todos nós também. Como já
vimos, cientistas descobriram que o Universo — tal como uma nave espacial
— foi projetado com precisão para criar o próprio ambiente que suporta as
condições de vida em nosso planeta. Um pequeno desvio em qualquer um
dos inúmeros fatores ambientais e físicos (que estamos chamando de
"constantes") impediria, até mesmo, que existíssemos. Tal como os
componentes da Apollo 13, essas constantes são interdependentes — uma
pequena mudança em uma delas pode afetar as outras, chegando até
mesmo a impedir ou destruir as condições necessárias à vida.


O alcance da precisão do Universo faz o princípio antrópico ser talvez o mais
poderoso argumento para a existência de Deus. Não se trata de
simplesmente haver algumas constantes definidas de maneira bem aberta
que talvez tenham aparecido por acaso. Não. Existem mais de cem
constantes definidas com bastante precisão que apontam definitivamente
para um Projetista inteligente.64 Já identificamos cinco delas. Vejamos
outras dez:
1.Se a força centrífuga do movimento planetário não equilibrasse
precisamente as forças gravitacionais, nada poderia ser mantido numa
órbita ao redor do Sol.
2.Se o Universo tivesse se expandido numa taxa um milionésimo mais lento
do que o que aconteceu, a expansão teria parado, e o Universo desabaria
sobre si mesmo antes que qualquer estrela pudesse ser formada. Se tivesse
se expandido mais rapidamente, então as galáxias não teriam sido
formadas.
3.Qualquer uma das leis da física pode ser descrita como uma função da
velocidade da luz (agora definida em 299.792.458 m por segundo). Até
mesmo uma pequena variação na velocidade da luz alteraria as outras
constantes e impediria a possibilidade de vida no planeta Terra.
4.Se os níveis de vapor d'água na atmosfera fossem maiores do que são
agora, um efeito estufa descontrolado faria as temperaturas subirem a
níveis muito altos 78 para a vida humana; se fossem menores, um efeito
estufa insuficiente faria a Terra ficar fria demais para a existência da vida
humana.
5.Se Júpiter não estivesse em sua rota atual, a Terra seria bombardeada com
material espacial. O campo gravitacional de Júpiter age como um aspirador
de pó cósmico, atraindo asteróides e cometas que, de outra maneira,
atingiriam a Terra.
6.Se a espessura da crosta terrestre fosse maior, seria necessário transferir
muito mais oxigênio para a crosta para permitir a existência de vida. Se
fosse mais fina, as atividades vulcânica e tectônica tornariam a vida
impossível.
7.Se a rotação da Terra durasse mais que 24 horas, as diferenças de
temperatura seriam grandes demais entre a noite e o dia. Se o período de
rotação fosse menor, a velocidade dos ventos atmosféricos seria grande
demais.

8.A inclinação de 230 do eixo da Terra é exata. Se essa inclinação se
alterasse levemente, a variação da temperatura da superfície da Terra seria
muito extrema.


9.Se a taxa de descarga atmosférica (raios) fosse maior, haveria muita
destruição pelo fogo; se fosse menor, haveria pouco nitrogênio se fixando
no solo.
10.Se houvesse mais atividade sísmica, muito mais vidas seriam perdidas; se
houvesse menos, os nutrientes do piso do oceano e do leito dos rios não
seriam reciclados de volta para os continentes por meio da sublevação
tectônica (sim, até mesmo os terremotos são necessários para sustentar a
vida como a conhecemos!).
O astrofísico Hugh Ross calculou a probabilidade de que essas e outras
constantes — 122 ao todo — pudessem existir hoje em qualquer outro
planeta no Universo por acaso (i.e., sem um projeto divino). Partindo da
idéia de que existem 1022 planetas no Universo (um número bastante
grande, ou seja, o número 1 seguido de 22 zeros), sua resposta é chocante:
uma chance em 10138 — isto é, uma chance em 1 seguido de 138 zeros!65
Existem apenas 1070 átomos em todo o Universo. Com efeito, existe uma
chance zero de que qualquer planeta no Universo possa ter condições
favoráveis à vida que temos, a não ser que exista um Projetista inteligente
por trás de tudo.
65 "Why I Believe in Divine Creation", 138-41.
66 Apud Walter BRADLEY, ''The 'Just-so' Universe: The Fine-Tuning of
Constants and Conditions in the Cosmos", in: William DEMBSKl & James
KUSHINER, eds. Signs of Intelligence. Grand Rapids, Mich.: Baker, 2001, p.
168.
67 Apud GEISLER & HOFFMAN, eds. Why Iam a Christian, p. 142.
O ganhador do Prêmio Nobel Amo Penzias, um dos descobridores da
radiação posterior ao Big Bang, expõe as coisas da seguinte maneira:
A astronomia nos leva a um acontecimento único, um Universo que foi
criado do nada e cuidadosamente equilibrado para prover com exatidão as
condições requeridas para a existência da vida. Na ausência de um acidente
absurdamente improvável, as observações da ciência moderna parecem
sugerir um plano por trás de tudo ou, como alguém poderia dizer, algo
sobrenatural.66
O cosmologista Ed Harrison usa a palavra "prova" quando considera as
implicações do princípio antrópico na questão de Deus. Ele escreve: ''Aqui
está a prova cosmológica da existência de Deus — o argumento do projeto
de Paley atualizado e reformado. O ajuste uno do Universo nos dá
evidências prima facie do projeto deístico".67
"este capitulo inteiro HOUSTON, TEMOS UM PROBLEMA!", foi retirado do
livro( não tenho fé suficiente para ser ateu.)



Capitulo 10- YAHOO
Esse foi um teste aberto de perguntas polemicas respondidas por
participantes do Yahoo, por mim elaboradas.
PERGUNTA:1
O universo tem 13,7 bilhões de anos?
se o universo tiver 13, 7 bilhões de anos mesmo creio que a energia
existente nos átomos estáveis já teria se esgotado, e mais, 13,7 bilhões de
anos é muito pouco tempo para se formar eleatoriamente tudo que existe
hoje em dia, pois as chances são menores que 0,00000000000000000001
por cento, mesmo que déssemos uma super ajuda em acredita que tudo já
estivesse ordenado para a formação de uma única bactéria, ainda sim as
probabilidades seriam remotas. pois as teorias atuais são mais fantasiosas
que contos de fada. era mais facil existir Peter pan do que o big bang ter
formado a vida na terra.melhor, a própria teoria do big bang é uma super
utopia, pois não haveria estabilidade no universo nem em 100 bilhões de
anos apois a partida inicial, pois a principio em um espaço vazio não há
gravidade, e a velocidade da projeção da mega explosão geraria mais
energia do que matéria solida, alem de caso houvesse matéria solida ela
estaria a uma enorme velocidade no espaço que nem um buraco negro
poderia capturar. e sem gravidade não há aglomeração de matéria. e sem
isso não há planetas
se alguem puder provar ao contrario agradeço!
mas por favor não use datação explicando que muito tempo forma vida,
pois todos sabem que o tempo tem fator degenerativo em todo processo de
construção. mais tempo so piora a explicação? seja lógico na sua resposta.
RESPOSTA 1


Formar tudo que existe hoje (incluindo toda a vida) de uma vez só e
aleatoriamente é impossível. Mas não é impossível formar aleatoriamente
uma pequena e simples molécula que tenha propriedades mínimas de
replicação. Uma vez feita essa molécula começa a atuar a seleção natural e a
vida evolui naturalmente gerando os seres mais complexos, não
aleatoriamente, mas por regras naturais como a física, química e biologia.


Estas regras potencializam enormemente a capacidade de progressiva
complexidade dos seres vivos, acelerando muito todo o processo.
Mas se considerares todo o resto inanimado do universo, ele continua bem
simples. Basicamente o que existe são nuvens dispersas e esferas compactas
de gás. Estas últimas, por uma simples lei física, se aquecem e geram
energia nuclear por fusão. Tudo muito simples mesmo.
A propósito, conto de fadas é fazer um bonequinho de barro... etc. etc. etc.
Pergunta 2
O que havia antes do big bang?
Antes de haver o big bang, e também haver os átomos que origiranaram a
explosão inicial do universo a 13,7 bilhões de anos atras. o que existia até
então?
Não creio nessa teoria, Mas vejo nela um sentido exato sobre o começo de
tudo, o antes do big bang é uma resposta verdadeira e inegável. antes do big
bang é a verdade absoluta de tudo.
Deus não fez o big bang..... Leia a bíblia e verá que lá não tem essa
historia.........e para a bíblia o universo tem 6.000 anos apenas.e tudo foi
feito diferente na bíblia em relação a ciência contemporânea.
Mas a pergunta ainda paira no ar.
O que havia antes do big bang,antes do espaço,antes do tempo e antes
obviamente da matéria?o que havia antes de haver algo.?
essa é a verdade de tudo!
melhor resposta
nada. havia preto sem nada só um espaço sem nada.
comentário do autor da pergunta:


boa resposta, antes de haver a 1° coisa não havia nada, isso é exato e
incontestável. até a explicação matemática é simples 0-1-2 etc. o começo é
sempre 0, o 0 é o absoluto principio de tudo, você pode achar 0,000001 ou


mais de divisões do numero 1, contudo antes dele estará o 0 puro e
simplesmente.
Resposta 2
O começo é sempre 0???
É mesmo? Faltou á aula de matemática?
E o -1, -2, -3... -oo???
Vc quer entender o universo com uma raciocínio tosco desses? Fala sério!
Resposta 3
"Antes de haver a primeira coisa não havia nada." O Nada Absoluto nunca
existiu. Por quê? Porque se o Nada Absoluto alguma vez existiu, ainda hoje
existiria!
Se o Nada Absoluto tivesse existido não haveria nada além dele que
causasse a existência das
Essa é a verdade de tudo???
É a SUA verdade, pq pra física a verdade é outra bem diferente!
O tempo não existia, mas pra compreenderes isso vc tem que estudar
relatividade! Parece esquisito isso do tempo estar ligado ao espaço? Ah
certamente, mas tb é igualmente estranho a dilatação do tempo, o salto
quântico, a dualidade particula-onda, o buraco negro, o hiperespaço, e
tantos outros fenômenos que fogem ao chamando bom senso.
Mas goste vc ou não o universo é assim!
Não gostou? Então faça um curso de física, faça um mestrado seguido de
um doutorado e depois disso tudo proponha uma nova teoria que se
encaixe nos dados experimentais.
Agora podes ficar certo que não vai ser escrevendo livrinhos religiosos
que vc vai conseguir convencer alguém que a bíblia está certa e a ciência
errada!
Aproveitando o embalo, me explique por essa sua bibliazinha o desvio
pra o vermelho, a radiação residual de fundo, a composição das estrelas
primordiais.


Achou a explicação bíblica pra esses FATOS COMPROVADOS? Não, deve
ser pq a biblia está ERRADA!
Agora se preferes ter uma fé baseada numa crença cega (e fanática) da
biblia, só lamento...
Resposta 4
cara nao vou escrever um texto vou ser bem direto
nao existia nada
nao existia espaço
nao existia tempo
nem gravidade
nada
absolutamente nada.
Pergunta 3
Todo o universo foi feito a 6000 anos atras,
defenda essa teoria!?
Só vale defesas cientificas, nada de usar respostas do tipo (pois está escrito
assim na bíblia) isso não será valido para essa pergunta.
exemplo:O processo de criar tudo em um espaço de tempo de 6 dias de 24
horas cada, parte do principio de haver Deus, e nele capacitação (poder)
para gerar tudo a partir do nada.
contudo vemos que toda a matéria possui uma estrutura bastante complexa
dentro de si, o que nos faz pensar sobre um processo lógico de formação da
mesma. complexibilidade de um projeto aponta para a inteligência de um
arquiteto.
o universo é belo, o nosso planeta ainda mais belo, os seus habitantes são
belos, o que demonstra arte... arte é outro fator humano e requer
elaboração para que seja feita.
2°-o universo parece que foi projetado para que houvesse vida somente
aqui, pois tudo parece está perfeitamente alinhado e meticulosamente
estruturado para que houvéssemos e vivêssemos aqui e somente aqui. logo
o universo se demonstra planejado como uma cidade com uma casa perfeita
(terra) para seus habitantes.

3°-a simplicidade de Deus não precisar ser matéria, isso ajuda com relação
ao seu nascimento. Deus é o primeiro, e é então possível de se explicar da
uma forma cientifica que a bíblia apresenta a existência de tudo a partir de
Deus, isso só se torna possível pois Deus pode ser o principio.... pois ele é


uma estrutura simples.... já o big bang é uma estrutura complicada demais
para dar inicio do nada.
4°-uma seqüência lógica de arquitetura é um princípio plausível para se
forma tudo,, quando hoje em dia criamos universos virtuais (jogos por
exemplo) usamos o mesmo processo de criação que a bíblia apresenta.
mantenham o nível ou o elevem.
Melhor resposta:
A razoabilidade de uma criação recente em seis dias é evidente a partir de
séculos de debate entre a ciência e o cristianismo. A hipótese de uma longa
história de vida na Terra surge dos conceitos uniformistas da geologia e da
evolução biológica dos séculos XVIII e XIX de uma fonte comum baseada em
probabilidades percebidas e seleção natural. Roth, porém, mostra como os
recentes desenvolvimentos na ciência tem cada vez mais desafiado o
uniformitarianismo a favor do catastrofismo global, observando que o ponto
de partida começou com as observações de fenômenos globais como a
produção de correntes de desordem produzindo deposição rápida. Ainda
mais revelador é o surgimento recente das teorias que explicam a extinção
dos dinossauros por meio de uma catástrofe global como resultado de um
asteróide ou cometa. O surgimento do neocatastrofismo, que adiciona ainda
mais apoio à enxurrada de modelos que explicam os depósitos geológicos
em termos de evolução rápida e recente, tem dado um apoio adicional para
uma criação recente.
2. A evolução biológica ainda tem encontrado desafios significativos em seus
próprios proponentes. Curiosamente, cientistas como Stephen Gould e Niles
Eldredge têm promulgado o conceito de equilíbrio pontuado, a fim de
explicar a falta de evidência de fósseis de transição. Além disso, Michael
Denton, numa base puramente científica, desafiou a validade dos
evolucionistas argumentando a partir da paleontologia até à biologia
molecular.
Concluindo, a teoria da evolução está longe de ser um fato provado, abrindo
espaço para o relato bíblico da criação como uma alternativa razoável.
Resposta 2
Tudo que você falou é opinião e forma de pensar sua nada é
comprovado.

Agora que o universo foi feito em 6 mil anos eu duvido. Porque só a
formação geológica do Grand Canyon levou 2 bilhões de anos para se
formar. A não ser que Deus quando fez o universo fez até as erosões prontas


do jeito que são hoje em dia, mas é meio difícil de acreditar que alguém iria
perder tempo criando erosão ainda mais um deus.
Agora uma coisa que não entendi.
Você acredita que Deus surgiu do nada e fez o universo inteiro surgiu do
nada apenas pronunciando o nome das coisas seja certo e verdadeiro, mas
critica a teoria do Big Bang.
Sinceramente eu não entendo cabeça de cristão.
Resposta 3
Desculpa por não responder, mas eu tinha q falar iso depois de ler a sua
pergunta: "CARA, TU É UM GENIO" adorei a pergunta, vo acompanhar as
respostas. Eu não acredito em criação divina, na minha opinião nó somos
fruto do acaso: por acaso a terra ficou a uma distancia favoravel do sol, por
acaso moléculas organicas se fundiram e evoluira formando vida, e por sorte
mesmo ainda estamos aqui!!
Resposta 4
Não existe defesa científica para essa teoria. Todos os dados coletados
indicam que o universo possui cerca de 13,5 bilhões de anos.
E a vida na Terra também possui centenas de milhões de anos, os fósseis
estão aí como prova.
Pergunta 4
o que é imatéria ? um teste de novos
conceitos.?


Esse é um teste sobre observações de uma teoria por mim elaborada, quero
que alguém me de uma idéia nova ou um comentário favorável ou contra,
todas as observações serão bem vindas!
Antes de Deus construir o 1° universo ele projetou esse universo com uma
maquete para como um construtor, ordena, esquadrinhar e controlar tudo
da forma que ele queira, e para construir ele usou de si mesmo uma espécie
de código matemático consciente pra equacionar toda as formas de vidas
deste 1° e também do 2° universo( o nosso), e parte por parte conforme a
sua vontade foi sendo tudo feito pela sua palavra"vontade". Esse código
matemático vivo e inteligente funciona como um programa de computador


em sua estrutura interna, sem uma interface. Ele mostra apenas as funções
de vida de forma sensível como sentimentos, emoções, ações e
pensamentos.essa estrutura de código gerou o primeiro universo e seus
primeiros habitantes "anjos",os quais dentro dessa 1° estrutura Deus pode
se manifestar aos seres por ele criado "anjos".
A imateria é a mais poderosa ferramenta existente no universo, a qual só
Deus possui controle, ela é antecedente a toda criação e por meio dela
através de Deus tudo foi feito.
Matéria e imateria (i=não //matéria = existente de forma física).
"Todo o1°e 2°universo é feito por imatéria, contudo toda submatéria do 1°
universo possui dentro de si uma imatéria que controla essa submatéria
assim como todo 2° universo possui matéria r submatéria controlada por
imatéria."
Ela é Ciência maior. A qual Deus, dá com o nome de "SABEDORIA", e ele a
usou e a usa para controlar tudo através da sua onisciência,onipotência,
onipresença.
Vejamos abaixo atentamente a descrição da palavra sabedoria descrita por
Salomão, ele declara uma sabedoria que age diferente do nosso conceito da
palavra saber, observe que a palavra sabedoria aparenta ter consciência e
vida própria, e é usada como um substantivo.E a mesma se mostra como
interlocutora do dialogo, 'é a sabedoria quem esta falando" de forma viva e
consciente e estando em vários lugares, também é dita como sendo uma
primazia, antecedendo a criação dos universos e se igualando a eternidade
de Deus.
Olhe atentamente as suas funções, o modo e o valor que o texto a dá, então
apartir daí você verá que a sabedoria é um diferencial da criação do
universo e e da vida que há dentro dele.
texto biblico de proverbios 8
12 O Senhor me possuiu no princípio dos seus caminhos, e antes das suas
obras mais antigas.
13 Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo da
terra.
14 Antes de haver abismos, fui gerada, e antes de haver fontes carregadas
de águas.
15 Antes que os montes fossem firmados, antes dos outeiros, eu fui gerada.
16 Ainda ele não tinha feito a terra, nem os campos, nem sequer o princípio
do pó do mundo.
17 Quando Ele preparava os céus, aí estava eu; quando compassava ao
redor a face do abismo;
18 Quando firmava as nuvens de cima, quando fortificava as fontes do
abismo;
19 Quando punha ao mar o seu termo, para que as águas não trespassassem
o seu mando; quando compunha os fundamentos da terra;
20 Então eu estava com ele e era seu aluno: e era cada dia as suas delícias,


folgando perante ele em todo o tempo;
21 Folgando no seu mundo habitável, e achando as minhas delícias com os
filhos dos homens.
22 Agora, pois, filhos, ouvi-me, porque bem-aventurados serão os que
guardarem os meus caminhos.
23 Ouvi a correcção, não a rejeiteis, e sede sábios.
24 Bem-aventurado o homem que me dá ouvidos, velando às minhas portas
cada dia, esperando às ombreiras da minha entrada.
1.b A diferença entre o 1°e o 2° universo.
No 1° universo só existe imateria e sub-matéria, já no 2° universo temos
imatéria, sub-matéria e matéria.
A imatéria não é possível de ser tocada ou sentida pois ela não é um corpo
material ou sub-material , contudo dentro de toda sub- matéria e matéria
existe uma imateria que a controla, assim como um programa de
computador controla o hardware a imatéria controla a sub-matéria e a
matéria.
Para especificar a imatéria estudada iremos defini-La como (imatéria de
controle sub-material e material ou ICSM)
O ICSM é responsável pelo controle de toda sub matéria e matéria do nosso
universo presente e é a ligação do nosso tempo com os 3 tempos do
universo . que é passado, presente e futuro.
Pra que existe a ICSM ?
Para criar, controlar,moldar, remodelar e temporizar toda vida da sub-
matéria e matéria dos universos. Ela é o DNA de toda a vida material e sub-
material do universo, pois em cada imateria existe todo o código de funções
de todas as sub-matéria e matérias existentes, assim como sua função
temporal pré definida.
tem mais explicação mais não cabe aqui.
comente a vontade e darei 5 pontos, e quem sabe um acrescimo em meu
livro de sua observação.
Categoria
Resposta única
Bereshit bara Elohim et shamayin veet haaretz.
No princípio criou Deus os céus e a terra.


Bara - criou, no hebraico significa criou do nada, ex nihilo, sendo assim a
imatéria se torna consistente no momento da criação e cabe a Deus
organizá-la por meio da Sabedoria (Jesus) e da Palavra de sua boca (O
Verbo) para torná-la como o que vemos hoje, pois a partir do Verbo todas as
coisas foram feitas e o nada de onde veio o mundo pode ser de certa forma
traduzido por tudo, porque apesar de ser o nada material era o tudo de toda


a matéria, ou seja, o Verbo era realmente a fórmula matemática para a
formação do universo, porém fórmulas matemáticas não podem por si só
criarem nada, assim houve o impulso da Palavra, alguém a proferiu como
criador de toda matéria, pois a matéria independe da própria matéria e
pode se tornar como ela mesma a partir do nada, assim como fórmulas
matemáticas criam bombas atômicas por exemplo.
João 1:1
En arkê en o Logos kai o Logos en pros ton Theo kai Theon en o Logos.
No princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus.
Portanto não é à toa que Gênesis 1:1 se parece tanto com João 1:1, pois o
Verbo sendo Deus nos remete a pensar que Deus como proferidor do Verbo
para criação é tudo e inclusive a própria Palavra dita para criação, desta
forma temos como imatéria a matéria espiritual do Criador, assim a imatéria
é o tudo que não vemos e o nada que achamos existir.
Pegunta 5


É possivel colocar 2 toneladas de diamante
num espaço do tamanho de uma bola de
gude ou uma uva.?



essa pergunta foi feita para exemplificar a complexibilidade que seria por
todo o Universo em um espaço menor do que esse, é por isso que a teoria
do big bang não diz tentar explicar a origem do universo mas sim a sua
expansão, pois o principio da origem é impossível e inviável, contudo se
pudéssemos fazer essa simples coisa proposta ai talvez poderia fazer algum
sentido, uma enorme densidade apresentada nessa teoria in-viabiliza toda
sua formulação.
Há só para não esquecer, como do nada surgi essa super bola de gude que
formou tudo, e antes que um sabichão diga que era do tamanho menor que
de um átomo essa formulação varia de linha de estudos. vai desde uma bola
de tênis a esse tamanho atômico.


responda a favor ou contra há essa possibilidade, não importa a minha
opinião pois sempre aceito a melhor resposta. já pontuei mas idéias
contrarias do que a favor.
Respostas:
eu sempre achei isso que vc disse: "...é por isso que a teoria do big bang não
diz tentar explicar a origem do universo mas sim a sua expansão...".
a teoria do bigbang explica a expansão, e a teoria teológica, explica a origem
um complementa o outro.
pq deus não teria a capacidade de criar o bigbang?
Comentário do autor da pergunta:
Deus não criaria um big bang pois isso não é uma maneira de se
construir, já pensou em fazer um edifício dinamitando pedras e
espera que isso forme um prédio, seria isso sua resposta. e saiba
que BB é uma tentativa de excluir Deus de seu trabalho (Criador),
a expansão pode ser V/, mas não fez o Big Bang


Pergunta 6

Havia dinossauro antes do diluvio?



o dilúvio ocorreu em 2242 AC de acordo com a bíblia, e houve um período
de 1656 anos de historia entre Adão até o dilúvio pois adão nasceu no ano
de 3898 AC, a pergunta é se pode ter havido ou não dinossauros sobre a
terra nesse período.
vou da a minha respota: quando Deus criou todos os seres vivos ele os criou
para viverem em paz (sem tabela de predadores),eram eles grandes fortes e
belos, contudo apois o pecado apareceu o desequilíbrio e o sistema teve
que se readaptar. com a readaptção alguns animais podem ter sido grandes
e vorazes e muitos outros pequenos e frágeis demais para suportarem a
cadeia alimentar, acredite ou não o principal fator que explica o tamanho de


grandes animais incluindo o homem pré diluviano foi a longa taxa de vida,
pense, se podíamos viver mais também teríamos ciclos de vida maior e
conseqüentemente poderíamos crescer mais, a doenças que afetam a
velocidade de envelhecimento e com isso alteram o metabolismo, se um
homem amadurecer 7 vezes mais rapido ele tende a perder até 40 por cento
de seu tamanho (quem possui progeniase tem em media 1,1 metros de
altura e uma desproporção do celebro com o corpo)
logo deduzo que isso deva explicar o tamanho de grandes animais do
passado.
creio também que a maioria desses grandes animais tenha sido extinta pelo
homem e auto predação bem antes do dilúvio devido a ameaça e também
pelo fato deles requererem muito mais alimento que as vezes poderiam
obter.
até os animais de grande porte herbívoro sofreriam em migrações devido a
dificuldade em obter alta quantidade de vegetais e ervas.morreriam por
fome, predação humana e de outros grandes predadores. contudo acho que
a fome foi o que os eliminou em grande parte o que deduzo que bem antes
do dilúvio a maioria já era extinta, tanto carnívoros como herbívoros.
uma hipótese também levantada é que na arca de noé só haveria entrado
animais que hoje existem e também já haviam no passado, se você estudar
a historia dos grandes mamíferos e repetis verá que alguns deles tenham
semelhança com alguns animais atuais, mamutes com elefantes, lobos pre
historicos com lobos atuais, tigre dente de sabre com tigres etc....esses
animais devem ter sofrido mutação ( assim como sofrem seres humanos
com doenças da progeniase ) e de um estagio para o outro passaram a ter
uma forma extremamente diferente, sem deixar elos de transição em sua
cadeia morfológica.
esse animais entraram na arca, não todos os animais que hoje existem, mas
sim todos animais que existiam antes e existem agora também. pois creio
que muitos animais foram por Deus criado depois do dilúvio, não que para
isso tenhamos uma nova criação, mas sim um complemento para uma nova
era ( lembre-se que até antes do dilúvio não se havia arco ires ) e é costume
de Deus fazer coisas novas para novas perspectivas ( leia apocalipse "eis que
faço nova todas as coisas").
assim a teoria dos dinossauros é até serto ponto valida, não que eu creia em
tudo da exata forma apresentada ( os animais eram feios de mais, e se você
pensar bem, muitos deles nem poderiam andar devido a sua desproporção


em sua reconstituição ).
não estou dizendo que o que falo está 100 por cento certo, é uma hipótese
contudo bem relevante dado os fatos apresentados até o momento.
houve antes do diluvio uma mensagem de Deus quanto a reduzir o tempo
de vida devido ao pecado, e isso deve ter causado variação moforlogica em
todos os seres vivos.
há mais coisas mais não cabe aqui espaço, isso só é uma síntese do meu
livro.
deixe suas observações que assim posso avaliar suas idéias sejam elas
favoráveis ou contra. pode expor de forma livre que procurarei julgar
apenas a coesão da mesma.
Resposta melhor:

É possível também que eles tenham vivido junto com o homem, antes do
dilúvio. A ciência já mostrou que a maioria era herbívora. Eles eram
gigantes? Antes do dilúvio também haviam homens gigantes e grandes
caçadores... Se havia uma cobertura de vapor sobre o firmamento (ou até
mesmo, o fato de os continente possivelmente estarem unidos antes deste
numa única "porção seca", gerando um clima uniforme) isto pode ter
cooperado para que crescessem tanto - assim como os homens gigantes.
Outro fato, é que talvez eles viveram muito antes do dilúvio, e por isso
cresciam bastante. Antes deste, as pessoas viviam quase mil anos!
Se foi assim, Noé poderia levar consigo filhotes e/ou ovos na arca. A
extinção seria quase total, e quase nenhum sobreviveu após o dilúvio (sobre
o dilúvio e dinossauros: http://criacionismoevidencias.blogspot.c
VEJA NESTE SITE ABAIXO UMA EXPLICAÇÃO CRIACIONISTA SOBRE OS
DINOSSAUROS:
PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE OS DINOSSAUROS E A BÍBLIA
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alf



MAIS
http://www.jesusvoltara.com.br/atuais/di
http://www.cacp.org.br/movimentos/artigo
http://arqueologia-biblica.blogspot.com/
Há um ótimo estudo respondendo sobre as principais dúvidas e perguntas
sobre o dilúvio e a arca de Noé, abordando os seguintes assuntos:
Tópicos (assuntos) abordados:
• Catastrofismo e algumas evidências do dilúvio
• Relatos de povos e culturas diferentes sobre o dilúvio como "UM FATO"
histórico
• Definições de Dilúvio
• Tamanho e dimensões da Arca de Noé
• DE ONDE VEIO E PARA ONDE FOI TODA A ÁGUA DO DILÚVIO
• COMO A ÁGUA DOCE E ÁGUA SALGADA NÃO SE MISTURARAM NO
DILÚVIO?
• COMO CABERIAM TANTOS ANIMAIS NA ARCA DE NOÉ?
• HAVERIA GUERRA ENTRE CARNÍVOROS E HERBÍVOROS DENTRO DA ARCA?
• COMO ANIMAIS ESPECÍFICOS DE CADA REGIÃO FORAM ATÉ A ARCA
• COMO AS PLANTAS SOBREVIVERAM AO DILÚVIO?
• COMO MICRÓBIOS SOBREVIVERAM AO DILÚVIO
• COMO INSETOS E ARTRÓPODES SOBREVIVERAM AO DILÚVIO


• PORQUE OS CUPINS NÃO DEVORARIAM A ARCA
• Sobrevivência após o dilúvio
• Variação após o dilúvio
• Teoria das Hidroplacas
• Poderia ter havido apenas um único continente no mundo antediluviano?
• Sete, ou um par de cada espécie?
• O que seriam as "águas acima do firmamento", no período antediluviano?
• Baraminologia
• Madeira usada na construção da arca

Fonte(s):

http://criacionismoevidencias.blogspot.c
(ou para download:http://www.4shared.com/file/111178826/c0… )
Dêem uma olhadinha!
Este estudo já respondeu à dúvida de muitos...
resposta 2
eu nem vou ler sua pergunta
dilúviu é uma lenda tirada dos sumérios da epopéia de gilgamesh
não existiu dilúvio, os dinossauros nunca conviveram com os seres humanos
e nem com a maioria dos animais que existem hoje.
Pergunta 7


Não tem como se acreditar na teoria do big
bang.?



Estou lendo essa teoria a mais de um mês e vejo o tempo inteiro mais
desinformação que explicação para a mesma.
exemplo: e se calcularmos a velocidade atual de expansão com relação a
distancia observada veremos que o universo tem mais de 2 trilhões e meio
de anos, acredite se quiser, se o universo tivesse crescendo de forma
idêntica a atual ele teria essa idade. contudo a data que eles dão é de 13.7
bilhões.
ai eles dizem que o universo inflacionou... ou seja, que quase todo universo
atual ( passou a existir de uma so vez, pois a força inicial teria gerado grande
parte do universo de uma so vez) legal isso. então ai não precisamos de um
universo tão antigo podemos reduzir a sua data, contudo inflação apontaria
para uma expansão mais acelerada do que a atual ou um universo bem
maior que o calculado.... exemplo: até o universo para de se inflacionar ele
teria uma dimensão em anos luz bem maior do que se calcula atualmente, e
segundo o que impedio a inflação. dizem eles a gravidade, agora se ve que
toda matéria comum que conhecemos só representa 5% de toda matéria
gravitacional existente. ou seja que se olharmos só para matéria atual a
inflação do universo seria enorme, ai ficam querendo estudar 2 formas de
matéria fantasma que teoricamente explicaria todo o resto, (2 TIPO DE
MATÉRIA ESCURA) logo não se vê nenhuma explicação coerente sobre o big
bang. o universo se demonstra em grande parte homogêneo, e as teoria não
se encaixam e se parecem mais com gigantescos queijos suíços, é serio
mesmo vou desistir de ler sobre isso pois não há parâmetro nem segurança
de verdade nas mesmas teorias, são apenas especulações que tenhem se
demonstrado impossíveis de serem verdade. eu prefiro começar a repensar
no processo do que considerar a expansão atual como ponto de partida.
vou propor uma alegoria para explicar o porque não se crer no big bang.
ex: eu comprei um quebra cabeça que possui 20 mil peças, e esse quebra
cabeças tem um numero pequeno de gravuras diferentes, contudo esse
quebra cabeça está completo mas acontece um enorme problema no
processo, em vez de eu querer usar a gravura que vem na caixa do quebra
cabeça eu tento usar uma gravura imaginada na minha mente. ai eu começo


a montar e varias peças vão se encaixando, mas pergunto a vocês, será que
vai está certo a montagem.
é assim a teoria do big bang, varias peças que se encaixam mas que se tenta
montar uma figura errada, logo essa figura idealizada na montagem não
poderão completar o quebra cabeça, pois essa idéia é totalmente inviável
desde o começo.
de sua observação: mas por favor leia sobre essa teoria do big bang para ve
se você entende o que estou falando, não sou gênio, e nem sou retardado,
sou normal como você. se eu pude verificar isso, você também poderá.
não aceite nada como verdade que não se possa comprovar, e também não
ignore nada que você não entende, pois está ai a elevação do
conhecimento.
Resposta melhor:

Mas as peças se encaixam, mas pra isso vc precisa entender de relatividade.
Ou vc quer contestar algo aceito por milhões de cientistas sem entender do
assunto? ESTUDE 1o, falamos depois!
Como vc mesmo disse, não ignore nada que voce não entende! Se gente tão
ou mais inteligente que vc afirma algo, simplesmente ACEITE!
As peças se encaixam na formação das particulas e dos átomos, se encaixam
na radiação residual de fundo esperada, se encaixam na velocidade de
expansão e se encaixam na composição das estrelas e galáxias primordiais!
Sem falhas na teoria, portanto!
http://en.wikipedia.org/wiki/Big_Bang
Ah, o universo tem 13,7Bi de anos de IDADE e 78 Bi de anos-luz de diametro,
e não 2 trilhões pelos seus cálculos malucos!
Esses 78Bi se deve à expansão ter sido mais rápida que a luz, daí o raio ser
maior que o esperado se não houvesse dilatação do espaço-tempo.
http://www.silvestre.eng.br/astronomia/a
"universo inflacionou... ou seja, que quase todo universo atual ( passou a
existir de uma so vez, pois a força inicial teria gerado grande parte do


universo de uma so vez) legal isso. então ai não precisamos de um universo
tão antigo podemos reduzir a sua data, contudo inflação apontaria para uma
expansão mais acelerada do que a atual ou um universo bem maior que o
calculado.... "
Força inicial? Que força??? Vc está confundindo mecânica clássica com
relativística! NÃO EXISTE força causando a expansão, entenda isso!
De uma só vez? Quem disse isso?
Um universo bem maior que o calculado? Novamente, quem disse isso?
Você? Kd os cálculos? Cálculos RELATIVÍSTICOS bem entendido! Não me
venha com mecanica clássica!
----------------------
Evandro,
O que o Big Bang ocorrido à 13,7 bi de anos tem a ver com a origem do
sistema solar ocorrido à 4,5Bi de anos ou com a origem da vida à uns 2bi de
anos? Aliás a 1a geração de estrelas NÃO tinha planetas simplesmente pq os
elementos mais pesados simplesmente não existiam! O Sol é uma estrela de
3a geração.
Leia aqui sobre a origem do sistema solar e a hipotese mais aceita hoje em
dia (e verificada em montes de sistemas interestelares), a hipótese nebular:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hip%C3%B3te
E evolução parte do LUCA. Não tem NADA a ver com a origem da vida, no
caso a abiogênesis onde a teoria mais conhecida é a de Oparin (experimento
de Urey-Miller)
Avaliação do autor da pergunta:

legal esse link, http://www.silvestre.eng.br/astronomia/a
calcule 1600km por segundo (expansão), agora divida a velocidade da luz
por esse valor e multiplique pela distancia em anos luz de 13,7 bilhões, você
terá 2,5 trilhões em media.
e 4° dimensão é inexplicável fisicamente, só em gibi mesmo.
Resposta 2


Olá!
Eu já havia também pensado no que você disse, e acredito que a
comunidade cientifica, atualmente, se deixa levar por teorias, nas quais
temos mais que ter fé do que provas físicas. Sei que temos constatações,
como a aceleração da expansão das galáxias e dentro dessas o movimento
mais veloz das estrelas mais afastadas em relação às outras. No entanto,
observo também que a teorização da matéria e energia escura, parece mais
uma resposta meio esfarrapada para algo que não sabemos o se porque.
Tendo em vista a nossa insignificante existência perante o universo, acredito
que ainda muitos fatos iremos observar mas infelizmente não poderemos
constata-los. Diante de sua pergunta-lhe lhe dou os parabéns por não deixar
pensar e não acreditar em tudo que é dito, acho que devemos buscar a
verdade e isso vem atravez de provas, mas devemos entender que nem
tudo saberemos!
Resposta 3
Ainda há muitas controvérsias sobre a criação do universo e dos seres vivos.
A que mais me intriga é que, não que eu seja contra o Evolucionismo, pois
consigo encontrar lógica em várias situações. Mas ele não responde quanto
à criação.
Então, utilizando o Evolucionismo baseado no Big Bang dá para chegar num
ponto que nunca vi algo que o levasse em consideração.
Que nosso planeta tenha nascido por uma explosão. Pela explosão, a
temperatura do planeta provavelmente estaria na casa dos milhares de
graus. Como seria possível algum ser vivo ter sobrevivido a tamanha
temperatura? E levando em consideração que microorganismos tenham
vivido durante essas altas temperaturas entre o núcleo e a superfície,
poderiam estes se tornarem os vários seres que conhecemos hoje? Já que o
homem é a evolução do macaco, qual o microorganismo que deu origem ao
macaco?.
9 pergunta:


O que havia antes do big bang?


Antes de haver o big bang, e tambem haver os atômos que origiranaram a
explosão inicial do universo a 13,7 bilhoes de anos atras. o que hexistia até
então?
Não creio nessa teoria, Mas vejo nela um sentido exato sobre o começo de
tudo, o antes do big bang é uma resposta verdadeira e inegavel. antes do big
bang é a verdade absoluta de tudo.
Deus não fez o big bang..... Leia a biblia e verá que lá não tem essa
historia.........e para a biblia o universo tem 6.000 anos apenas.e tudo foi
feito diferente na biblia em relação a ciencia conteporanea.
Mas a pergunta ainda paira no ar.
O que havia antes do big bang,antes do espaço,antes do tempo e antes
obiviamente da materia?o que havia antes de haver algo.?
essa é a verdade de tudo!

Melhor resposta - Escolhida pelo autor da
pergunta


Avaliação: boa resposta, antes de haver a 1° coisa não havia nada, isso é
exato e incontestável. até a explicação matemática é simples 0-1-2 etc. o
começo é sempre 0, o 0 é o absoluto principio de tudo, você pode achar
0,000001 ou mais de divisões do numero 1, contudo antes dele estará o 0
puro e simplesmente.
Resposta 2

Essa é a verdade de tudo???
É a SUA verdade, pq pra física a verdade é outra bem diferente!
O tempo não existia, mas pra compreenderes isso vc tem que estudar
relatividade! Parece esquisito isso do tempo estar ligado ao espaço? Ah
certamente, mas tb é igualmente estranho a dilatação do tempo, o salto


quântico, a dualidade particula-onda, o buraco negro, o hiperespaço, e
tantos outros fenômenos que fogem ao chamando bom senso.
Mas goste vc ou não o universo é assim!
Não gostou? Então faça um curso de fisica, faça um mestrado seguido de um
doutorado e depois disso tudo proponha uma nova teoria que se encaixe
nos dados experimentais.
Agora podes ficar certo que não vai ser escrevendo livrinhos religiosos que
vc vai conseguir convencer alguém que a biblia está certa e a ciencia errada!
Aproveitando o embalo, me explique por essa sua bibliazinha o desvio pra o
vermelho, a radiação residual de fundo, a composição das estrelas
primordiais.
Achou a explicação bíblica pra esses FATOS COMPROVADOS? Não, deve ser
pq a bíblia está ERRADA!
Agora se preferes ter uma fé baseada numa crença cega (e fanática) da
bíblia, só lamento...
Ah, que tal dar uma olhada nos comentários que postei nesta sua outra
pergunta? Quero ouvir a tua resposta, se conseguires, é claro!
Resposta 3
Vou ser simples e curto não existe um ponto final. Por exemplo ser achar
essa resposta vai querer saber oq veio antes dela e assim sucessivamente :D
não existe um começo apenas acreditarmos em Deus!! e não vah me
pergunta como nasceu Deus apenas acredite e tenha fé e suas resposta
serão respondidas ; )
Mas gostei da pergunta
Resposta 4

Do ponto de vista da Física, não se sabe já que até agora não se conseguiu
uma maneira de se observar algo antes dele. Na verdade, pode ser que
nunca saberemos já que pode ser que seja impossível observar algo antes
do big-bang. Física se limita a estudar o que é observável. O que não é


observável é assunto de outros tipos de empreendimentos humanos como
filosofia ou religião.
Na verdade a pergunta provavelmente não faz sentido já que até onde sei.
Não faz sentido em falar em tempo de forma desvinculada de espaço (o
conceito de espaço-tempo da relatividade). Como tudo indica que o espaço
que habitamos foi criado com o big-bang, acho que não faz sentido falar em
tempo fora do nosso Universo.
Há outras explicações possíveis. O tempo pode ser circular por exemplo (ou
seja cíclico), e portanto não faria sentido em falar em início ou fim.
Mas o que me deixa mais confuso na sua pergunta é que ela não é sobre
ciência. Ela é sobre religião. Vc não postou ela na categoria errada?
Bom, mas deixa eu aproveitar para falar mais uma coisinha. Teorias
explicam o que se observa e falar em "acreditar" em teorias não faz sentido.
Em ciência não se pede para se acreditar em algo cegamente. Não há
dogmas ou verdades. Quando novos fenômenos são descobertos que as
teorias atuais não explicam, novas teorias surgem cedo ou tarde e as teorias
antigas são descartadas ou ficam com aplicação limitada a contextos
específicos. Ciência não é sobre um conjunto específico de crenças, teorias
ou ideias. Ciência é sobre um método para se estudar fenômenos
observáveis. As idéias e as teorias mudam mas o método é o mesmo. E ao
menos que vc não creia em seus sentidos, aceitar uma teoria como uma boa
explicação para o que se observa deveria ser algo que não exige fé.
Há com certeza muitas perguntas "pairando no ar" em ciência. Vc não tem a
mínima idéia do que os cientistas tem de perguntas em aberto, mas é esse o
trabalho deles! Se não tivesse perguntas para responder não haveria
cientistas! Mas qualquer uma das grandes teorias que temos explicam o
universo de maneira muito melhor do que a Bíblia. Isso não quer dizer que a
Bíblia seja falsa (até porque em ciência não faz sentido em falar em
verdade). Só quer dizer que ela não explica o mundo material, o mundo
objetivo. Até onde sei isso não deveria ser problema pq acho que a Biblia
não foi feita para explicar como elétrons ou estrelas funcionam. Pelo que sei
ela foi escrita para explicar coisas sobre o que é certo e errado, o sentido da
vida, etc. Enfim ela pode ser uma boa explicação para outros tipos de coisas,
mas isso escapa do escopo dessa área do Yahoo Respostas.



Minha recomendação é que vc leia mais sobre Cosmologia. Acho que vc vai
descobrir que não há conflitos entre sua religião. Sabia que foi um monge
católico que propôs o Big Bang? Quer saber mais sobre as evidências e das
peguntas em aberto sobre o Big Bang? Eu recomendo fortemente qualquer
livro do Marcelo Gleiser.
Resposta 5

achei isso no google
veja com imagens no site
http://super.abril.com.br/revista/240a/m
O que existia antes do Big Bang?
A teoria do Big Bang tem sido aceita nos últimos 30 anos. Mas o que existia
antes da grande explosão?
Por Tiago Cordeiro
Assim que tudo começou, as coisas aconteceram muito rápido. Antes que a
criação tivesse 1 segundo, surgiu a gravidade, o Universo se expandiu de
uma forma inacreditavelmente rápida e surgiram as sementes que depois
dariam origem às galáxias. A partir de 1 segundo da criação, e pelos 300 mil
anos seguintes, os fótons dominam o espaço. Depois, começam a surgir os
átomos de hélio e hidrogênio.
Elementos que formam os seres humanos, como o carbono e o oxigênio, só
surgiram muito tempo depois, sintetizados no interior de estrelas
moribundas. E sim, a Teoria do Big-Bang consegue explicar, com um grau de
confiabilidade razoável, a infância remota do Universo. Mas antes do marco
zero, o que existia quando o Universo ainda não tinha sequer começado?
"A resposta mais honesta é: não sabemos", diz o físico João Steiner,
professor da USP. "O big-bang deu origem a tudo, inclusive ao espaço e ao
tempo. Quer dizer, antes disso existia algo que só podemos chamar de
nada." Esqueça, então, aquelas imagens que de vez em quando você vê em
filmes, em que um vasto espaço escuro é preenchido por uma explosão. Não
havia matéria, não havia espaço, não havia tempo, não havia nada.
A Teoria da Relatividade prevê que, nesse instante zero, a densidade teria
sido infinita. Para entender essa situação, seria preciso unificar a


relatividade e a mecânica quântica, coisa que ninguém ainda conseguiu
fazer.
Algumas teorias não consideram que, antes do Universo, o que havia era o
nada. Para o cosmologista americano Alan Guth, o Universo pré-Universo
era um ambiente em que partículas de cargas opostas se anulavam o tempo
todo, até que um dia uma delas desequilibrou o sistema e soltou a faísca
que iniciou a cadeia de produção de tudo o que conhecemos.
Em 1969, o físico americano Charles Misner sugeriu a tese da criação a partir
da desordem. Antes do nosso Universo isotrópico, em que a geometria é a
mesma em todas as direções, haveria um outro mundo de caos. Uma
terceira tese, defendida por muitos cientistas, é a de que o Universo é
cíclico. Ele começa com um big-bang, cresce, atinge o auge, começa a
diminuir, desaparece num big crunch e começa tudo de novo. Acontece que,
des de 1998, sabemos que o Universo permanece se expandindo sem parar,
o que comprometeria a base
dessa teoria.
Há quem diga que nosso Universo não é único. Alan Guth tem uma sugestão
curiosa: logo depois do primeiro big-bang, o Universo seria composto de
uma espécie de falso vácuo, cheio de bolhas recheadas de quintilhões de
prótons e elétrons. Cada uma delas teria sofrido um big-bang e dado início
ao respectivo Universo.
Existiria um Universo primordial, que daria origem a universos-filhos. Mas
como foi que o primeiro deles surgiu? Não sabemos. "Essa hipótese apenas
explica o nosso próprio Universo e joga para debaixo do tapete o que existia
antes do marco zero", diz o professor Steiner. "A verdade é que,
atualmente, o big-bang é o limite seguro da ciência. Qualquer tentativa de
avançar além disso é especulação."
Pergunta 10

Como se formou as órbitas planetarias?




quero saber o porque a gravidade não faz por exemplo a terra se colidir com
a lua, ou planetas se chocarem.
acho incrível entender o como é gerado o equilíbrio espacial entre os corpos
celestes, quando vejo uma imagem do espaço (universo com suas galáxias)
fico admirado, pois para mim pareçe que tudo foi cuidadosamente posto ali
por mãos de artesão.
sem delongas, como em um processo aleatório de fatores diversos pode
gerar uma harmônica sincronia entre os corpos celestes de maneira que
todos mantenham entre si um equilíbrio. até porque se a lua se chocasse
com a terra seria o fim de nossa espécie e de toda vida em nosso planeta.
Melhor resposta:
Bom a gravidade tem tudo relacionado a orbitas planetárias,caso contrario
eles teriam um movimento e nao parariam a mesmo que tivesse uma
interferência.
====================================>O
A sua pergunta:Porque a lua não se colide com a terra?
Movimentos compostos:O tempo de queda de um corpo e o mesmo tempo
de movimento horizontal do mesmo corpo.
Ou seja,a lua esta sendo atraido pra terra mas a velocidade eh tao
alta(movimento horizontal)que o tempo de queda que eh a mesma tambem
fica muito alta.Ela soh nao sai da cola da terra porque ela esta sobre a sua
gravitacao.
Exemplo:Pegue um objeto(pedra por exemplo)e apoie em uma mesa.Agora
de um peteleco fazendo a pedra sair da mesa,ela sai com uma velocidade e
se colide com o chao,mas se voce der um peteleco com mais forca ela fikaria
muito mais tempo no espaco(ar).
Ela esta sobre uma eterna queda sobre a terra.
curiosidade:De onde veio esse movimento alto da lua:
Todo movimento eh vindo partir de uma forca (Newton),e toda forca eh
necessário o uso de uma energia.Pode ser que esteja sob movimento(sem
uma forca aplicando nele) mas para começá-lo,com certeza aplicou nela
uma forca.
onde você acha que essa energia primordial veio?


Fonte(s):

http://curiofisica.com.br/ciencia/por-que-a-lua-nao-cai-na-terra
avaliação:
boa resposta, apesar de deixar Muitas questões em aberto,, isso requer
sincronia e qualquer diferença faria a lua sair do eixo da terra ou se colidir
com ela. sincronia é um fator que tende a ser ordenado, se for ordenador
requer ordenador .ainda que seja so isso que estabiliza a orbita requer
DEUS.
resposta 2
Albert Einstein nos prende aqui, kkkkk, todos os planetas que orbitam
estrelas ficam girando em volta do astro por um simples motivo, Albert
Einstein criou uma teoria que eu não me lembro o nome, ex:
Imagine que todo o Espaço seja uma planilia liza, ( um pano lizo ) e que um
corpo com muito massa caise nesse pano, o pano se afundaria por causa da
massa colocada sobre ele, o pano se afunda e prende todos os outros astros
em volta da estrela por causa dessa distorção, os planetas giram na borda, a
pergunta por que eles não caem na estrela o " fundo"
simples a gravidade dos planetas os mantem unidos, se o Sol desaparece
todos os outros planetas seriam lançados espaço a dentro, pois a distorção
da estrela desapareceria, e é preciso um astro com grande massa pra
prender um planeta, não é facil de etender mais é isso.
Resposta 3
toda matéria busca sempre seu estado de menor energia ...
por isso, ao longo dos bilhões de anos, o universo se tornou desta maneira.





Quando Tudo é uma Criação - Roberto Neves

Link: http://www.ziddu.com/download/16565028/QuandoTudoumaCriao-RobertoNeves.rar.html



O livro "QUANDO TUDO É UMA CRIAÇÃO" é dedicado a todas as pessoas que acreditam na existência de Deus e que buscam cada dia a verdade sobre a existência e a vida, e é sem duvida nenhuma um livro criacionista com base dentro das Escrituras Sagradas buscando verdades, evidencias e teorias das mais diversas fundamentadas para uma busca sem fim pelo conhecimento da existência humana e do próprio universo e seu nascimento.


Boa leitura
Abraços.

M. Loureiro

http://www.manuloureiro.blogspot.com/
http://www.livros-loureiro.blogspot.com/
http://www.romancesdeepoca-loureiro.blogspot.com/ 
http://www.romancessobrenaturais-loureiro.blogspot.com/
http://www.loureiromania.blogspot.com/

"Tudo aquilo que não podemos incluir dentro da moldura estreita de nossa compreensão, nós rejeitamos."

Henry Miller





--
Você recebeu esta mensagem porque
está inscrito no grupo "Viciados em Livros".
http://groups.google.com/group/viciados_em_livros
 
Cancelar inscrição: envie um e-mail para viciados_em_livros+unsubscribe@googlegroups.com

1 comentários:

ajrjr disse...

que lixo de livro é esse?

nunca vi tanta bobagem pseudo científica juntas assim!

Postar um comentário

Vida de bombeiro Recipes Informatica Humor Jokes Mensagens Curiosity Saude Video Games Car Blog Animals Diario das Mensagens Eletronica Rei Jesus News Noticias da TV Artesanato Esportes Noticias Atuais Games Pets Career Religion Recreation Business Education Autos Academics Style Television Programming Motosport Humor News The Games Home Downs World News Internet Car Design Entertaimment Celebrities 1001 Games Doctor Pets Net Downs World Enter Jesus Variedade Mensagensr Android Rub Letras Dialogue cosmetics Genexus Car net Só Humor Curiosity Gifs Medical Female American Health Madeira Designer PPS Divertidas Estate Travel Estate Writing Computer Matilde Ocultos Matilde futebolcomnoticias girassol lettheworldturn topdigitalnet Bem amado enjohnny produceideas foodasticos cronicasdoimaginario downloadsdegraca compactandoletras newcuriosidades blogdoarmario arrozinhoii